Ibovespa mostra recuperação e sobe 0,60% mesmo sem fatos novos

MERCADO


Bolsa
O Ibovespa teve um dia de recuperação, encerrando com alta de 0,60% aos 123.998 pontos e giro financeiro de R$ 37,2 bilhões (R$ 30,0 bilhões no à vista). Hoje a agenda econômica vem carregada de indicadores dos Estados Unidos, com destaque para a divulgação do livro bege e IPC de dezembro e na Europa sai a produção industrial de novembro com expectativa de queda de 3,2% no A/A. No Brasil, temos apenas o IPC Fipe semanal com alta de 0,79% e sairá ainda o volume do setor de serviço em nov/20. Os pontos de atenção seguem sobre as questões políticas, interna e externa e no avanço da Covid-19, impondo lockdown em diversas regiões. Ontem o destaque ficou para a queda forte do dólar em relação ao real. Hoje as bolsas internacionais mostram alta moderada mesmo sentido dos futuros de NY. Ontem as bolsas de NY fecharam do lado positivo, mas o ambiente doméstico segue perturbado pelo novo pedido de impeachment do presidente Trump a sete dias da data de passar o cargo.

Câmbio
O dia foi de forte recuo na cotação do dólar frente ao real, de R$ 5,5048 para R$ 5,3208 (- 3,34%). O comportamento da moeda americana ontem tem como justificativa o fluxo positivo, uma vez que em nada mudou o cenário doméstico para esta reação do real.

Juros
O mercado de juros que havia subido no dia anterior, também passou por um ajuste ontem com a taxa do contrato de DI para jan/22 fechou em 3,15% de 3,23% e para jan/27 cedeu de 7,254% a 7,11%. A inflação está pesando e os indicadores deverão se ajustar a este novo momento em breve.


ANÁLISE DE SETORES E EMPRESAS

Direcional Engenharia (DIRR3)
Recorde de lançamentos e vendas no 4T20

A companhia divulgou seus resultados operacionais do 4T20, com VGV lançado de R$ 679 milhões, alta de 26% sobre o 4T19, segundo trimestre consecutivo de recorde, confirmando a recuperação do mercado após o impacto da pandemia. No acumulado do ano, os lançamentos somaram R$ 1,763 bilhão, queda de 9% em relação a 2019, reflexo do momento crítico da pandemia.

Por outro lado, as vendas líquidas consolidadas alcançaram R$ 523 milhões no quarto trimestre, avanço de 41%. No ano, totalizaram R$ 1,680 bilhão, crescimento de 27%.

A geração de caixa ajustada, sem contar pagamento de dividendos e recompra de ações, foi de R$ 62 milhões no quarto trimestre.

A ação DIRR3 encerrou ontem cotada a R$ 14,31 com alta de 9,3% no ano.


Locaweb (LWSA3)
Aquisição da Vindi, plataforma de gestão de assinaturas e pagamentos recorrentes no Brasil

Ontem a Locaweb anunciou a aquisição da Vindi Tecnologia e Marketing S.A, plataforma de gestão de assinaturas e pagamentos recorrentes no Brasil, que será incorporada à sua operação de vendas. O valor da operação não foi divulgado.  A Locaweb realizou outras aquisições em 2020, que incorporam novos serviços e clientes à sua plataforma.

 Fundada em 2013, a Vindi oferece soluções no modelo de assinaturas e combina um software de cobrança recorrente com uma plataforma de pagamento. Segundo a Locaweb, a empresa tem mais de seis mil clientes, com importantes marcas e modelos de assinaturas do Brasil.

A Vindi possui receita recorrente anual (ARR) de R$ 35 milhões e processou mais de R$ 1 bilhão em cobranças (TPV) no último trimestre de 2020, e cerca de R$ 3,5 bilhões no acumulado do ano de 2020.

A ação LWSA3 encerrou ontem cotada a R$ 98,10 com alta de 21,9% em 2021. A Locaweb é o destaque de valorização na B3 entre as novatas no mercado, empresas que abriram capital em 2020.


Itaú Unibanco S.A. (ITUB4)
Notas Subordinadas Nível 2

O Itaú Unibanco confirmou ontem (12/01), por meio de comunicado, a emissão de Notas Subordinadas Nível 2. O montante total da operação é de US$ 500 milhões, com prazo de 10 anos e 3 meses. O banco definiu também suas diretrizes para emissão de títulos verdes, sociais e sustentáveis; cujos recursos captados serão destinados para financiar projetos voltados a essa finalidade e características.

As Notas serão emitidas à taxa fixa de 3.875%, que será válida por 5 anos e 3 meses da data da Emissão. A partir dessa data, inclusive, a taxa de juros será recalculada por mais 5 anos com base na taxa de juros dos títulos emitidos pelo Tesouro dos Estados Unidos da América para o mesmo período.

O preço de oferta das Notas foi de 99.671%, o que resultará aos investidores o retorno de 3.95%. As notas poderão ser recompradas a partir do 5º ano até o 5º ano e 3 meses da data da Emissão, estando sujeita à aprovação prévia do Banco Central do Brasil.

Será solicitada a aprovação do Banco Central do Brasil para que as Notas componham o Capital Nível 2 do Patrimônio de Referência do banco, incrementando, assim, em 0,25 p.p. o índice de capital total.


Equatorial Energia S.A. (EQTL3)
Entrada em operação comercial da SPE 5

A Equatorial Energia S.A. e a Equatorial Transmissora SPE 5 S.A. informaram ontem (12/01) que:

Em 23 de Dezembro de 2020, entraram em operação o Reator de Barra 500 kV -150 Mvar Igaporã III e o Módulo Geral da SE Igaporã III que, somam R$ 7,6 milhões em RAP (Receita Anual Permitida), equivalente a 7,84% do total da SPE 05.

Em 06 de Janeiro de 2021, entraram em operação a LT 500 kV Igaporã III/ Janaúba 3 – C2 e o Módulo Geral da SE Janaúba 3, representando R$ 89,3 milhões em RAP, equivalente a 92,16% do total da SPE.

Deste modo, a companhia entrou em operação comercial com a SPE 5 em sua totalidade, representando uma RAP de R$ 96,96 milhões. A companhia destaca que o Contrato de Concessão da SPE 05 foi assinado em 10 de fevereiro de 2017, e a entrada em operação destes trechos representa uma antecipação de aproximadamente 13 meses em relação ao prazo regulatório.


Ferbasa (FESA4)
Compra de energia elétrica da AES Tietê

Na noite de ontem, a empresa informou que assinou um Memorando de Entendimentos com a AES Tietê Energia S/A, para a aquisição de 80MW médios pelo prazo de vinte anos, com início de fornecimento em 2024. A partir desta assinatura, a Ferbasa e a AES Tietê iniciam a negociação do Contrato de Compra e Venda de Energia Elétrica (PPA), que detalhará os compromissos.
• A energia será fornecida a partir do Complexo Eólico Cajuína, localizado no Estado do Rio Grande do Norte, onde a AES Brasil está criando seu “cluster eólico”, cujo início de construção está planejado para 2021;
• Como não foram fornecidos detalhes de preço, não podemos julgar se esta aquisição tem melhor custo que as opções atuais da Ferbasa. Vale lembrar que a Ferbasa tem uso intensivo de energia, comprando hoje da Chesf e do Mercado Livre;
• A Ferbasa tem atualmente 134 MW adquiridos, sendo 74 MW da Chesf e 60 MW do mercado Livre, sendo que esta situação perdura até 2023. Em 2024, a parcela do mercado livre cai para 30 MW.


Ecorodovias (ECOR3)
Tráfego fraco no início do ano

A empresa divulgou ontem seus dados de tráfego nas dez concessões rodoviárias que administra, mostrando números fracos nos primeiros dez dias de 2021.
• Entre os dias 16 de março/2020 (após a pandemia) e 10/janeiro/2021, o tráfego total comparável nas rodovias administradas pela Ecorodovias, apresentou uma redução de 10,5%, comparado ao um período similar (18/março/19 a 12/janeiro/20);
• Entre os dias 1 e 10 de janeiro, o tráfego comparável acumulado em 2021 caiu 10,6% em relação ao mesmo período de 2020;


Se preferir, baixe em PDF:

 

 


DISCLAIMER
Este relatório foi preparado pela Planner Corretora e está sendo fornecido exclusivamente com o objetivo de informar. As informações, opiniões, estimativas e projeções referem-se à data presente e estão sujeitas à mudanças como resultado de alterações nas condições de mercado, sem aviso prévio. As informações utilizadas neste relatório foram obtidas das companhias analisadas e de fontes públicas, que acreditamos confiáveis e de boa fé. Contudo, não foram independentemente conferidas e nenhuma garantia, expressa ou implícita, é dada sobre sua exatidão. Nenhuma parte deste relatório pode ser copiada ou redistribuída sem prévio consentimento da Planner Corretora de Valores. O presente relatório se destina ao uso exclusivo do destinatário, não podendo ser, no todo ou em parte, copiado, reproduzido ou distribuído a qualquer pessoa sem a expressa autorização da Planner Corretora. As opiniões, estimativas, projeções e premissas relevantes contidas neste relatório são baseadas em julgamento do(s) analista(s) de investimento envolvido(s) na sua elaboração (“analistas de investimento”) e são, portanto, sujeitas a modificações sem aviso prévio em decorrência de alterações nas condições de mercado. Declarações dos analistas de investimento envolvidos na elaboração deste relatório nos termos do art. 21 da Instrução CVM 598/18: O(s) analista(s) de investimento declara(m) que as opiniões contidas neste relatório refletem exclusivamente suas opiniões pessoais sobre a companhia e seus valores mobiliários e foram elaboradas de forma independente e autônoma, inclusive em relação à Planner Corretora e demais empresas do Grupo.