Confiança do Empresário da Indústria

Índices de Confiança / Empresário

Fundamentados em pesquisa os Índices de Confiança são indicadores essenciais para uma percepção futura da atividade econômica, demonstrando como os próximos negócios estão sendo avaliados, possibilitando uma leitura de grau de otimismo ou pessimismo. São orientadores, em seus vários segmentos, de retomada ou retração da indústria, do comércio, do emprego, de vendas, do investimento, etc. Ou seja, acabam por antecipar o sentimento empresarial para expectativas de crescimento, de oferta e procura. Medidos de 0 a 100, todo indicador acima de 50 significa retomada, crescimento e abaixo retração. No gráfico a seguir observa-se que de 2010 a 2016 a confiança do empresário medida pela CNI despencou, retomando posteriormente. Já em 2020, com o evento da pandemia verifica-se queda brusca de 2019 para 2020, mas retomando gradualmente. O índice de confiança do empresário, referência 24 de junho, que era de 41,2, ou seja, um ambiente de retração, passou a 61,6 na referência 15 de setembro, o que significa dizer que os empresários trabalham em um ambiente de retomada de seus negócios e crescimento econômico.

Confiança do Empresário – CNI (Confederação Nacional da Indústria)

Ainda não está claro o quanto essa confiança irá refletir na retomada do PIB nos próximos meses, já que mesmos países Europeus que retomaram sua atividade de forma mais rápida que o Brasil estão enfrentando dificuldades em voltar a crescer. Mas a confiança do empresariado é um termômetro importante para sabemos o que esperar por exemplo dos próximos índice de desemprego.

A percepção de confiança diante ao cenário da Pandemia do COVID-19 que ainda está sendo enfrentado, pode ser considerado positiva para uma retomada da economia atrás de uma recuperação ainda para o ano de 2020.Se a expectativa de otimismo se confirmar em números, talvez 2020 termine de forma mais branda do que começou.

Quer entender mais sobre esse assunto?

Converse com seu Assessor Financeiro na Planner Corretora.


DISCLAIMER
As informações aqui disponibilizadas possuem caráter genérico e não constituem aconselhamento ou recomendação de investimentos, solicitação de compra ou venda de valores mobiliários, produtos ou quaisquer ativos financeiros. As Informações não se destinam e não foram objeto de avaliação sobre sua adequação ao perfil de investidores individuais ou grupo de investidores específicos. A incorporação das Informações a eventual decisão de investimento deverá ser efetuada após a análise independente pelo investidor, com base em todas as informações relevantes publicamente disponíveis. As Informações foram obtidas de fontes publicamente disponíveis e não foram objeto de investigação, pela Planner, sobre sua veracidade, consistência, completude, suficiência ou atualidade. A Planner não poderá ser responsabilizada por quaisquer perdas e danos ou lucros cessantes porventura resultantes de sua utilização