Ibovespa cai 0,45% em dia de volatilidade e pressão externa

MERCADO


Bolsa
O Ibovespa encerrou a segunda-feira com queda de 0,45% aos 92.376 pontos, com giro financeiro de R$ 42,8 bilhões, dos quais R$ 27,9 bilhões à vista e R$ 11,1 bilhões do exercício de opções sobre ações. A primeira hora foi de pressão sobre as ações com desempenho negativo no exterior. Na segunda metade do dia, o clima melhorou na bolsa com a notícia que o Fed, dará mais estímulos à economia, desta vez por meio de um programa de compra de títulos corporativos e a perda foi reduzida. Hoje a agenda econômica traz dados importantes do lado doméstico com destaque para as vendas no varejo em abril, a inflação medida pelo IGP-10 com alta de 1,55% em 12M E o IPC-S com queda de 0,13%. Nos Estados Unidos, saem dados de maio: vendas no varejo, produção industrial, utilização de capacidade na indústria e estoques nas empresas. São indicadores importantes para o dia. O início dia mostra o petróleo em alta e as bolsas internacionais em boa recuperação na zona do euro, nesta manhã. O anúncio da preparação de um novo incentivo de aproximadamente US$ 1 trilhão pelo governo Trump para colocar a economia americana nos trilhos, voltou a animar os mercados.

Câmbio
Em dia de nervosismo no exterior, com impacto do lado doméstico, a moeda americana voltou a subir (+2,09%) passando de R$ 5,0504 para R$ 5,1562.

Juros
Em dia de volatilidade nos mercados de risco, os juros voltaram a cair com a taxa do DI para jan/21 fechando em 2,12% de 2,155% no ajuste da sextafeira e a do DI para jan/27, passou de 6,602% para 6,64%.


ANÁLISE DE SETORES E EMPRESAS

B2W (BTOW3)
Empresa fecha parceria com McDonald’s Brasil para e-commerce

A B2W celebrou uma parceria com a Arcos Dourados (“McDonald’s Brasil”) para integração das suas lojas no B2W Marketplace, sendo a primeira parceria da rede com uma plataforma de e-commerce (“Acordo”).

As lojas do McDonald’s Brasil poderão ser conectadas para vender os produtos nas plataformas de venda da B2W. Com isso, o cliente pode acessar a plataforma de Marketplace Local dentro dos apps da Americanas e da Ame (conta digital não-bancarizada criada pela B2W), escolher a loja do McDonald’s Brasil que seja de sua maior conveniência e ter acesso ao sortimento completo da loja para comprar o lanche e os produtos de sua preferência, recebendo em minutos.


Via Varejo (VVAR3)
Empresa capta R$ 4,45 bilhões em follow on, no preço de R$ 15,00/ação

A Via Varejo fixou em R$ 15,00 por ação o preço de sua oferta subsequente de ações. A oferta base proposta era de 220 milhões de ações; havia um lote adicional de até 77 milhões de ações que também foi vendido. O total da emissão foi de 297 milhões de novas ações da Companhia, no montante total da Oferta Restrita é de R$4.455 bilhões.

DESTINAÇÃO DE RECURSOS

Os recursos líquidos oriundos da Oferta serão destinados para (i) investimentos em tecnologia e logística, inovação e desenvolvimento; e (ii) otimização da estrutura de capital da Companhia, incluindo reforço de capital de giro.

A VVar3 fechou cotada a R$15,62 ontem, representando um desconto de 4% sobre o preço da oferta. No ano a ação acumula alta de 39,8%.


Neoenergia S.A. (NEOE3)
Distribuição de JCP relativo ao 1S20 de R$ 0,2294/ação. Ex em 19/06

O Conselho de Administração da Neoenergia aprovou a declaração de Juros sobre Capital Próprio (JCP), com base nos resultados apurados até 30/06/2020, no montante de R$ 278,4 milhões, correspondentes a R$ 0,2293645009 por ação ordinária. O pagamento será realizado até 31 de Dezembro de 2020 sem atualização monetária, com base na posição acionária de 18/06/2020. A partir de 19/06/2020, inclusive, as ações serão negociadas ex-direito. O retorno líquido estimado com base na cotação de R$ 19,00/ação é de 1,15%.


Petrobras (PETR4)
Desinvestimentos de usinas termelétricas

Após o pregão de ontem, a empresa informou que o processo da venda de quatro usinas termelétricas passou para a fase não vinculante.  Nesta fase, os potenciais compradores recebem mais instruções sobre o processo de desinvestimento e orientações para elaboração das propostas.

  • As termelétricas que serão vendidas são as usinas Arembepe, Bahia 1 e Muricy no Polo Camaçari na Bahia, que possuem uma potência total instalada de 329 MW. Estas usinas utilizam o óleo combustível, mas têm possibilidade de conversão para operar a gás natural.  A quarta usina (UTE Canoas – potência instalada de 249 MW), está localizada no Rio Grande do Sul, utiliza bicombustível (gás natural e óleo diesel) e poderá obter ganhos operacionais com a expansão da malha de gasodutos nacional;
  • A continuidade dos desinvestimentos da Petrobras é uma boa notícia. Estas vendas de ativos vêm permitindo a redução da dívida e dos investimentos, aliviando o fluxo de caixa da empresa.  Porém, neste momento de crise mundial, pode-se esperar atrasos nos processos de venda e algum impacto negativo nos preços.

Ferbasa (FESA4)
Atualização de informações

Em reunião (virtual) ontem com a diretoria da empresa, fomos atualizados sobre as operações e planos. Foi importante ouvir que a Ferbasa está operando sem

interrupções, mesmo neste momento de crise, suprindo mercados cujos fornecedores habituais estão com problemas em suas operações. Com isso, o volume vendido também no 2T20 será elevado, permitindo um bom desempenho operacional, considerando a situação atual.

· No 1T20, apesar de todas as dificuldades da siderurgia, que é o grande cliente da Ferbasa, a empresa conseguiu elevar suas vendas, com o aumento das exportações, além de ser beneficiada pelos melhores preços em reais dados pela desvalorização da moeda nacional. A Ferbasa sofreu um prejuízo de R$ 0,6 milhão (R$ 0,01 por ação) no 1T20, contra um lucro de R$ 46,1 milhões no 1T19;

· A conjunção positiva de problemas na oferta, demanda em nível razoável e taxa de câmbio elevada, que ajudou os números do 1T20, persiste em parte no 2T20;

· No 1T20, os preços de referência na Europa para as ligas de cromo caíram 1,0%, mas no 2T20 subiram 12,9%, em relação ao trimestre anterior. Os preços de referência no 3T20 podem permanecer estáveis.


Oi (OIBR3 e OIBR4)
No 1T20, prejuízo líquido de R$ 6,25 bilhões com o peso da desvalorização cambial

A OI, em Recuperação Judicial, encerrou o 1T20 com um prejuízo líquido de R$ 6,25 bilhões contra um lucro líquido de R$ 629 milhões no 1T19 uma perda de R$ 2,21 bilhões no 4T19.

No 1T20, o resultado operacional da Companhia antes do resultado financeiro e dos tributos (EBIT) foi de R$ 188 milhões, comparado ao resultado de R$ 925 milhões no 1T19 e ao resultado negativo de R$ 405 milhões do 4T19.

A Companhia registrou resultado financeiro líquido negativo de R$ 6.476 milhões, bastante impactada pelos efeitos da variação cambial. Além disso, a Companhia registrou um resultado positivo na linha de Imposto de Renda e Contribuição Social no valor de R$ 34 milhões, resultando em um prejuízo líquido consolidado de R$ 6.254 milhões.

No final de março/20 a dívida bruta da Oi somava R$ 40,06 bilhões e a posição de caixa era de R$ 6,31 bilhões.

Ontem a ação OIBR3 encerrou cotada a R$ 0,98 com alta de 14,0% no ano e a OIBR4 fechou a R$ 1,34 com valorização de 8,9% no ano. O valor de mercado da companhia está em R$ 5,89 bilhões.


IRB-Brasil Resseguros S.A. (IRBR3)
Alterou a data da divulgação do 1T20, de 18 de junho para 29 de junho

O IRB Brasil RE atualizou ontem, 15 de junho, seu Calendário Anual de Eventos Corporativos, em função da alteração da data de divulgação das Informações Trimestrais – ITR referentes ao 1º trimestre para o dia 29 de junho de 2020 (após o fechamento do pregão) e a data da Teleconferência para Divulgação dos Resultados referentes ao 1º trimestre para o dia 30 de junho de 2020.

Suas ações vinham apresentando boa recuperação mas caíram 9,9% ontem para R$ 10,35/ação, equivalente a um valor de mercado de R$ 9,7 bilhões, acumulando queda de 73,4% este ano. Fez preço a decisão da 2ª Vara Empresarial e de Conflitos Relacionados à Arbitragem do Tribunal de Justiça de São Paulo, que atendeu parcialmente a uma ação civil pública para ressarcir acionistas que buscarem reparação de perdas. A empresa teria então de apresentar R$ 1,0 bilhão como garantia de eventual perda da ação.

O Conselho de Administração do IRB Brasil RE propõe à Assembleia Geral a ser realizada no próximo dia 23 de junho, a reforma e consolidação do Estatuto Social, com o intuito de aprimorar a governança corporativa da companhia.

Momento bastante volátil para as ações do IRB Brasil RE que trabalha para a recuperação de credibilidade junto aos investidores. Recomendação e Preço Justo em revisão.


Sabesp (SBSP3)
Adiada a assinatura do contrato de prestação de serviços com o município de Mauá

A Sabesp informou que as assinaturas do Contrato de Prestação de Serviços Públicos entre o Estado de São Paulo, o Município de Mauá e a Sabesp e do Termo de Ajuste para Pagamento e Recebimento de Dívida entre o Saneamento Básico do Município de Mauá, o Município de Mauá e a Sabesp, que estavam agendadas para ocorrer ontem, 15 de junho, foram adiadas.

Ontem a ação SBSP3 registrou alta de 1,9% refletindo a notícia de que o marco legal do saneamento poderia ser votado no Senado na próxima semana (dia 24). Hoje a notícia do adiamento pode fazer preço nas ações. Em comunicado a Sabesp diz que “manterá o mercado informado a respeito dos desdobramentos do assunto.


Se preferir, baixe em PDF:

 

 

Análises Gráficas >>> 


DISCLAIMER
Este relatório foi preparado pela Planner Corretora e está sendo fornecido exclusivamente com o objetivo de informar. As informações, opiniões, estimativas e projeções referem-se à data presente e estão sujeitas à mudanças como resultado de alterações nas condições de mercado, sem aviso prévio. As informações utilizadas neste relatório foram obtidas das companhias analisadas e de fontes públicas, que acreditamos confiáveis e de boa fé. Contudo, não foram independentemente conferidas e nenhuma garantia, expressa ou implícita, é dada sobre sua exatidão. Nenhuma parte deste relatório pode ser copiada ou redistribuída sem prévio consentimento da Planner Corretora de Valores. O presente relatório se destina ao uso exclusivo do destinatário, não podendo ser, no todo ou em parte, copiado, reproduzido ou distribuído a qualquer pessoa sem a expressa autorização da Planner Corretora. As opiniões, estimativas, projeções e premissas relevantes contidas neste relatório são baseadas em julgamento do(s) analista(s) de investimento envolvido(s) na sua elaboração (“analistas de investimento”) e são, portanto, sujeitas a modificações sem aviso prévio em decorrência de alterações nas condições de mercado. Declarações dos analistas de investimento envolvidos na elaboração deste relatório nos termos do art. 21 da Instrução CVM 598/18: O(s) analista(s) de investimento declara(m) que as opiniões contidas neste relatório refletem exclusivamente suas opiniões pessoais sobre a companhia e seus valores mobiliários e foram elaboradas de forma independente e autônoma, inclusive em relação à Planner Corretora e demais empresas do Grupo.