Fleury – Relatório de Início de Cobertura

Transformação digital e novos negócios

Iniciamos a cobertura de Fleury com recomendação de COMPRA para a ação com base no modelo de Fluxo de Caixa Descontado, com preço justo de R$ 25,00, que implica uma valorização potencial de 15,4%. Apesar dos desafios enfrentados em 2018, num mercado bastante competitivo, a companhia segue firme no seu Plano de Expansão em diversas marcas, buscando ampliação da plataforma de negócios, com foco no crescimento orgânico e via novas aquisições. Destaque também para a transformação digital visando o aumento da competitividade e eficiência da companhia. A somatória destes fatores deverá sustentar bom ritmo de crescimento dos resultados dos próximos anos.

Principais aspectos que fundamentam nossas expectativas:

  • Acreditamos que o ano de 2019 continuará trazendo novos desafios paras as empresas do setor, exigindo a continuidade do processo de modernização e ampliação da gama de serviços prestados, mas sem muito espaço para aumento real de preços, levando em conta as limitações impostas pelo fraco comportamento da economia brasileira.
  • O grupo Fleury registra um histórico de crescimento médio ponderado (CAGR) bastante consistente nos últimos anos. No período de 2011 a 2018, a receita líquida evoluiu a uma taxa de 13,0%, o EBITDA em 19,4% e o lucro líquido em 18,5%. Em 2018 o ROE da companhia foi de 20,7%. Para os próximos anos, mesmo adotando premissas conservadoras em razão do mercado mais competitivo, os números da companhia ainda sustentam taxas relevantes de crescimento.
  • Em 2018, eventos extraordinários, somados à continuidade da crise econômica impuseram restrições ao mercado de saúde suplementar, afetando os negócios do Grupo Fleury, com redução no número de beneficiários premium e impacto na marca Fleury. Contudo, a expansão geográfica e o desenvolvimento de novas ofertas de produtos e serviços deverão compensar estes efeitos negativos em 2019. Além disso, as marcas regionais mostraram bom desempenho com crescimento expressivo em várias regiões do País.
  • Mesmo em um ano marcado por uma economia ainda buscando a retomada, a Fleury registrou crescimento de 11,8% na receita líquida e também 11,8% no Ebitda. No comparativo do 4º trimestre estas contas também mostraram evolução significativa de dois dígitos. A companhia segue com forte geração operacional de caixa. No ano, o fluxo de caixa operacional somou R$ 701,5 milhões, aumento de 32,5%. Estes números dão sustentação à continuidade do plano de investimentos da companhia para os próximos anos.

Clique para acessar:

DISCLAIMER
Este relatório foi preparado pela Planner Corretora e está sendo fornecido exclusivamente com o objetivo de informar. As informações, opiniões, estimativas e projeções referem-se à data presente e estão sujeitas à mudanças como resultado de alterações nas condições de mercado, sem aviso prévio. As informações utilizadas neste relatório foram obtidas das companhias analisadas e de fontes públicas, que acreditamos confiáveis e de boa fé. Contudo, não foram independentemente conferidas e nenhuma garantia, expressa ou implícita, é dada sobre sua exatidão. Nenhuma parte deste relatório pode ser copiada ou redistribuída sem prévio consentimento da Planner Corretora de Valores. O presente relatório se destina ao uso exclusivo do destinatário, não podendo ser, no todo ou em parte, copiado, reproduzido ou distribuído a qualquer pessoa sem a expressa autorização da Planner Corretora.

As opiniões, estimativas, projeções e premissas relevantes contidas neste relatório são baseadas em julgamento do(s) analista(s) de investimento envolvido(s) na sua elaboração (“analistas de investimento”) e são, portanto, sujeitas a modificações sem aviso prévio em decorrência de alterações nas condições de mercado.
Declarações dos analistas de investimento envolvidos na elaboração deste relatório nos termos do art. 21 da Instrução CVM 598/18:
O(s) analista(s) de investimento declara(m) que as opiniões contidas neste relatório refletem exclusivamente suas opiniões pessoais sobre a companhia e seus valores mobiliários e foram elaboradas de forma independente e autônoma, inclusive em relação à Planner Corretora e demais empresas do Grupo.