Tupy – Relatório de Análise

2018-09-21T14:47:53+00:00 21/09/2018|Empresas e Setores|

Demanda e dólar impulsionam o resultado

Revisamos as projeções para a Tupy, elevando nosso Preço Justo de R$ 23,00 para R$ 26,50 por ação, sem alterar a recomendação de Compra.  A empresa vem se beneficiando do bom desempenho da indústria automobilística no Brasil e nos Estados Unidos, o que permite saltos nas vendas como no 1S18 (28,2%).  Neste momento de desvalorização do real, a Tupy ganha também por ter uma proporção elevada das receitas indexadas ao dólar, mas a maior parte dos custos na moeda nacional.  Portanto, continuamos otimistas quanto aos resultados da empresa nos próximos trimestres, que devem continuar a impulsionar TUPY3, embora a ação já tenha obtido uma boa valorização este ano (20,4%).

  • Perspectivas: A boa performance dos clientes, os novos contratos (usinagem e ganhos de mercado), a elevação da eficiência operacional, o controle de custos e o aumento da automação nos permitem ter expectativas positivas para os próximos resultados da Tupy;
  • Mercado no Brasil: A Tupy está se beneficiando do aquecimento dos mercados em que atua.  No Brasil, a indústria automobilística está em recuperação, sendo que a produção total de veículos no país cresceu 12,8% nos primeiros oito meses do ano, com destaque para a alta de 31,7% no volume produzido de caminhões, um segmento que é tradicional cliente da Tupy;
  • Dólar: A desvalorização do real é positiva para os resultados operacionais da Tupy, dado que a empresa tem 83% de suas vendas indexadas ao dólar e 35% dos custos na moeda brasileira.  No entanto, a desvalorização impacta negativamente o resultado financeiro, já que a empresa tem 92% do seu endividamento em moeda estrangeira (R$ 1,4 bilhão) contra 55% do caixa (R$ 338 milhões);
  • Dividendos: A Tupy distribui proventos trimestralmente, sendo que o último foi pago no dia 24/agosto (juros sobre o capital de R$ 0,221081653 líquidos por ação).  A empresa já anunciou que vai distribuir R$ 150 milhões (R$ 1,04 por ação), relativo ao resultado de 2018, valor que representa 5,6% da cotação média da TUPY3 este ano.

Clique para acessar o Relatório Completo:

Relatório Completo – PDF




DISCLAIMER
Este relatório foi preparado pela Planner Corretora e está sendo fornecido exclusivamente com o objetivo de informar. As informações, opiniões, estimativas e projeções referem-se à data presente e estão sujeitas à mudanças como resultado de alterações nas condições de mercado, sem aviso prévio. As informações utilizadas neste relatório foram obtidas das companhias analisadas e de fontes públicas, que acreditamos confiáveis e de boa fé. Contudo, não foram independentemente conferidas e nenhuma garantia, expressa ou implícita, é dada sobre sua exatidão. Nenhuma parte deste relatório pode ser copiada ou redistribuída sem prévio consentimento da Planner Corretora de Valores. O presente relatório se destina ao uso exclusivo do destinatário, não podendo ser, no todo ou em parte, copiado, reproduzido ou distribuído a qualquer pessoa sem a expressa autorização da Planner Corretora.

As opiniões, estimativas, projeções e premissas relevantes contidas neste relatório são baseadas em julgamento do(s) analista(s) de investimento envolvido(s) na sua elaboração (“analistas de investimento”) e são, portanto, sujeitas a modificações sem aviso prévio em decorrência de alterações nas condições de mercado.
Declarações dos analistas de investimento envolvidos na elaboração deste relatório nos termos do art. 21 da Instrução CVM 598/18:
O(s) analista(s) de investimento declara(m) que as opiniões contidas neste relatório refletem exclusivamente suas opiniões pessoais sobre a companhia e seus valores mobiliários e foram elaboradas de forma independente e autônoma, inclusive em relação à Planner Corretora e demais empresas do Grupo.