Ibovespa tem dia de recuperação (+ 1,27%) com expectativa de pacote fiscal nos EUA

MERCADO


Bolsa
A quinta-feira foi de recuperação para a B3, encerrando com alta de 1,27% aos 123.481 pontos e giro financeiro de R$ 30,6 bilhões (R$ 27,6 bilhões no à vista). A reação veio com a expectativa de um novo pacote fiscal nos EUA que pode ser anunciado em breve e a direção da política monetária dos EUA. As ações das empresas de commodities voltaram a ditar um rumo da B3, com destaque para a alta do petróleo no mercado internacional com a Opep indicando que a demanda este ano será forte para o produto. A agenda econômica vem carregada de dados, com destaque para a balança comercial de novembro na Europa e no Brasil, sai a inflação pelo IGP-10 e as vendas no varejo em novembro. Nos EUA, uma concentração de indicadores que não devem tirar o foco do assunto mais importante, que é a recuperação da economia. Hoje as bolsas internacionais caem na Europa e os futuros de NY também estão pesados com o petróleo voltando a cair no exterior.

Câmbio
Em mais um dia de queda, a moeda americana teve novamente como justificativa o fluxo de capital externo na bolsa e na renda fixa. Ajudou também, a expectativa de um novo pacote fiscal nos EUA, de US$ 2 trilhões, assim que o presidente Joe Biden, assumir o cargo. Ontem a cotação ficou em R$ 5,2039 contra R$ 5,3075 no dia anterior, (- 1,95%).

Juros
As taxas de juros futuros também refletiram a expectativa de uma mudança no rumo da economia americana, com a promessa de estímulos e recuperação nos próximos meses. Ontem o contrato de DI para jan/22 fechou em 3,265% e para jan/27 a taxa recuou de 7,284% para 7,100%.


ANÁLISE DE SETORES E EMPRESAS

Marfrig (MRFG3)
Emissão de Notas Seniors 2031

A Marfrig comunicou que a sua subsidiária a MARB BondCo PLC. (“MARB”), concluiu nesta quinta-feira (14/01) uma oferta no exterior de bônus (bonds), no valor total de US$ 1,5 bilhão. Os bonds com vencimentos em 2031 foram emitidos com taxa de juros de 3,95% a.a., menor valor histórico da companhia.

A emissão teve demanda mais que 4,5 vezes superior à oferta. A operação recebeu classificação de risco em moeda estrangeira de “BB-“ pela Standard & Poors (“S&P”) e “BB “pela Fitch Ratings.

O objetivo da emissão é “alongar o perfil e reduzir o custo da estrutura de capital da companhia e será utilizada no processo de Tender Offer das Senior Notes, com remuneração de 7,000% a.a. e vencimento em 2024 e Senior Notes, com remuneração de 6,875% a.a. e vencimento em 2025, conforme anunciado em 11 de janeiro de 2021”.

Atualização da Oferta de Recompra de Notas Seniors. A Marfrig decidiu elevar nesta quinta-feira (14/01) o valor máximo para a oferta de recompra de bonds emitidos no exterior pela subsidiária Marb de U$ 1,25 bilhão para U$ 1,75 bilhão.

Na última segunda-feira (11/01), a companhia havia comunicado que a oferta de recompra, com um limite de até US$ 1,25 bilhão para os títulos emitidos pela subsidiária com vencimento em 2025 e remuneração de 6,875% ao ano, e bonds com vencimento em 2024, com remuneração de 7% ao ano.


Itaú Unibanco (ITUB4)
Conselho aprova JCP de R$ 0,050160/ação. Ex juros em 23/01

O Conselho de Administração do Itaú Unibanco aprovou nesta quinta-feira (14/01) o pagamento, até 30.04.2021, de Juros sobre o capital próprio (JCP) no valor bruto de R$ 0,050160 por ação.

O valor será pago de acordo com a posição acionária do dia 22 de janeiro, e a partir do dia 23/01, a ação passa a ser negociada ex-juros.

Com base na cotação de R$ 32,59/ação o retorno líquido é de 0,13%. A ação ITUB4 registra alta de 3,1% este ano.


Petrobras (PETR4)
Negociações para a venda do Polo de Urucu

Segundo a imprensa, a empresa receberá até hoje novas propostas vinculantes para a venda do Polo Urucu. No dia 4/dezembro/2020, a Petrobras informou que a Eneva teria oferecido valores próximos de US$ 600 bilhões por este ativo e a oferta da 3R Petroleum Óleo e Gás S/A seria de US$ 1 bilhão.

· As informações da imprensa indicam que o principal problema na negociação são os custos de transporte do gás, que é realizado pela Transportadora Associada de Gás (TAG) e o preço pago pela Companhia de Gás do Amazonas (Cigás) pelo produto;

· Uma eventual entrada de novos competidores pelo Polo de Urucu seria uma notícia positiva para Petrobras, podendo elevar o preço a ser pago pelo ativo.


MRV Engenharia (MRVE3)
Prévia operacional do 4T20

A MRV divulgou os dados prévios do 4T20 com os seguintes destaques em relação ao 4T19:

  • Queda de 7% no VGV lançado somando R$ 2,128 bilhões no 4T20. Na comparação com o terceiro trimestre, houve avanço de 1,7%. A construtora fechou 2020 com R$ 5,98 bilhões em lançamentos, recuo de 12% ante o ano anterior. Segundo a MRV, o volume de lançamentos durante o ano de 2020 ficou abaixo do planejado, por conta dos impactos causados pela pandemia de covid-19.
  • As vendas líquidas atingiram R$ 2,061 bilhões no 4T20, crescimento de 49,1% na comparação anual, e de 4,7% na trimestral.
  • Em todo 2020, foram R$ 7,517 bilhões em vendas, aumento de 39,1% em relação a 2019.

No 4T20, a velocidade de vendas (VSO) chegou a 18,6% entre outubro e dezembro do ano passado, ante 12,7% em 2019. O indicador superou a marca de 2018, quando o VSO atingiu 17,5% no último trimestre.

Ontem a ação MRVE3 encerrou cotada a R$ 20,70 com alta de 9,2% no ano.


Even (EVEN3)
Prévia operacional do 4T20

A Even divulgou a prévia operacional do 4T20 no comparativo com o 4T19, com os seguintes resultados:

  • A companhia fez dois lançamentos em São Paulo entre outubro e dezembro, com Valor Geral de Vendas (VGV) de R$ 444 milhões, contando somente a participação da Even. No Rio Grande do Sul, a empresa lançou o Supreme Altos do Central Park, com VGV de R$ 38 milhões, totalizando R$ 482 milhões.
  • No 4T19 a empesa lançou R$ 808 milhões e a queda foi de 40,3% no 4T20.
  • A companhia registrou vendas líquidas de R$ 402 milhões, uma queda de 33% em relação aos R$ 600 milhões do mesmo período de 2019. Em relação ao terceiro trimestre de 2020, houve redução de 16% nas vendas.
  • No 4T20, a  velocidade de vendas (VSO) ficou em 17%, ante 23% no mesmo período do ano passado, e 20% no terceiro trimestre.

A Even registrou R$ 53,6 milhões em distratos no 4T20, valor 39% menor em relação ao terceiro trimestre. A relação entre distratos e venda bruta subiu de 15,4% para 11,8% na mesma base de comparação. No primeiro trimestre do ano passado, essa relação era de 21,8%.

A ação EVEN3 encerrou ontem cotada a R$ 11,59 com queda de 3,6% no ano.


Melnick (MELK3)
Prévia operacional do 4T20

A Melnick, construtora e incorporadora focada na região Sul, divulgou sua prévia operacional do 4T20 com os seguintes dados, comparados ao 4T19:

  • Lançamentos: R$ 115,2 milhões, com queda de 55,7%.
  • As vendas liquidas somaram R$ 31 milhões, redução de 77%.
  • Os distratos atingiram R$ 52 milhões no 4T20, aumento de 16,36% em relação ao 4T19.
  • A velocidade de vendas (VSO) liquida trimestral ficou em 5% ante 20% no 3T19.
  • As entregas somaram R$ 37,9 milhões de VGV bruto no 4T20 acumulando R$ 287,9 milhões no ano.
  • No ano, o VGV lançado somou R$ 686,2 milhões e R$ 472 milhões de vendas líquidas, 9,7% e 13% a menos que em 2019, respectivamente.

No 3º trimestre o lucro líquido foi de R$10 milhões, com margem liquida de 9,6% e nos nove meses do ano totaliza R$43 milhões, com margem líquida de 10,0%.

Ontem a ação fechou cotada a R$ 6,96 com queda de 9,5% no ano.


Se preferir, baixe em PDF:

 

 


DISCLAIMER
Este relatório foi preparado pela Planner Corretora e está sendo fornecido exclusivamente com o objetivo de informar. As informações, opiniões, estimativas e projeções referem-se à data presente e estão sujeitas à mudanças como resultado de alterações nas condições de mercado, sem aviso prévio. As informações utilizadas neste relatório foram obtidas das companhias analisadas e de fontes públicas, que acreditamos confiáveis e de boa fé. Contudo, não foram independentemente conferidas e nenhuma garantia, expressa ou implícita, é dada sobre sua exatidão. Nenhuma parte deste relatório pode ser copiada ou redistribuída sem prévio consentimento da Planner Corretora de Valores. O presente relatório se destina ao uso exclusivo do destinatário, não podendo ser, no todo ou em parte, copiado, reproduzido ou distribuído a qualquer pessoa sem a expressa autorização da Planner Corretora. As opiniões, estimativas, projeções e premissas relevantes contidas neste relatório são baseadas em julgamento do(s) analista(s) de investimento envolvido(s) na sua elaboração (“analistas de investimento”) e são, portanto, sujeitas a modificações sem aviso prévio em decorrência de alterações nas condições de mercado. Declarações dos analistas de investimento envolvidos na elaboração deste relatório nos termos do art. 21 da Instrução CVM 598/18: O(s) analista(s) de investimento declara(m) que as opiniões contidas neste relatório refletem exclusivamente suas opiniões pessoais sobre a companhia e seus valores mobiliários e foram elaboradas de forma independente e autônoma, inclusive em relação à Planner Corretora e demais empresas do Grupo.