O discurso diplomático do presidente Donald Trump apaziguou os ânimos e acabou ajudando os mercados na tarde de ontem

MERCADO


Bolsa

A tensão nas bolsas internacionais não atingiu as bolsas americanas, que sinalizavam queda nos futuros. O Ibovespa por sua vez, não conseguiu acompanhar as bolsas de NY fechando em queda de 0,36% aos 116.247 pontos, com giro financeiro de R$ 24,3 bilhões. A B3 tem reportado entrada de capital externo em alguns dias. Em três pregões até o dia 6, o saldo de janeiro está positivo em R$ 257,8 milhões. O discurso diplomático do presidente Donald Trump ajudou para apaziguar os ânimos e acabou ajudando os mercados na tarde de ontem e que já operam em alta nesta manhã na zona do euro, com as bolsas positivas também no fechamento da Ásia. O reflexo foi relevante também no mercado de petróleo que voltou a ceder forte ontem. A agenda econômica traz dados da zona do euro: taxa de desemprego de novembro em 7,5% e, no Brasil, a produção industrial veio bem pior que a expectativa média do mercado com queda de 1,2% no M/M (expect: -0,7%) e 1,7% no A/A (expect: -0.8%), Nos EUA, saem os dados do mercado de trabalho na última semana. O Ibovespa pode voltar a subir hoje acompanhando a curva das bolsas internacionais, mas os dados da produção industrial são um alerta.

Câmbio

Sem a pressão do conflito entre EUA e Irã, o dólar segue perto da estabilidade pelo terceiro dia consecutivo, fechando ontem a R$ 4,0638 de R$ 4,0658 no dia anterior (-0,05%). Os dados do Banco Central do fluxo cambial divulgados hoje mostram saída de US$ 44,7 bilhões em 2019, a maior da história. A B3 tem reportado entrada de capital externo em alguns dias

Juros

Ontem os juros futuros seguiram sem oscilação importante. A taxa do contrato de Depósito Interfinanceiro (DI) para jan/21 fechou em 4,455% de 4,485% na terça-feira e para jan/27 a taxa passou de 6,790% para 6,760%.


ANÁLISE DE SETORES E EMPRESAS

Eletrobras (ELET3, ELET6) 

Ação determinou que Poder Público assuma hospital HNAS, sob responsabilidade da Chesf, na Bahia.

A Eletrobras informa que, conforme ação civil pública nº 1000435-98.2019.4.01.3306, teve início o processo de transferência da gestão e operação do Hospital Nair Alves de Souza (“HNAS”) para a União, Estado da Bahia e Município de Paulo Afonso (“Poder Público”), o qual estava sob responsabilidade da Chesf desde a construção da Usina de Paulo Afonso.
A sentença condenou, solidariamente, o Poder Público à assunção parcial e progressiva do HNAS na medida de, no mínimo, 25% por trimestre, a partir de 1º de janeiro de 2020, reduzindo trimestralmente a responsabilidade da Chesf no HNAS em igual proporção de modo que, a partir de 1º de janeiro de 2021, ocorrerá a assunção de 100% da gestão e operação do HNAS pelo Poder Público, com total retirada da Chesf.
Mais uma ação em linha com a reestruturação operacional e financeira, na construção de melhores resultados para a companhia, lembrando que durante o exercício de 2019, a Chesf realizou gastos com o HNAS no valor aproximado de R$ 56 milhões.


Omega Geração (OMGE3) 
Conclusão da aquisição de Delta 7 e Delta 8  

A Omega Geração concluiu ontem (8/jan) a aquisição da totalidade das ações de emissão da Delta 7 Energia S.A. e da totalidade das ações de emissão da Delta 8 Energia S.A., pelos valores de R$ 179,4 milhões e R$ 103,4 milhões, respectivamente, somando R$ 282,8 milhões.
As aquisições foram aprovadas pelo Conselho de Administração da companhia e pagas integralmente em caixa. Os preços poderão sofrer ajustes em função de variação de capital de giro dos ativos. Adicionalmente, até R$ 14,3 milhões poderão ser pagos após 3 anos condicionados ao desempenho de Delta 7 e até R$ 4,8 milhões condicionados ao desempenho de Delta 8.
Estas aquisições elevam para 5 o número de aquisições na região (após a compra dos complexos Delta 3, Delta 5 e Delta 6), em linha com a estratégia de crescimento via acordos com desenvolvedores parceiros e levando o Complexo Eólico Delta a um total de 571 MW instalados e a Omega Geração a um total de 1.195 MW operacionais.


Magazine Luiza (MGLU3)
Empresa nega irregularidades em promoção 

O Magazine Luiza afirmou ontem, quarta-feira, 08, que a ação #OutletMagalu foi executada de acordo com os critérios preestabelecidos e que entregará ao Procon-SP os dados solicitados, que já teriam sido divulgados no Twitter da varejista.

De acordo com o Magazine Luiza, foram oferecidos na última terça-feira 50 cupons de desconto no valor de R$ 1 mil cada para os clientes que finalizassem suas compras pelo aplicativo de forma mais rápida, limitado a um cupom por CPF.

Ontem, a ação MGLU3 encerrou cotada R$ 50,29 com valorização de 5,5% no ano. Em 2019 a ação subiu 112,3%.


Se preferir, baixe em PDF:

 

 

Clique para acessar nossos Mapas Diários:

>>Mapa de Posições Alugadas


DISCLAIMER
Este relatório foi preparado pela Planner Corretora e está sendo fornecido exclusivamente com o objetivo de informar. As informações, opiniões, estimativas e projeções referem-se à data presente e estão sujeitas à mudanças como resultado de alterações nas condições de mercado, sem aviso prévio. As informações utilizadas neste relatório foram obtidas das companhias analisadas e de fontes públicas, que acreditamos confiáveis e de boa fé. Contudo, não foram independentemente conferidas e nenhuma garantia, expressa ou implícita, é dada sobre sua exatidão. Nenhuma parte deste relatório pode ser copiada ou redistribuída sem prévio consentimento da Planner Corretora de Valores. O presente relatório se destina ao uso exclusivo do destinatário, não podendo ser, no todo ou em parte, copiado, reproduzido ou distribuído a qualquer pessoa sem a expressa autorização da Planner Corretora. As opiniões, estimativas, projeções e premissas relevantes contidas neste relatório são baseadas em julgamento do(s) analista(s) de investimento envolvido(s) na sua elaboração (“analistas de investimento”) e são, portanto, sujeitas a modificações sem aviso prévio em decorrência de alterações nas condições de mercado. Declarações dos analistas de investimento envolvidos na elaboração deste relatório nos termos do art. 21 da Instrução CVM 598/18: O(s) analista(s) de investimento declara(m) que as opiniões contidas neste relatório refletem exclusivamente suas opiniões pessoais sobre a companhia e seus valores mobiliários e foram elaboradas de forma independente e autônoma, inclusive em relação à Planner Corretora e demais empresas do Grupo.