B3 fecha o dia com alta de 0,36% aos 94.393 pontos

As principais notícias do mercado estão aqui, para você começar o dia bem informado.

MERCADO


Bolsa
O dia foi instabilidade na B3, que acabou fechando com alta de 0,36% aos 94.393 pontos, com giro financeiro de R$ 16,4 bilhões. O vencimento de opções sobre o índice não chegou a influenciar muito o volume do dia e o mercado seguiu o noticiário externo e com realização de lucro em papéis que acumularam alta forte na primeira metade de janeiro. Hoje agenda econômica traz o IPC-Fipe semanal com alta de 0,24% e o índice de atividade econômica com alta de 0,29% no M/M e 1,86% no A/A. Na zona do euro o IPC de dez/18 acumulou alta de 1,6% em 12 meses. Nos EUA, saem os dados do mercado de trabalho na 2ª segunda semana. As bolsas internacionais mostram queda no fechamento da Ásia e caem também na zona do euro, com a volta da discussão entre as duas maiores economias mundiais. Do lado doméstico, permanece a expectativa em relação aos próximos passos do novo governo.

Câmbio
A moeda americana oscilou durante o dia para fechar com ligeira alta de 0,09% aos R$ 3,7327 no mercado à vista. No mercado futuro, porém, a moeda americana para fevereiro subiu 0,51%, a R$ 3,7385. O discurso no mercado permanece o mesmo, dando peso para o anúncio da proposta para a reforma da Previdência nos próximos dias e a reação em relação ao projeto. Vale lembrar que os parlamentares só retornarão às atividades no dia 02 de fevereiro.

Juros
O mercado de juros futuros mostrou estabilidade na taxa de curto prazo, com o contrato de DI para jan/20 ficando em 6,60% ao ano. Na ponta mais longa a taxa subiu de 9,00% para 9,03%.

ANÁLISE DE SETORES E EMPRESAS


RNI Negócios Imobiliários (RDNI3)
Crescimento de 62% no VGV lançado em 2018, somando R$ 323 milhões
A companhia divulgou sua prévia operacional do 4T18 com queda de 8,0% nos lançamentos do 4T18/4T17 e alta de 62% no acumulado do ano, somando R$ 323 milhões.
As vendas brutas contratadas caíram no comparativo dos dois períodos, mas os distratos vêm reduzindo, o que é positivo para os resultados futuros da companhia.
A ação RNDI3 encerrou ontem cotada a R$ 6,19 acumulando alta de 1]2,5% no ano.


Suzano (SUZB3)
Pagamento de CRA pela Fibria 

  • Ontem (16) a Fibria, adquirida pela Suzano, informou que efetuará na data de hoje (17/janeiro) o pagamento do valor total a título de prêmio sobre o valor nominal atualizado dos Certificados de Recebíveis do Agronegócio (CRAs) lastreados em títulos emitidos pela companhia Fibria.
    Valor total de pagamento: R$ 16.859.683,99.
  • Após o anúncio da transação entre Suzano e Fibria em 15 de março de 2018, em 14/janeiro, as companhias comunicaram a conclusão deste negócio. A última etapa da operação foi realizada após o pagamento da Suzano de R$ 27,8 bilhões aos acionistas da Fibria, os quais se tornam acionistas da Suzano, sob nova marca da empresa, a Eucalipto Holding S.A.
    Com a conclusão da operação, a nova companhia nasce com capacidade de produção de 11 milhões de toneladas de celulose de mercado e de 1,4 milhão de toneladas de papel por ano. Sua presença global conta com vendas para mais de 80 países e exportações de R$ 26 bilhões ao ano, possuindo 11 fábricas no Brasil e aproximadamente de 37 mil colaboradores diretos e indiretos.
  • Ontem a ação da Suzano (SUZB3) encerrou cotada a R$ 44,16 acumulando valorização de 16,0% neste ano, após a alta de 104,7% em 2018. O valor de mercado atual da companhia é de R$ 59,6 bilhões, com a ação sendo negociada a 4,54x o valor patrimonial.

Petrobras (PETR4)
Suspensão da liminar que impedia a venda da TAG

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) suspendeu a decisão do Tribunal Regional Federal da 5ª Região (TRF5), que impedia a venda de 90% das ações da Transportadora Associada de Gás S.A (TAG), subsidiária integral da Petrobras.
• Devido ao alto valor desta operação, esta foi uma decisão muito positiva para a continuação do Plano de Desinvestimentos da Petrobras;
• A TAG é proprietária e administra ativos de gás nas regiões Norte, Nordeste e Sudeste.


Localiza (RENT3)
Possível emissão de ações

A Localiza comunicou na noite de ontem, comentando notícia veiculada na imprensa, que está estudando uma oferta pública primária de ações.  Porém, ainda não há aprovação do Conselho de Administração para a realização desta oferta.

  • Normalmente a notícia de uma emissão de ações deprime suas cotações.  Acreditamos que esta possível oferta de ações será destinada a reduzir a dívida da empresa, o que é um objetivo positivo;
  • A absorção da Hertz e o aumento da frota elevaram bastante o endividamento da Localiza.

Even (EVEN3)

Lançamentos somam R$ 1,04 bilhão em 2018, queda de 3,6% em relação ao 2017. No 4T18 houve crescimento de 54% no VGV lançado, para R$ 607 milhões 

No 4º trimestre foram lançados 7 empreendimentos que totalizaram R$ 607 milhões (parte Even), aumento de 54% e no acumulado de 2018 foi de R$ 1,0 bilhão (parte Even) queda de 3,6%.
No 4º trimestre, as vendas líquidas somaram R$ 333 milhões (parte Even), dos quais R$ 190 milhões referem-se as vendas dos lançamentos do trimestre (com VSO de 31%).
Distratos – No 4º trimestre foram distratados R$ 125 milhões. Os distratos representaram 31,4% das entregas. Este percentual reduziu em relação ao (3T18: 31,8%), mas é superior aumentou aos trimestres anteriores.
A ação EVEN3 fechou ontem cotada a R$ 6,22 com valorização de 3,7% neste ano.


Se preferir, baixe o Boletim Diário em pdf:

Baixar PDF

Clique para acessar nossos Mapas Diários:

Mapa de Oscilações

Mapa de Posições Alugadas

Clique para acessar nossas Análises Gráficas:

Análises Gráficas


DISCLAIMER
Este relatório foi preparado pela Planner Corretora e está sendo fornecido exclusivamente com o objetivo de informar. As informações, opiniões, estimativas e projeções referem-se à data presente e estão sujeitas à mudanças como resultado de alterações nas condições de mercado, sem aviso prévio. As informações utilizadas neste relatório foram obtidas das companhias analisadas e de fontes públicas, que acreditamos confiáveis e de boa fé. Contudo, não foram independentemente conferidas e nenhuma garantia, expressa ou implícita, é dada sobre sua exatidão. Nenhuma parte deste relatório pode ser copiada ou redistribuída sem prévio consentimento da Planner Corretora de Valores. O presente relatório se destina ao uso exclusivo do destinatário, não podendo ser, no todo ou em parte, copiado, reproduzido ou distribuído a qualquer pessoa sem a expressa autorização da Planner Corretora. As opiniões, estimativas, projeções e premissas relevantes contidas neste relatório são baseadas em julgamento do(s) analista(s) de investimento envolvido(s) na sua elaboração (“analistas de investimento”) e são, portanto, sujeitas a modificações sem aviso prévio em decorrência de alterações nas condições de mercado. Declarações dos analistas de investimento envolvidos na elaboração deste relatório nos termos do art. 21 da Instrução CVM 598/18: O(s) analista(s) de investimento declara(m) que as opiniões contidas neste relatório refletem exclusivamente suas opiniões pessoais sobre a companhia e seus valores mobiliários e foram elaboradas de forma independente e autônoma, inclusive em relação à Planner Corretora e demais empresas do Grupo.