Boletim Diário – 21 de Novembro 2018

MERCADO

Bolsa
A segunda-feira foi de realização de lucros na B3, com o Ibovespa recuando para 87.900 pontos (-0,69%) com giro financeiro de R$ 11,3 bilhões, em dia de exercício de contratos de opções sobre ações que movimentou R$ 6,49 bilhões. Ontem as bolsas internacionais sofreram queda nos EUA e em mercados da Europa. Hoje o movimento é de alta na zona do euro. Do lado doméstico, a expectativa é de um ajuste para os preços dos papéis aos ADRs e atenção à agenda econômica carregada de indicadores do lado dos EUA, que poderá ter alguma influência nas bolsas de NY. Atenção também para incessante guerra comercial entre Estados Unidos e China, O mercado de petróleo também mostra tensão em relação à produção e preços da commodity para os próximos meses. O petróleo WTI para janeiro, contrato mais líquido, fechou em alta de 0,91%, a US$ 57,20 o barril, na Nymex, e o Brent para janeiro avançou 0,04%, a US$ 66,79 o barril, na ICE.

Câmbio
Na segunda-feira o dólar encerrou com alta de 0,68% cotado a R$ 3,7637 em dia de liquidez fraca por conta do feriado da terça-feira. O mercado segue atento aos comentários no exterior sobre o comportamento das economias americana e chinesa.

Juros
Os juros futuros passaram por um ajuste, com alta na taxa do contrato de Depósito Interfinanceiro (DI para jan/20, passando de 6,862% para 6,930%, sob a influência de feriados no Brasil (20) e nos EUA (22). Na ponta mais longa, a taxa para jan/25 encerrou em 9,710% de 9,692% no ajuste anterior.



ANÁLISE DE SETORES E EMPRESAS

Guararapes (GUAR4)

Convocada AGE para 20/12 para aprovar conversão de ações PN em ON

A empresa possui atualmente 31.200 mil ações ON e 31.200 mil PN totalizando 82.4 milhões. A ação GUAR4 encerrou a segunda-feira cotada a R$ 152,91 acumulando valorização de 11,5% no ano, cotada a 2,3x o seu valor patrimonial.


Viver (VIVR3)

Grupamento das ações até 30/04/19

A Viver Incorporadora, empresa em recuperação judicial, conseguiu a prorrogação do prazo de enquadramento da cotação das ações de sua emissão até dia 30 de abril de 2019. O prazo iria expirar em 14 de janeiro de 2019. Na segunda-feira, a ação VIVR3 encerrou cotada a R$ 0,54 acumulando queda de 65,9% no ano. O valor patrimonial da ação está negativo (set/18) em R$ 0,60.


Banrisul (BRSR6)

Banrisul Cartões desiste de IPO e banco restituirá R$ 353,3 milhões aos acionistas

Devido às condições atuais do mercado de capitais, a Banrisul Cartões protocolou pedido de desistência da Oferta Pública de Distribuição primária e secundária de ações preferenciais perante a CVM, e de listagem e de admissão das ações preferenciais à negociação no segmento diferenciado de governança corporativa Nível 1 perante a B3.

  • Por conta da desistência da Oferta, e tendo em vista o processo de redução de capital do Banrisul, aprovado em AGE no dia 10 de abril de 2018, o banco fará pagamento aos acionistas, como restituição de parte do valor de suas ações, o valor total de R$ 353,3 milhões, equivalente a R$ 0,86382146/ação.
  • Serão beneficiados os acionistas com ações em 23 de novembro de 2018, passando as ações a serem negociadas “ex-direito” a partir de 26 de novembro de 2018. Com base na cotação de R$ 20,11/ação o retorno é de 4,3%.

São Martinho S.A. (SMTO3)

Encerramento do período de moagem da safra 2018/19

A companhia encerrou o período de moagem referente à safra 2018/2019. A produção ficou 0,6% abaixo da previsão, resultado da forte estiagem observada.  O ATR médio também apresentou leve redução, de 0,3% ante o previsto para R$ 142,2 Kg/tonelada.

  • Na segunda-feira (19/nov) suas ações fecharam cotadas a R$ 18,70/ação, com queda de 0,6% este ano. O preço justo de R$ 23,50/ação traz um potencial de alta de 25,7% para os papéis da companhia.
  • A produção de açúcar veio acima do esperado com consequente redução do volume de etanol produzido, com um mix Açúcar-Etanol de 36% – 64%.
  • Adicionalmente, a companhia continua os trabalhos de cogeração de energia nas unidades Boa Vista e São Martinho até o encerramento do ano fiscal em março de 2019.
  • Em relação à safra 2017/18 o volume de cana processada caiu 7,9% de 22.450 mil toneladas na para 20.450 mil toneladas nesta safra 2018/19.

Copel (CPLE6)

Conselho de Administração aprova orçamento para 2019

O Conselho de Administração da Copel Energia aprovou ontem (20/nov) o seu Orçamento Empresarial para 2019, além do Programa de investimentos de R$ 1,97 bilhão, já anunciado em 13/novembro.

  • Este ano as CPLE6 registram alta de 19,6% para uma cotação de R$ 28,51/ação, correspondente a um valor de mercado de R$ 7,8 bilhões. O preço justo de R$ 32,00/ação traz um potencial de alta de 12,2% para suas ações.
  • Destacam-se: R$ 1,84 bilhão como provável saldo de caixa do exercício de 2018; Receitas Operacionais de R$ 23,93 bilhões; Empréstimos e financiamentos de R$ 2,59 bilhões; Provável saldo final de caixa do exercício de 2019 de R$ 1,99 bilhão; e a redução do programa de investimentos da companhia previsto para 2018 no montante de R$ 305 milhões, sendo que deste valor, a redução de R$ 50 milhões já havia sido aprovada na 175ª reunião extraordinária do conselho, em 14 de agosto deste ano.

Randon (RAPT4)

Forte crescimento da receita em outubro

A receita líquida consolidada da Randon em outubro foi de R$ 425 milhões, valor 46,2% maior que no mesmo mês de 2017.

  • Entre janeiro e outubro de 2018, a receita líquida somou R$ 3,5 bilhões, ficando 46,4% acima da verificada no mesmo período do ano passado;
  • Estes números são muito positivos e indicam que a Randon também apresentará bons resultados do 4T18, assim como ocorreu nos nove primeiros meses do ano.

Petrobras (PETR4)

Pagamento de subvenção

A Petrobras informou nessa manhã, que recebeu no dia 19/novembro o pagamento de R$ 1.176 milhões da subvenção econômica à comercialização de óleo diesel (Medida Provisória 838/2018).

  • Este valor se refere ao período de apuração das diferenças de preços entre os dias 31 de agosto e 29/setembro;
  • Esta é uma notícia positiva para a Petrobras, que será reembolsada por vender diesel no Brasil mais barato que no mercado internacional, dentro da medida usada pelo governo para encerrar a greve dos caminhoneiros.

Se preferir, baixe o Boletim Diário em pdf:

Boletim Diário – PDF

Clique para acessar nossos Mapas Diários:

Mapa de Oscilações


Mapa de Posições Alugadas


Clique para acessar nossas Análises Gráficas:

Análises Gráficas




DISCLAIMER
Este relatório foi preparado pela Planner Corretora e está sendo fornecido exclusivamente com o objetivo de informar. As informações, opiniões, estimativas e projeções referem-se à data presente e estão sujeitas à mudanças como resultado de alterações nas condições de mercado, sem aviso prévio. As informações utilizadas neste relatório foram obtidas das companhias analisadas e de fontes públicas, que acreditamos confiáveis e de boa fé. Contudo, não foram independentemente conferidas e nenhuma garantia, expressa ou implícita, é dada sobre sua exatidão. Nenhuma parte deste relatório pode ser copiada ou redistribuída sem prévio consentimento da Planner Corretora de Valores. O presente relatório se destina ao uso exclusivo do destinatário, não podendo ser, no todo ou em parte, copiado, reproduzido ou distribuído a qualquer pessoa sem a expressa autorização da Planner Corretora. 
As opiniões, estimativas, projeções e premissas relevantes contidas neste relatório são baseadas em julgamento do(s) analista(s) de investimento envolvido(s) na sua elaboração (“analistas de investimento”) e são, portanto, sujeitas a modificações sem aviso prévio em decorrência de alterações nas condições de mercado. Declarações dos analistas de investimento envolvidos na elaboração deste relatório nos termos do art. 21 da Instrução CVM 598/18: O(s) analista(s) de investimento declara(m) que as opiniões contidas neste relatório refletem exclusivamente suas opiniões pessoais sobre a companhia e seus valores mobiliários e foram elaboradas de forma independente e autônoma, inclusive em relação à Planner Corretora e demais empresas do Grupo.