Paper: Enquanto a Reforma da Previdência não vem

Prezados Amigos,

O Brasil tem um novo presidente-eleito: Jair Messias Bolsonaro!

A despeito de toda confusão do período eleitoral, com uma polarização jamais vista na história recente do País, com os candidatos se enfrentando não como adversários, mas inimigos, e o processo eleitoral como campo de guerra, agora o momento é de união.

Essa união não pressupõe alinhamento cego e apoio irrestrito, muito antes, espera-se de todos a participação ativa no acompanhamento, controle e cobrança das promessas de campanha. Espera-se, também, serenidade e entendimento que o enfrentamento da atual crise dar-se-á de forma gradual, porém imediata, ampla, profunda, intensa, constante e objetiva.

Essa a razão pela qual emitimos nossa opinião a respeito do assunto mais importante a ser atacado pela nova administração: o controle fiscal. É uma questão fundamental enfrentar este problema, pois sem isso todos os demais estarão em cheque.

Assim, o Artigo “Enquanto a Reforma da Previdência não vem” pretende oferecer algumas ideias do que deve ser endereçado prioritariamente e que estejam, em boa parte, sob domínio ou com amplas possibilidades de articulação pelo Executivo.

Boa leitura!

 

Clique aqui para ler o Paper.