6º Boletim Informativo: Mérito Desenvolvimento Imobiliário – FII

2018-09-19T17:34:54+00:00 14/09/2018|Mérito FII|

Conforme divulgado no último Boletim Informativo, o Fundo Mérito Desenvolvimento Imobiliário recebeu o Ofício nº 76/2018/CVM/SIN/GIES, que solicita principalmente à Administradora e ao Gestor do Fundo a reavaliação dos ativos abaixo pelo custo de aquisição:

  1. Colcap Participações Ltda.
  2. SPE MTO Reluma (Proj: Way Parque das Nações)
  3. SPE MAXCASA XXVIII (Proj: Maxhaus Santos)
  4. SPE MTO Laterza Boituva (Proj: Golden Boituva)
  5. SPE MTO Campinas Samambaia (Proj: Jardim Tarsila)
  6. Contrato e Parceria (Proj: Damha Fit Uberaba)
  7. Imóvel (Proj: Dona Amélia)

Administradora, Gestor e seus assessores estiveram presentes em reunião com CVM para esclarecer o embasamento utilizado pelo Fundo na contabilização dos seus ativos. Ainda sim, em que pese a confiança da Planner na forma como os ativos do Fundo foram contabilizados, refletindo a situação patrimonial do Fundo de forma fidedigna, a Administradora comprometeu-se a refazer e republicar as demonstrações financeiras auditadas do Fundo do exercício findo em 31 de dezembro de 2017 em até 45 dias, contados da presente data.

Além disso, a Administradora assumiu o compromisso de divulgar, em 15 de setembro de 2018, o Informe Mensal do Fundo utilizando a metodologia abaixo descrita, como forma de viabilizar o exame pela CVM para que seja retomada a negociação das cotas do Fundo Mérito Desenvolvimento Imobiliário:

  • Unidades dos empreendimentos imobiliários não vendidas serão contabilizadas pelo seu custo de aquisição.
  • Unidades vendidas nas SPEs investidas pelo Fundo serão contabilizadas pelo regime de competência, com reflexo no Fundo através de sua equivalência patrimonial.

Informamos que tal metodologia será utilizada para avaliação contábil dos ativos imobiliários e demonstrações financeiras do Fundo a serem auditadas nos exercícios posteriores a 2017.

Por fim, a Administradora reforça o entendimento de que o valor justo é a informação contábil que se mostra mais coerente para avaliar os empreendimentos imobiliários do Fundo. Além disso, a avaliação dos empreendimentos imobiliários pelo valor justo foi feita por empresa independente, especializada e reconhecida na preparação dos laudos. Todas as demonstrações financeiras foram devidamente auditadas por auditor independente, sem qualquer tipo de ressalva quanto ao método de avaliação utilizado.

De acordo com o estabelecido através do Ofício nº 76/2018/CVM/SIN/GIES, a resposta à Autarquia foi protocolada hoje, 31/8/2018, pela Administradora e Gestor do Fundo.

Atualização Sobre Empreendimentos

Foi obtido o Registro de Incorporação para o empreendimento localizado em Boituva – SP, conforme R3 da Matrícula 17.743 do Oficial de Registro de Imóveis de Boituva. Com isso, a previsão é que o lançamento e o início das obras ocorram nos próximos meses.

O projeto aprovado prevê o desenvolvimento de um condomínio fechado em uma área de 187.233,58 m², no âmbito do programa “Minha Casa Minha Vida”.

Ao todo, serão construídas 630 casas de 64,14 m² cada, e 14 casas de 64,58 m², totalizando 644 unidades residenciais e uma área vendável de 41.312,32 m². O empreendimento também contará com áreas de lazer que incluem um campo de futebol society, quadras de areia e poliesportiva, um salão de festas, uma academia ao ar livre e um playground.