Boletim Diário – 19 de julho 2018

MERCADO

Bolsa

Ontem o Ibovespa fechou com queda de 0,98% aos 77.362 pontos e giro financeiro de R$ 11,4 bilhões (incluso R$ 836 milhões do exercício de opções sobre o Ibovespa), em movimento de realização de lucros. Hoje a agenda interna segue esvaziada, apenas com o indicador CNI de confiança industrial. Nos EUA destaque para os dados do Seguro-desemprego-14/julho e os Indicadores antecedentes de junho. As atenções devem se concentrar daqui por diante na safra de balanços, que acontece no Brasil e nos Estados Unidos. Por lá, os primeiros resultados apontam para a confirmação do fortalecimento da economia americana. As preocupações sobre o impacto da guerra comercial entre EUA e China persistem, com influência no preço das commodities metálicas, hoje na Europa (cujas bolsas negociam em campo negativo). Bolsas chinesas em baixa e futuros americanos também podem influenciar o nosso mercado.

Câmbio

Mais uma vez o dólar oscilou ontem influenciado pelo cenário externo, fechando o dia perto da estabilidade com leve queda de 0,01% a R$ 3,8445 e volume fraco. O tom do mercado é de cautela, mas a tendência é de fortalecimento da moeda americana com sinal do Fed de que a economia se mantém sólida.

Juros

Ontem os juros futuros de curto e médio prazo, fecharam em alta em ajuste técnico após as quedas do dia anterior. Os contratos de longo prazo se mostraram alinhados com o movimento do câmbio. Na sessão regular, o DI para janeiro de 2019 fechou na máxima de 6,740%, ante 6,718% no ajuste do dia anterior. O DI para janeiro de 2020 subiu de 8,08% para 8,15%. A taxa do DI para janeiro de 2025 passou de 11,25% para 11,24%.



ANÁLISE DE SETORES E EMPRESAS

FERBASA (FESA4)
Forte recuperação das vendas em junho

A Ferbasa divulgou excelentes números de vendas em junho, recuperando-se após as dificuldades em maio com a greve dos caminhoneiros.

  • O volume de vendas em junho (19,7 mil toneladas) foi 23,0% superior ao verificado em igual mês do ano passado e 72,0% maior que em maio;
  • Em junho, a receita líquida somou R$ 122,0 milhões, um salto de 45,2% em relação a junho de 2017, por conta do aumento de volume e dos preços médios 27,3% maiores;
  • A receita líquida no 2T18 atingiu R$ 325,3 milhões, que foi 20,2% maior que no mesmo trimestre do ano passado, mas 6,7% menor que no trimestre anterior.

CEMIG (CMIG4)
Liquidação financeira da emissão de Eurobonds

A Cemig Geração e Transmissão S.A. (Cemig GT), subsidiária integral da Cemig S.A., realizou ontem (18/julho) a liquidação financeira da reabertura dos Eurobonds emitidos originalmente em 05/12/2017, que havia sido precificada, no dia 12/07/2018, no valor de US$ 500 milhões, yield de 9,14% a.a., com pagamento de juros semestrais e de principal em dezembro de 2024.

  • As CMIG4 registram alta de 19,4% este ano para R$ 7,72/ação, equivalente a um potencial de alta de 29,5% frente o preço justo de R$ 10,00/ação.
  • A emissão está alinhada com a estratégia da companhia de alongamento da dívida e redução do custo financeiro.
  • De acordo com o comunicado emitido ontem, concomitantemente à liquidação, foi realizada operação de hedge abrangendo todo período da emissão.
  • Ao final do hedge, o custo foi equivalente a 125,52% do CDI, com significativa melhora em relação ao custo da emissão original, cuja taxa equivalente é de 150% do CDI.

   ÂNIMA (ANIM3)
 Aquisição da faculdade Jangada por R$ 7,6 milhões

A ação ANIM3 encerrou ontem cotada a R$ 15,21 acumulando desvalorização de 45,6% em 2018. O valor de mercado atual da companhia é de R$ 1,2 bilhão e a ação está sendo negociada a 1,65x.

  • A Ânima Holding comunicou a aquisição da totalidade dos direitos da Faculdade Jangada, situada na cidade de Jaraguá do Sul (SC), que se dará da seguinte forma:
  • Valor da transação: R$ 7,6 milhões;
  • Data de fechamento: prevista para 1/agosto;
  • Pagamento: entrada de R$ 3 milhões na data do fechamento da operação e R$ 4,6 milhões em quatro prestações anuais, corrigidas pela inflação;
  • Acordo firmado pela subsidiária integral da Ânima, a PGP Educação, também inclui contrato de locação com prazo de 5 anos do imóvel que abriga o novo campus da instituição.

Clique para acessar o Boletim Diário Completo:

Boletim Diário – PDF

Clique para acessar nossos Mapas Diários:

Mapa de Oscilações


Mapa de Posições Alugadas




DISCLAIMER
Este relatório foi preparado pela Planner Corretora e está sendo fornecido exclusivamente com o objetivo de informar. As informações, opiniões, estimativas e projeções referem-se à data presente e estão sujeitas à mudanças como resultado de alterações nas condições de mercado, sem aviso prévio. As informações utilizadas neste relatório foram obtidas das companhias analisadas e de fontes públicas, que acreditamos confiáveis e de boa fé. Contudo, não foram independentemente conferidas e nenhuma garantia, expressa ou implícita, é dada sobre sua exatidão. Nenhuma parte deste relatório pode ser copiada ou redistribuída sem prévio consentimento da Planner Corretora de Valores. O presente relatório se destina ao uso exclusivo do destinatário, não podendo ser, no todo ou em parte, copiado, reproduzido ou distribuído a qualquer pessoa sem a expressa autorização da Planner Corretora.
As opiniões, estimativas, projeções e premissas relevantes contidas neste relatório são baseadas em julgamento do(s) analista(s) de investimento envolvido(s) na sua elaboração (“analistas de investimento”) e são, portanto, sujeitas a modificações sem aviso prévio em decorrência de alterações nas condições de mercado.
Declarações dos analistas de investimento envolvidos na elaboração deste relatório nos termos do art. 21 da Instrução CVM 598/18:
O(s) analista(s) de investimento declara(m) que as opiniões contidas neste relatório refletem exclusivamente suas opiniões pessoais sobre a companhia e seus valores mobiliários e foram elaboradas de forma independente e autônoma, inclusive em relação à Planner Corretora e demais empresas do Grupo.