Boletim Diário – 20 de julho 2018

MERCADO

Bolsa

Ontem o Ibovespa fechou com alta de 0,16% aos 77.487 pontos e giro financeiro de R$ 10,2 bilhões. A bolsa operou em campo negativo durante todo o dia, chegando a recuar 1,90% na mínima, revertendo apenas no final em função da notícia de que o PP vai apoiar Geraldo Alckmin do PSDB na eleição presidencial. As ações do setor financeiro subiram, mas as mineradoras e as siderúrgicas mantiveram a queda. Hoje a agenda traz somente o IPCA-15 de julho em 0,64% m/m e 4,53% a/a. O fluxo de capital externo na bolsa segue positivo. As bolsas caem na Europa na sequência do recuo em NY. As preocupações sobre o impacto da guerra comercial continuam fazendo preço e trazendo volatilidade aos mercados. No mercado doméstico as atenções concentram-se hoje nos aspectos políticos das coligações partidárias, inflação desacelerando mais que o esperado, e na continuidade da divulgação dos resultados corporativos. A tendência é positiva.

Câmbio

O dólar fechou ontem em leve queda de 0,06% a R$ 3,8423 após operar em alta durante quase todo o dia, influenciado pelo cenário interno, notadamente o político, com a expectativa de fortalecimento de um candidato de centro na eleição presidencial. No mercado futuro o dólar para agosto era negociado com queda de 0,57% a R$ 3,8300.

Juros

Ontem os juros futuros oscilaram em alta moderada durante o dia. No final os juros de curto e médio prazo estavam sendo negociados perto da estabilidade e os longos, com viés de baixa, ampliaram a queda. Na sessão regular, o DI para janeiro de 2020 fechou na mínima de 8,13% de 8,15% no ajuste do dia anterior. O DI para janeiro de 2021 subiu de 9,16% para 9,17%. A taxa do DI para janeiro de 2025 caiu de 11,24% para 11,17%.



ANÁLISE DE SETORES E EMPRESAS

TIM PARTICIPAÇÕES (TIMP3)
Bons resultados no 2T18 e troca de CEO

A ação TIMP3 encerrou ontem cotada a R$ 13,60 acumulando valorização de 4,8% em 2018. O valor de mercado atual da companhia é de R$ 24,4 bilhão e a ação está sendo negociada a 1,41x seu valor patrimonial.
Bons bons resultados no 2T18, com mudança no perfil da base de clientes, continuação do processo de expansão e evolução das redes de móvel e fixo, proporcionando evolução da receita e EBITDA, levando a companhia a reportar resultado crescimento de 53,2% (a/a) no 2T18, para R$ 335 milhões (R$ 0,14/ação).
A Tim também informou o Sr. Sami Foguel como Chief Executive Officer (CEO).
Aprovação de juros sobre o capital próprio no montante de aproximadamente R$ 240 milhões, R$ 0,099162742/ação, com retorno de 0,73%. O pagamento dar-se-á em 13/novembro, com a data “ex JCP” em 25/julho.

Destaques do 2T18:

Mudança no perfil da base

  • A base de clientes pós-pago atingiu 33,7% da base total, evolução de 20,5%;
  • Base de clientes pré-pago representou 32,7% da base total, alta de 93,7%;
  • A base de clientes de UBL da TIM Live cresceu 21,5% A/A, somando 423 mil conexões;
  • ARPU do móvel cresceu 13,0% (a/a), para R$ 21,9;
  • ARPU da TIM Live avançou 12,7%, para R$ 72,1.

Continuidade na expansão e evolução das redes móvel e fixo:

  • Liderança em cobertura 4G, 1.131 cidades em 700MHz sendo 24 capitais;
  • Tecnologia VoLTE disponível em 1.559 cidades;
  • Expansão da Ultra banda-larga fixa, para 7 cidades;
  • Foco na expansão da rede em FTTH, 569 mil domicílios endereçáveis.

COPEL ENERGIA (CPLE6)
 Entrada em operação comercial – LT Araraquara II – Taubaté

A Copel comunicou que ontem (19/julho) que a linha de transmissão Araraquara II – Taubaté entrou em operação comercial. As obras haviam sido concluídas no final de junho e aguardava a autorização do Operador Nacional do Sistema – ONS. O conjunto possui concessão até 5 de outubro de 2040 e adiciona R$ 29,8 milhões à RAP da Copel GeT.

  • Suas ações estão sendo cotadas a R$ 20,80/ação com P/L de 4,1x e VE/EBITDA de 4,5x para 2018. O preço justo de R$ 32,00/ação traz um potencial de alta de 53,8%.
  • O empreendimento, com extensão de 334 quilômetros pertencente 100% à Copel GeT e liga as subestações de Araraquara/SP e Taubaté/SP.
  • Esta nova linha possibilita o escoamento pleno da energia proveniente do rio Madeira (usinas Jirau e Santo Antônio).
  • Em adição, e irá melhorar a qualidade do fornecimento de energia elétrica para a região Sudeste do Brasil, reforçando a confiabilidade do Sistema Interligado Nacional.

 

SIDERURGIA
Expressivo crescimento da produção de aço na China em junho

A produção de aço na China continua em ritmo forte, apesar dos temores quanto ao crescimento da economia.

  • O volume de aço produzido na China em junho atingiu 80,2 milhões de toneladas, quantidade 7,5% maior que no mesmo mês de 2017;
  • No primeiro semestre de 2018, o volume produzido foi de 451,2 milhões de toneladas, um crescimento de 6,0% em relação ao mesmo período do ano passado;
  • O aumento da produção de aço, com o consequente incremento na demanda de minério de ferro, é uma notícia muito positiva para as maiores mineradoras brasileiras (Vale e CSN).

Clique para acessar o Boletim Diário Completo:

Boletim Diário – PDF

Clique para acessar nossos Mapas Diários:

Mapa de Oscilações


Mapa de Posições Alugadas




DISCLAIMER
Este relatório foi preparado pela Planner Corretora e está sendo fornecido exclusivamente com o objetivo de informar. As informações, opiniões, estimativas e projeções referem-se à data presente e estão sujeitas à mudanças como resultado de alterações nas condições de mercado, sem aviso prévio. As informações utilizadas neste relatório foram obtidas das companhias analisadas e de fontes públicas, que acreditamos confiáveis e de boa fé. Contudo, não foram independentemente conferidas e nenhuma garantia, expressa ou implícita, é dada sobre sua exatidão. Nenhuma parte deste relatório pode ser copiada ou redistribuída sem prévio consentimento da Planner Corretora de Valores. O presente relatório se destina ao uso exclusivo do destinatário, não podendo ser, no todo ou em parte, copiado, reproduzido ou distribuído a qualquer pessoa sem a expressa autorização da Planner Corretora.
As opiniões, estimativas, projeções e premissas relevantes contidas neste relatório são baseadas em julgamento do(s) analista(s) de investimento envolvido(s) na sua elaboração (“analistas de investimento”) e são, portanto, sujeitas a modificações sem aviso prévio em decorrência de alterações nas condições de mercado.
Declarações dos analistas de investimento envolvidos na elaboração deste relatório nos termos do art. 21 da Instrução CVM 598/18:
O(s) analista(s) de investimento declara(m) que as opiniões contidas neste relatório refletem exclusivamente suas opiniões pessoais sobre a companhia e seus valores mobiliários e foram elaboradas de forma independente e autônoma, inclusive em relação à Planner Corretora e demais empresas do Grupo.