Ferbasa- Relatório de Análise

Novos investimentos e aquisições

A Ferbasa realizou ontem reunião com analistas, quando foram descritos em detalhes os projetos de aumento na produção e redução de custos que a empresa está realizando, além das possiblidades interessantes de aquisições e até mudanças nas ações.  O tom da reunião foi bastante positivo, com expectativas sendo anunciadas para melhoria dos resultados nos próximos anos.  É importante lembrar que em 2018 a Ferbasa obteve crescimentos de 24,6% na receita, 16,5% no EBITDA e 14,4% no lucro líquido, apesar da queda de 2,2% nos preços de venda ponderados em dólar.  Os proventos distribuídos referentes aos resultados de 2018 (R$ 1,09 por ação) permitiram um retorno 5,2%, considerando o preço médio de FESA4 no ano.  O fraco desempenho da ação em 2019, permite uma boa oportunidade de compra no momento.

 

  • Preço de referência do ferro cromo alto carbono (FeCrAc) caiu 9,7% no 1T19, mas subiu 7,1% para o 2T19.  Para o restante do ano, a expectativa é de alta no 3T19 e uma pequena queda no trimestre seguinte.  Os principais fatos que influenciam o mercado são os menores riscos da guerra comercial EUA/China, preocupações com uma desaceleração econômica global e a carência de energia na Mongólia, que é uma importante região produtora de ligas;

 

  • Ferro silício (FeSi): As expectativas em 2019 continuam positivas para esta liga.  O fechamento de plantas chinesas por questões ambientais e também a falta de energia na Mongólia, podem manter o mercado aquecido;

 

  • Projetos estratégicos: A Ferbasa está empenhada em três projetos que devem contribuir para um forte aumento na produção, assim como reduzir os custos em até 10%, que são: casting machine, coque metalúrgico e geração de energia;

 

  • Ações: A diretoria da empresa comentou que está estudando algumas possibilidades quanto aos direitos dos acionistas, que podem incluir uma fusão das classes de ações, o que seria muito positivo para os detentores de FESA4.

Clique acessar:


DISCLAIMER
Este relatório foi preparado pela Planner Corretora e está sendo fornecido exclusivamente com o objetivo de informar. As informações, opiniões, estimativas e projeções referem-se à data presente e estão sujeitas à mudanças como resultado de alterações nas condições de mercado, sem aviso prévio. As informações utilizadas neste relatório foram obtidas das companhias analisadas e de fontes públicas, que acreditamos confiáveis e de boa fé. Contudo, não foram independentemente conferidas e nenhuma garantia, expressa ou implícita, é dada sobre sua exatidão. Nenhuma parte deste relatório pode ser copiada ou redistribuída sem prévio consentimento da Planner Corretora de Valores. O presente relatório se destina ao uso exclusivo do destinatário, não podendo ser, no todo ou em parte, copiado, reproduzido ou distribuído a qualquer pessoa sem a expressa autorização da Planner Corretora. As opiniões, estimativas, projeções e premissas relevantes contidas neste relatório são baseadas em julgamento do(s) analista(s) de investimento envolvido(s) na sua elaboração (“analistas de investimento”) e são, portanto, sujeitas a modificações sem aviso prévio em decorrência de alterações nas condições de mercado. Declarações dos analistas de investimento envolvidos na elaboração deste relatório nos termos do art. 21 da Instrução CVM 598/18: O(s) analista(s) de investimento declara(m) que as opiniões contidas neste relatório refletem exclusivamente suas opiniões pessoais sobre a companhia e seus valores mobiliários e foram elaboradas de forma independente e autônoma, inclusive em relação à Planner Corretora e demais empresas do Grupo.