Team

Como entender a rentabilidade do investimento?

Essa é uma pergunta importantíssima para qualquer investidor, mas que só pode ser realmente respondida com a compreensão de três conceitos essenciais: rentabilidade nominal, líquida e real. Veja a seguir como esses conceitos funcionam e como aplica-los no seu processo de decisão de investimentos.

Rentabilidade nominal

É o valor bruto que seu investimento rendeu em um determinado período. Conhecer a rentabilidade nominal de um investimento é simples, pois ela normalmente é informada pela sua instituição financeira.

Rentabilidade líquida

A rentabilidade líquida é a rentabilidade nominal depois de descontados os custos do investimento, ou seja, impostos e taxas. A calculadora do Tesouro Direto já traz tanto a rentabilidade bruta quanto a rentabilidade líquida do seu investimento. Mas se você não estiver investindo em Títulos Públicos, terá que fazer os cálculos para saber o impacto dos custos no seu rendimento e, assim, conhecer sua rentabilidade líquida.

Rentabilidade real

A rentabilidade real é quanto a sua aplicação rendeu depois de descontada a variação da inflação. É comum no mercado financeiro, dizer que essa é a rentabilidade que realmente vale a pena ser considerada, pois é ela que vai garantir o aumento do seu patrimônio. Se seu investimento render exatamente o valor da inflação, sem nada mais de rentabilidade real, significa que você manteve o seu poder de compra, ou seja, você compra com o seu dinheiro hoje, a mesma coisa que comprava antes de aplicá-lo. Se ele render menos do que a inflação, você perdeu poder de compra.

Para analisar se sua aplicação teve ou não uma rentabilidade acima da inflação, você deverá primeiro escolher um índice de inflação para usar como referência. O IPCA é o mais usado, mas há outros. Uma vez que você conheça o valor da inflação poderá fazer as contas e comparar com o seu rendimento nominal para ver se sua performance foi superior ou inferior.

Resumindo

Os três conceitos que apresentamos nessa página são importantes para o investidor. Por isso, entenda como você pode usar esses conhecimentos e dedique-se para aprender bem cada um deles:

  • RENTABILIDADE NOMINAL: pode te ajudar a acompanhar seus investimentos, comparando seu desempenho com as taxas oferecidas em outros produtos similares. Dessa forma, você vai poder analisar se está tendo uma boa performance ou se deve procurar oportunidades melhores.
  • RENTABILIDADE LÍQUIDA: te ajuda a verificar o impacto que os custos estão tendo sobre seus investimentos e analisar se há outros produtos que te permitam reduzir essa despesa sem afetar seu rendimento.
  • RENTABILIDADE REAL: te permite conferir o crescimento do seu patrimônio aliado a manutenção do seu poder de compra.

 


Texto originalmente publicado pela ANBIMA em https://comoinvestir.anbima.com.br/escolha/compreensao-de-conceitos/o-que-e-rentabilidade/