Investimento em Renda Fixa

Na Renda Fixa você escolhe quanto vai investir, em quanto tempo vai retirar o dinheiro e qual retorno esperado.

O que é Renda Fixa?

É um investimento realizado em títulos públicos e privados, por meio do qual o investidor empresta dinheiro ao emissor do papel de Renda Fixa. Em troca, o investidor recebe juros até a data de vencimento, quando ocorre o resgate.  O investimento pode ser direto, feito pela compra de títulos de bancos, empresas e governo, ou indireto, por meio de Fundos de Investimento.

Títulos Privados

Papéis de Letras e Certificados de diversos segmentos e mercados.

LCI

Letra de Crédito Imobiliário:
emitido por instituições financeiras, garantido por hipotecas ou alienação. Isento de IR.

LCA

Letra de Crédito do Agronegócio:
emitido por instituições financeiras atrelado a operações de crédito. Isento de imposto de renda.

LC

Letra de Câmbio: geralmente emitido por instituições financeiras, é um título lastreado em contratos de financiamento.

CDB

Certificado de Depósito Bancário:
título emitido por bancos, com objetivo de captar recursos para estas instituições.

CRI

Certificado de Recebíveis Imobiliários:
título lastreado em crédito imobiliário emitido por companhias securitizadoras. Isento de IR.

CRA

Certificado de Recebíveis do Agronegócio:
lastreado em dívidas do setor de agronegócios,  também é isento de IR.

Títulos Públicos

Os Títulos Públicos são os papéis mais seguros para quem investe em Renda Fixa.

Tesouro Direto

O Tesouro Nacional utiliza a emissão de títulos públicos como uma das formas de captação de recursos para financiar atividades do Governo Federal como educação, saúde e infraestrutura. Esses títulos são resgatados em data predeterminada por um valor específico, atualizado ou não por indicadores de mercado, como, por exemplo, índices de preços.

Custos e Tributação

Conheça nossas tarifas e custos operacionais.