Ibovespa fecha com alta de 0,41% marcando 119.297 pontos

MERCADO


Bolsa
A terça-feira foi de alta para a bolsa, mesmo com decisões políticas em Brasília que deverão concentrar as atenções nas próximas semanas, aumentando a temperatura com a instauração da CPI e seus desdobramentos. No fechamento o Ibovespa marcou alta de 0,41%, buscando 119.297 pontos. O giro financeiro foi de R$ 29,3 bilhões (R$ 25,9 bilhões à vista). Hoje além do vencimento de índice futuro, que pode gerar volatilidade no mercado na primeira parte do pregão, temos uma agenda carregada de indicadores, com a produção industrial de fevereiro na Europa, em queda. Nos EUA, saem os índices de preços de importação e exportação e a divulgação do livro bege no meio da tarde. Destaque hoje para firme alta dos preços do petróleo. Não temos dados domésticos nesta quarta-feira. As bolsas internacionais operam em alta nesta quarta-feira na Europa e nos futuros de NY.  Ontem as bolsas de NY refletiram a expectativa em relação à inflação e juros a notícia negativa sobre a eficiência da vacina da Johnson & Johnson. O Nasdaq subiu mas o Dow Jones caiu. Com tantas incertezas, os mercados estão vivendo um dia após o outro.

Câmbio
A moeda americana recuou de R$ 5,7344 na segunda-feira para R$ 5,7174 no fechamento de ontem (- 0,30%), mas segue em patamar elevado e sem a possibilidade de recuo no curto prazo. O Banco Central segue ativo no mercado para a realização de leilões de swap eventuais.

Juros

O dia foi de alta para os juros futuros com o ambiente político nebuloso e com decisões importantes à frente, que tendem a travar ainda mais alguma expectativa de avanço na pauta mais importante. O DI para jan/22 fechou em 4,78%, de 4,731% na segunda-feira e para jan/27 a taxa passou de 8,904% para 9,02%.


ANÁLISE DE SETORES E EMPRESAS

Ecorodovias (ECOR3)
Redução no tráfego e mudança na base de comparação

A empresa divulgou ontem seus dados de tráfego para as dez concessões rodoviárias que administra, mostrando uma diminuição na comparação com o mesmo período de 2019.  Consideramos que a contração apresentada é até pequena, tendo em vista todas as dificuldades vividas no momento com a pandemia de Covid-19.

  • Normalmente nossa comparação seria com o ano anterior, mas nesta época em 2020 havia começado a quarentena, o que distorce as comparações.  Assim, os melhores resultados são agora fornecidos comparando os dados de 2021 com os mesmos períodos de 2019, quando a economia não sofria ainda os efeitos da pandemia.  A CCR começou a fazer comparações desta forma semanas atrás, que agora é adotada pela Ecorodovias;
  • Na semana de 5 a 11 de abril/2021, em relação ao mesmo período de 2019, o tráfego comparável (sem a Ecovias do Cerrado, Eco135 e Eco050) teve uma queda de 1,6%.  No acumulado de 2021, até o dia 11 de abril, o tráfego comparável decresceu 4,3% em relação a 2019;
  • Porém, considerando todas as rodovias no acumulado do ano, houve um crescimento de 15,5% no tráfego, comparado a 2019.  Em relação a 2020, este incremento foi de 12,8%.

JHSF (JHSF3)
Prévia operacional do 1T21

A JHSF divulgou a previa operacional do 1T21 com os seguintes destaques:

No 1T21, as vendas contratadas no segmento de incorporação somaram R$ 346,3 milhões contra R$ 99,8 milhões no 1T20, evolução de 247,0%, lembrando que o 1T20 foi o fundo do poço da pandemia.  Se comparado aos últimos três trimestres as vendas mostram um retorno à normalidade.

Entre os empreendimentos da companhia, a Fazenda Boa Vista teve vendas de R$ 105,1 milhões (aumento de 36,1%), o Boa Vista Village registrou R$ 229,1 milhões (aumento de 1648,5%) e o Fasano Cidade Jardim vendeu R$ 12,2 milhões (avanço de 28,4%). A ação JHSF3 encerrou ontem cotada a R$ 6,87 com queda de 9,2% no ano.


Carrefour Brasil (CRFB3)
Aprovação de dividendos de R$ 0,3823 por ação. Ex-direitos em 19/04

Em Assembleias Gerais Ordinária e Extraordinária (AGOE), realizadas ontem (13), os acionistas do Carrefour Brasil aprovaram o pagamento de dividendos no valor de R$ 759,099 milhões, ou R$ 0,3823 por ação. O valor será pago de acordo com a posição acionária do dia 16 de abril, e a partir do dia 19, os papéis passam a ser negociados ex-dividendos. O crédito aos acionistas vai ocorrer até o fim deste ano. Ontem a ação CRFB3 encerrou cotada a R$ 23,02 com alta de 18,7% no ano.  Com base nesta cotação, o retorno para os acionistas é de 1,67%.


Banco do Brasil (BBAS3)
Cancelamento do IPO do Banco BV e renúncia de dois Vice-Presidentes

Cancelamento do IPO. O Banco do Brasil S.A. comunicou que a Assembleia Geral do Banco Votorantim S.A (Banco BV), aprovou ontem (13/04), solicitação de cancelamento dos pedidos de registro de companhia aberta e da oferta pública de distribuição primária e secundária de certificados de depósito de ações (“Units”) de emissão do Banco BV junto à CVM.

Renúncia de dois vice-presidentes. Em outro comunicado de ontem (13/04), foi informado que o Sr. Carlos José da Costa André renunciou por motivo de aposentadoria ao cargo de Vice-Presidente de Gestão Financeira e de Relações com Investidores, com efeito, a partir de 26.04.2021. Na mesma data o Sr. Mauro Ribeiro Neto renunciou por motivos pessoais ao cargo de Vice-Presidente Corporativo, com efeito, a partir de 30.04.2021.

Indicação para os cargos. Nesse contexto, os Srs. José Ricardo Fagonde Forni, atualmente Diretor de Suprimentos, Infraestrutura e Patrimônio, e Ênio Mathias Ferreira, atualmente Diretor de Governo, tiveram seus nomes indicados aos cargos de Vice-Presidente Gestão Financeira e de Relações com Investidores e de Vice-Presidente Corporativo, respectivamente.

  • Os dois diretores trabalham no Banco do Brasil desde 1986. As indicações iniciam o processo de aprovação nas instâncias competentes de governança do BB com vistas à eleição pelo Conselho de Administração.

Copel (CPLE6)
Início da Operação Comercial da LT 500 kV Curitiba Leste – Blumenau

A Copel comunica que no dia 12 de abril de 2021 recebeu os Termos de Liberação Definitivos para entrada em operação comercial, da Linha de Transmissão (“LT”) 500 kV Curitiba Leste – Blumenau, ativo 100% Copel GeT, com efeitos retroativos a 01 de abril de 2021.

  • A LT Curitiba Leste – Blumenau é o último dos empreendimentos do Lote E do Leilão 05/2015 da Aneel.
  • Com 144,5 Km de extensão (circuito simples) e R$ 192 milhões em investimentos realizados, o empreendimento proporcionará um incremento de R$ 38,6 milhões na Receita Anual Permitida (“RAP”) da companhia.

Ao preço de R$ 6,23 a ação, equivalente a um valor de mercado de R$ 17,0 bilhões, a ação CPLE6 registra queda de 9,5% este ano. O Preço Justo de R$ 7,50/ação traz um potencial de alta de 20,4%.


Banco Inter S.A. (BIDI11)
Aquisição do controle da operação Duo Gourmet

O Banco Inter celebrou os documentos definitivos para a aquisição do controle da operação Duo Gourmet, cujo objetivo será oferecer programa de benefícios via aplicativo para consumidores e restaurantes por meio da marca “Duo Gourmet”.

Destaques da operação

O contrato de compra e venda foi assinado em 8 de abril de 2021 e, após o seu fechamento efetivo, o Inter será o controlador da sociedade e os sócios fundadores da Duo Gourmet estarão à frente da gestão, liderando a expansão dessa vertical de negócios.

Com a Transação, a operação Duo Gourmet passará a ser desenvolvida por uma nova subsidiária da Inter Marketplace, e contará com a experiência trazida pelos sócios fundadores da marca Duo Gourmet, plataforma já consolidada em programa de fidelidade no mercado de alimentação, com atuação em 13 cidades de 10 estados brasileiros e mais de 500 restaurantes parceiros.


CSU CardSystem S.A. (CARD3)
Ex-dividendos em 19/04

Na Assembleia Geral Ordinária realizada ontem (13/04) foi aprovado o pagamento de dividendos complementares de R$ 6,0 milhões (0,145953547/ação), relativos ao exercício de 2020.

  • Serão beneficiados os acionistas na data de 16 de abril de 2021, passando as ações a serem negociadas “ex-dividendos” a partir de 19 de abril de 2021.
  • O pagamento ocorrerá em 27 de abril de 2021. O retorno líquido é de 0,6%.

Ao preço de R$ 23,39/ação (valor de mercado de R$ 978 milhões) a ação CARD3 registra alta de 55,7% este ano.


Gol (GOLL4)
Atualização mensal (março/21) mostra redução na oferta de voos diários

A Gol divulgou a atualização mensal das operações com a decisão de adaptação da frota para 245 voos diários para adequar à menor demanda do mercado doméstico, uma redução de 31% em relação à média de 355 voos em fevereiro. Em dias de pico a companhia operou 381 voos. Em abril a companhia está reduzindo suas operações para entre 185 e 200 voos diários.

Estimativas da empresa:

A Gol prevê prejuízo por ação no 1T21 de R$ 2,35.

A empresa prevê margem Ebitda entre 20% e 22% no 1T21, de 46% no ano anterior

A receita operacional líquida deve ser de aproximadamente R$ 1,6 bi

Capex deve ser de cerca de R$ 80 mi.


Se preferir, baixe em PDF:

 

 

Análises Gráficas >>> 


DISCLAIMER
Este relatório foi preparado pela Planner Corretora e está sendo fornecido exclusivamente com o objetivo de informar. As informações, opiniões, estimativas e projeções referem-se à data presente e estão sujeitas à mudanças como resultado de alterações nas condições de mercado, sem aviso prévio. As informações utilizadas neste relatório foram obtidas das companhias analisadas e de fontes públicas, que acreditamos confiáveis e de boa fé. Contudo, não foram independentemente conferidas e nenhuma garantia, expressa ou implícita, é dada sobre sua exatidão. Nenhuma parte deste relatório pode ser copiada ou redistribuída sem prévio consentimento da Planner Corretora de Valores. O presente relatório se destina ao uso exclusivo do destinatário, não podendo ser, no todo ou em parte, copiado, reproduzido ou distribuído a qualquer pessoa sem a expressa autorização da Planner Corretora. As opiniões, estimativas, projeções e premissas relevantes contidas neste relatório são baseadas em julgamento do(s) analista(s) de investimento envolvido(s) na sua elaboração (“analistas de investimento”) e são, portanto, sujeitas a modificações sem aviso prévio em decorrência de alterações nas condições de mercado. Declarações dos analistas de investimento envolvidos na elaboração deste relatório nos termos do art. 21 da Instrução CVM 598/18: O(s) analista(s) de investimento declara(m) que as opiniões contidas neste relatório refletem exclusivamente suas opiniões pessoais sobre a companhia e seus valores mobiliários e foram elaboradas de forma independente e autônoma, inclusive em relação à Planner Corretora e demais empresas do Grupo.