Ibovespa marca alta de 0,97% mesmo com a tensão política dominando o ambiente doméstico

MERCADO


Bolsa
O Ibovespa encerrou o dia com alta de 0,97% a 118.812 pontos, com giro financeiro de R$ 28,3 bilhões (R$ 21,9 bilhões no à vista). Apesar do fechamento positivo, na reta final, o mercado reagiu negativamente à possibilidade de lançamento de uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) para renovar programas de combate aos efeitos da covid-19. A instauração da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid, no Senado, também segue incomodando os investidores, se tornando mais uma trava para o andamento de questões mais importantes para a economia neste momento difícil.

Hoje, a agenda econômica traz dados da balança comercial chinesa em março, bem abaixo das projeções de mercado. No Brasil destaque para as vendas a varejo em fevereiro, que pode indicar o comportamento do 1T21, penalizado pela pandemia.

As bolsas internacionais operam em alta moderada, mesmo sentido dos futuros de NY, mas o noticiário não traz novidades. Alta firme também nas cotações do petróleo e do minério de ferro, o que pode ajudar nossas empresas de commodities. O vencimento de índice futuro amanhã, deverá gerar volatilidade nos preços dos principais papéis.

Câmbio
A segunda-feira foi de alta para o dólar, em meio ao impasse com o Orçamento de 2021 e a tensão política entre governo e parlamentares favoráveis à CPI da Covid. O ambiente deverá seguir conturbado em toda esta semana. Ontem o dólar marcou alta de 0,92% fechando em R$ 5, 7344 de R$ 5,6821 na sexta-feira.

Juros

O mercado de juros teve uma dia mais calmo, com as taxas ficando mostrando pequena variação em relação ao fechamento da sexta-feira. A taxa do contrato de Depósito Interfinanceiro (DI) para jan/22 encerrou com taxa de 4,72%, de 4,736% na sexta-feira e para jan/27 a taxa passou de 8,934% para 8,90%.


ANÁLISE DE SETORES E EMPRESAS

Direcional Engenharia (DIRR3)
Prévia operacional do 1T21

A companhia divulgou seu desempenho operacional no 1T21 com os seguintes destaques. Lembrando que o 1T20 foi um momento crítico em razão da pandemia.

  • Crescimento de 311% nos lançamentos em relação ao 1T20, totalizando VGV de R$ 575 milhões.
  • Aumento de 73% nas Vendas Líquidas em relação ao 1T20, atingindo VGV de R$ 515 milhões. Recorde de vendas para um 1º trimestre, mesmo com todas as restrições impostas pelos Estados.
  • Índice de Velocidade de Vendas (VSO) de 17% no trimestre.
  • Geração de Caixa de R$ 15 milhões no 1T21, acumulando R$ 172 milhões nos últimos 12 meses.
  • A recompra de ações atingiu R$ 45 milhões ao final do 1T21.
  • Elevação do rating da Companhia para brAAA pela S&P

Odontoprev (ODPV3)
Atualização no valor do dividendo para R$ 0,19

O Odontoprev, maior operadora de planos dentais da América Latina, comunicou ao mercado que o valor por ação do dividendo foi atualizado de R$0,189885361 para R$0,1903960730, em função da aquisição de ações dentro do Programa de Recompra de ações da Companhia em vigor, aumentando o número de ações em tesouraria.

“Farão jus aos dividendos os acionistas com posição em 12 de abril de 2021.

“O pagamento de R$100.713.306,23 ocorrerá no dia 06 de julho de 2021, sem alteração.

Ontem a ação ODPV3 encerrou cotada a R$ 13,31 com queda de 8,3% no ano. Com base nesta cotação o retorno para os acionistas é de 1,43%.


Aliansce Sonae (ALSO3)
Reabertura de mais dois shopping centers

A companhia comunicou ao mercado que que as operações do Boulevard Shopping Campos e Shopping Parangaba foram retomadas ontem (12). Segundo a empresa, dezoito shoppings de seu portfólio próprio estão em operação, o que corresponde a 63,6% do total de NOI e 69,6% da ABL própria.

Ontem a ação ALSO3 encerrou cotada a R$ 28,9ª com queda de 7,7% no ano.


BRMalls (BRML3)
Retomada de operação em quatro shopping centers (18 abertos)

Nos últimos dias, a BRMalls retomou as operações de quatro shopping centers:

Center Shopping Uberlândia (MG), no dia 07,

NorteShopping e o Shopping Tijuca, no (RJ), no dia 09,

Shopping Estação Cuiabá (MT), no dia 10.

A companhia completou tem 18 unidades abertas, equivalentes a 62,7% da Área Bruta Locável (ABL) total e 59,5% da ABL própria, além de 53,6% das receitas operacionais (NOI) em 2019.

Ontem a ação BRML3 encerrou cotada a R$ 9,81 com queda de 0,9% no ano.


Petrobras (PETR4)
Recompra de títulos e troca do presidente

Após o pregão de ontem, a empresa divulgou dois comunicados importantes, o primeiro acerca de uma recompra de títulos e o outro sobre a Assembleia Geral Extraordinária (AGE), que iniciou o processo de troca do presidente.

  • A recompra é evidentemente positiva, com a Petrobras comprando títulos de vencimentos longos, mas taxas elevadas.  No caso da troca de presidentes, os nomes não importam, desde que sejam mantidas as políticas que permitiram a empresa sair da forte crise vivida entre 2014 e 2016.  Estas políticas são: paridade de preços (primeira e fundamental), corte de custos e despesas, foco nos ativos de maior retorno e desinvestimentos.  Se isso for mudado, evidentemente a avaliação que os investidores fazem da empresa diariamente será acrescida de maior risco, com forte impacto negativo nas ações.

Pão de Açucar (PCAR3)
Casino anuncia potencial aumento de capital da Cdiscount, subsidiária direta da Cnova, na qual o GPA detém 34.17% do capital

O Grupo GPA anunciou ao mercado  , que seu Conselho de Administração foi informado, nesta data, do lançamento pelo Grupo Casino de trabalhos preparatórios para potencial aumento de capital da Cdiscount, subsidiária direta da Cnova, na qual o GPA detém 34.17% do capital social.

Essa operação tem como objetivo habilitar o Cdiscount a acelerar seu plano de crescimento e pode também incluir uma oferta secundária de ações detidas pelo Grupo.

O Conselho de Administração de GPA recebeu de maneira positiva o lançamento desses estudos e aponta a excelente performance operacional dessa subsidiária, assim como o forte potencial de crescimento do Cdiscount e o ambiente favorável do mercado de capitais.

O mercado entende que a operação pode destravar valor para as ações PCAR3 que ontem subiram quase 10% e vem num rallye desde a cisão com o grupo Assai.  Uma oferta secundária poderia dar saída também ao GPA, cuja participação na Cnova é de aproximadamente R$ 6 bi. O casino tem 64%  da Cnova e GPA 34%


Minerva S.A. (BEEF3)
AGO aprovou dividendos complementares. Ex direito a partir de hoje (13/04)

Na Assembleia Geral Ordinária realizada ontem, dia 12 de abril de 2021, dentre outras matérias, foi aprovada a distribuição de dividendos complementares relativos ao resultado de 2020, no montante total de R$ 384,3 milhões, equivalente a R$ 0,7298126958 por ação ordinária.

  • Foi considerada a data-base de 12 de abril de 2021, respeitadas as negociações realizadas até essa data, inclusive.
  • As ações da companhia serão negociadas “ex-dividendos” a partir de hoje, dia 13 de abril de 2021, inclusive.
  • O pagamento dos dividendos no Brasil será realizado em 20 de abril de 2021.
  • O retorno foi de 6,4%.

Ao preço de R$ 11,37/ação (valor de mercado de R$ 6,2 bilhões) a ação BEEF3 registra alta de 12,2% este ano. Seguimos com recomendação de COMPRA e Preço Justo de R$ 14,00/ação, que traz um potencial de alta de 23,1%.


Neoenergia S.A. (NEOE3)
Ex-dividendo adicional de R$ 200,7 milhões a partir de hoje (13/04)

Os acionistas da Neoenergia aprovaram a distribuição de R$ 200,7 milhões em dividendos adicionais, correspondentes a R$ 0,1653481665 por ação ordinária.

  • A data base considerada foi 12 de abril de 2021
  • As ações serão negociadas ex-direito partir de 13 de abril de 2021.
  • O retorno foi de 1,0%.
  • O pagamento dos dividendos será feito até 31/dezembro de 2021, sem atualização monetária.

Ao preço de R$ 16,09/ação, equivalente a um valor de mercado de R$ 19,5 bilhões, a ação NEOE3 registra queda de 7,5% este ano. Temos recomendação de COMPRA com Preço Justo de R$ 24,00/ação, que traz um potencial de alta de 49,2%.


Se preferir, baixe em PDF:

 

 

Análises Gráficas >>> 


DISCLAIMER
Este relatório foi preparado pela Planner Corretora e está sendo fornecido exclusivamente com o objetivo de informar. As informações, opiniões, estimativas e projeções referem-se à data presente e estão sujeitas à mudanças como resultado de alterações nas condições de mercado, sem aviso prévio. As informações utilizadas neste relatório foram obtidas das companhias analisadas e de fontes públicas, que acreditamos confiáveis e de boa fé. Contudo, não foram independentemente conferidas e nenhuma garantia, expressa ou implícita, é dada sobre sua exatidão. Nenhuma parte deste relatório pode ser copiada ou redistribuída sem prévio consentimento da Planner Corretora de Valores. O presente relatório se destina ao uso exclusivo do destinatário, não podendo ser, no todo ou em parte, copiado, reproduzido ou distribuído a qualquer pessoa sem a expressa autorização da Planner Corretora. As opiniões, estimativas, projeções e premissas relevantes contidas neste relatório são baseadas em julgamento do(s) analista(s) de investimento envolvido(s) na sua elaboração (“analistas de investimento”) e são, portanto, sujeitas a modificações sem aviso prévio em decorrência de alterações nas condições de mercado. Declarações dos analistas de investimento envolvidos na elaboração deste relatório nos termos do art. 21 da Instrução CVM 598/18: O(s) analista(s) de investimento declara(m) que as opiniões contidas neste relatório refletem exclusivamente suas opiniões pessoais sobre a companhia e seus valores mobiliários e foram elaboradas de forma independente e autônoma, inclusive em relação à Planner Corretora e demais empresas do Grupo.