Ibovespa mostra recuperação e fecha com alta de 1,97%

MERCADO


Bolsa
O Ibovespa abriu a semana em recuperação, fechando com alta de 1,97% aos 117.518 pontos, com destaque para a forte valorização das ações da Vale (6,2%). Os dados positivos divulgados nos EUA na sexta-feira, ajudaram os mercados ontem e sem notícias relevantes do lado doméstico, além daquelas do dia a dia. O giro financeiro na B3 foi de R$ 29,5 bilhões (R$ 22,8 bilhões à vista) inferior à média de pregões anteriores. A agenda econômica de hoje traz poucos com destaque para a taxa de desemprego na Europa em fevereiro em 8,3%. As bolsas internacionais mostram força nesta manhã, mas o resultado da taxa de desemprego reduziu um pouco o ânimo destes mercados. O petróleo volta a subir nesta terça-feira. Nos EUA, do lado da economia segue o otimismo em relação a uma recuperação mais rápida com a vacinação em ritmo acelerado o que permite a flexibilização para a volta à normalidade nos próximos meses. Do lado do Brasil, o processo é ainda lento e somente deverá mostrar alguma melhora nas estatísticas a partir de maio, se mantido bom ritmo de vacinação.

Câmbio
O dólar caiu de R$ 5,7102 na quinta-feira para R$ 5,6663 no fechamento de ontem.

Juros
O mercado de juros abriu a semana em queda, após o feriado prolongado e sem novidades. A taxa do contrato de Depósito Interfinanceiro (DI) para jan/22 caiu de 4,636% para 4,605% e para jan/27 passou de 8,794% para 8,78%.


ANÁLISE DE SETORES E EMPRESAS

Rede D`Or Sâo Luiz (RDOR3)
Aquisição de 51% do Biocor Hospital de Doenças Cardiovasculares

Em fato relevante divulgado ontem (05/04), a Rede D’Or São Luiz comunicou aos seus acionistas e ao mercado em geral a aquisição, por sua afiliada Clínica São Lucas Ltda., de participação representativa de 51% do capital social do Biocor Hospital de Doenças Cardiovasculares Ltda.

O Biocor foi avaliado em R$ 750 milhões (100% do capital), deste valor será deduzido o endividamento líquido.

O Biocor é um renomado hospital geral de alta complexidade e referência na grande Belo Horizonte, contando com 350 leitos. Está planejada a construção de uma nova torre de bandeira premium “Star” (BH Star), estimada entre 150-200 leitos, dentro do complexo hospitalar, o qual poderá, portanto, atingir mais de 500 leitos totais.

A previsão de receita para o Biocor é de R$ 300,0 milhões, com um EBITDA de R$ 70,0 milhões, nos 12 meses posteriores ao fechamento da Operação, com parte das sinergias incorporadas.

Ontem a ação RDOR3 encerrou cotada a R$ 64,77 com queda de 4,9% no ano.


BTG Pactual S.A. (BPAC11)
Compra de 49,2% das ações ordinárias do Banco Pan e conclusão da aquisição de 100% da Necton

O Banco BTG Pactual, através de sua subsidiária Banco Sistema, assinou contrato para compra de 49,19% das ações ordinárias do Banco Pan de titularidade da Caixa Participações S.A. – CaixaPar, subsidiária da Caixa Econômica Federal, equivalente a 27,38% do capital social do Banco Pan.

  • Para a conclusão da operação, o Banco Sistema se compromete a pagar à CaixaPar o valor total de aproximadamente R$ 3,7 bilhões, valor que corresponde a R$ 11,42 por ação.
  • Apenas como base de comparação, as ações preferenciais do Banco Pan (BPAN4) fecharam cotadas a R$ 11,24/ação ontem (5/4), equivalente a um valor de mercado de R$ 13,4 bilhões.

Com a Operação, a CaixaPar conclui o processo de desinvestimento de sua participação no Banco Pan e o BTG Pactual, que participa de seu controle compartilhado, com 50,81% das ações ordinárias, passará a consolidar o controle acionário da companhia, com 100% das ordinárias e 39,41% das preferenciais (equivalente a 73,14% do capital total do Banco Pan).

Aquisição de 100% do capital da Necton. O BTG comunica que tendo sido verificado o cumprimento de todas as condições precedentes incluindo a aprovação do Banco Central do Brasil e do CADE, foi concluída em 5 de abril, a aquisição de 100% do capital social da Necton Investimentos S.A. Corretora de Valores Mobiliários e Commodities.

  • O valor declarado em 26 de outubro de 2020, pela aquisição da Necton, foi de R$ 348 milhões, que possuía Ativos sob Custódia de R$ 16,1 bilhões.
  • A presente aquisição faz parte da estratégia de expansão do BTG Pactual no segmento de varejo de investimentos, cuja intenção é manter a marca e a operação independentes.

Cotadas a R$ 98,45 (valor de mercado de R$ 45,9 bilhões) as Units do banco (BPAC11) registram alta de 5,5% este ano. O Preço Justo é de R$ 117,00/Unit correspondente a um potencial de alta de 18,8%.


Notre Dame Intermédica (GNDI3)
Conclusão da aquisição do Grupo Hospitalar de Londrina

Após a aprovação pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), a Notre Dame Intermédica concluiu a aquisição do Grupo Hospitalar de Londrina, realizada pela sua subsidiária Clinipam.

  • A operação foi anunciada em novembro.
  • O valor pago pelo hospital no Paraná foi de R$ 170 milhões.

O Notre Dame vem num ritmo forte de crescimento. Foram várias aquisições no ano de 2020 e a mais recente operação foi o acordo com a Hapvida, formando uma gigante no setor de saúde no Brasil.

Ontem a ação GNDI3 encerrou cotada a R$ 82,00 com alta de 4,7% no ano.


Light (LIGT3)
Conselho da Light SESA aprova a emissão de R$ 850 milhões em debêntures

O conselho de administração da Light Serviços de Eletricidade (Light SESA) aprovou ontem (05 de abril) a 22ª emissão de debêntures no valor total de R$ 850 milhões.

  • Serão emitidas 850 mil debêntures com valor nominal unitário de R$ 1.000, em série única. A data definida para a emissão é 15 de abril e o prazo de vencimento é de 10 anos.
  • As Debêntures contarão com garantia fidejussória (“Fiança”) a ser prestada pela Light S.A.
  • A remuneração será definida em procedimento de Bookbuilding e a oferta poderá ser aumentada em até 20% (lote adicional).
  • A remuneração será limitada à taxa interna de retorno do Tesouro IPCA+ com vencimento em 15 de agosto de 2030 acrescida de spread de 0,75% ao ano; ou 3,95% ao ano, o que for maior.

Ao preço de R$ 20,16/ação (valor de mercado de R$ 7,5 bilhões) a ação LIGT3 registra queda de 17,0% este ano e alta de 114,2% em 12 meses. O preço Justo de R$ 21,00/ação traz um potencial de alta de 4,2%.


Odontoprev (ODPV3)
Aprovação de dividendos de 100,7 milhões (R$ 0,1898/ação)

Em Assembleia Geral Ordinária (AGO), os acionistas da Odontoprev aprovaram o pagamento de dividendos de R$ 100,713 milhões, ou R$ 0,1898 por ação ON.

  • O valor será pago com base na posição acionária do dia 12 de abril, e a partir do dia 13, os papéis passam a ser negociados ex-dividendos.
  • O crédito aos acionistas será realizado no dia 06 de julho.
  • Com base na cotação de ontem, o retorno para os acionistas será de 1,436%

Ontem a ação OPDPV3 encerrou cotada a R$ 13,22 com 9,0% de queda no ano.


Ser Educacional (SEER3)
Conclusão da aquisição do Centro Universitário São Francisco de Barreiras (Unifasb)

A Ser Educacional um dos maiores grupos privados de educação superior do Brasil e líder nas regiões Nordeste e Norte, concluiu a aquisição do Centro Universitário São Francisco de Barreiras (Unifasb). A operação transferiu o Instituto Avançado de Ensino Superior de Barreiras (Iaesb), mantenedor da unidade, para o Centro Nacional de Ensino Superior (Cenesup), subsidiária da Ser Educacional.

Dessa forma, a Ser Educacional incorporou ao portfólio de cursos nas áreas de ciências humanas e saúde, incluindo 80 vagas anuais autorizadas de Medicina, ou 96 vagas anuais, considerando as vagas disponibilizadas via Prouni e Fies.
O grupo possui agora 473 vagas anuais autorizadas do curso ou 567, considerando Prouni e Fies.
A companhia encerrou o 4T20, com lucro líquido de R$ 121,5 milhões revertendo o prejuízo de R$2,6 milhões no 4T19. No ano, o resultado líquido somou R$ 165,0 milhões, aumento de 21% sobre os R$ 136,7 milhões de 2019.
Ontem a ação SEER3 encerrou cotada a R$ 13,17 com queda de 15,0% no ano.


Méluiz (CASH3)
Previa operacional do 1T21 mostra forte crescimento

A empresa comunicou ao mercado seu resultado operacional do 1T21, mostrando a abertura de 2,4 milhões de novas contas, uma média de 27 mil contas abertas por dia, mesmo num momento adverso. Com esse número, a empresa alcançou uma base total de 16,4 milhões de contas abertas – um crescimento de 73% em relação ao total no final do 1T20.

O número de usuários ativos nos últimos doze meses registrou um crescimento de 226%, passando de 2,2 milhões no 1T20 para 7,1 milhões em 1T21.

No 1T21, a companhia originou para os parceiros do Marketplace um GMV (Gross Merchandise Volume ou Volume Bruto de Mercadorias) de mais de R$ 833 milhões, um crescimento de 91% em comparação ao GMV gerado no 1T20. Considerando o GMV (12 meses) no 1T21, o valor foi de R$ 2,9 bilhões, um crescimento de 59% em relação ao desempenho observado no 1T20, apesar do GMV do setor de viagens ainda não ter voltado aos patamares do 1º trimestre de 2020.

A ação CASH3 encerrou ontem cotada a R$ 27,86 com alta de 85,6% no ano. A ação iniciou as negociações na B3 no dia 04/11/2020 a R$ 10,00. (Cotação máxima: R$ 38,67).


Petrobras (PETR4)
Aumento no preço do gás natural e venda de eólicas

A empresa fez dois comunicados importantes ontem, o primeiro acerca da forte elevação nos preços do gás natural vendido às distribuidoras e o outro informando sobre a finalização da venda das participações em duas centrais eólicas.

  • As duas informações foram positivas, com a continuidade do Programa de Desinvestimentos e a elevação de preços, que aumentará a receita e a rentabilidade;
  • No primeiro comunicado, divulgado pouco antes da abertura do mercado, a Petrobras informou que a partir de 1 de maio/2021, os preços de venda do gás natural para as distribuidoras terão aumentos de 39% quando medidos em R$ por m³ e 32% se a medida for US$ por milhão de BTUs;
  • A Petrobras informou também, neste caso após o pregão, que finalizou a venda da totalidade de suas participações (49%) das empresas Eólica Mangue Seco 3 – Geradora e Comercializadora de Energia Elétrica S/A e Eólica Mangue Seco 4 – Geradora e Comercializadora de Energia Elétrica S/A.  O comprador foi a V2I Energia S/A, que pagou um total de R$ 100,7 milhões.

CCR (CCRO3)
Dados de tráfego piores que na semana anterior

Os dados operacionais da CCR na semana (19/março/21 a 1/abril/21), em relação ao mesmo período de 2019, mostraram números piores no tráfego de veículos que na semana anterior.  Estes números refletem as novas medidas de restrição na movimentação, determinadas recentemente por vários governos.

·       O tráfego comparável da CCR (sem a ViaSul) entre os dias 26 de março e 1/abril, apresentou uma diminuição de 9,6%, comparado ao mesmo período em 2019.  Este número foi impactado principalmente pela queda de 29,4% na movimentação dos veículos de passeio, em parte compensado pelo aumento de 6,2% nos comerciais.  No período anterior, a diminuição no tráfego foi de 6,0%;

·       A quantidade de passageiros transportados na CCR Mobilidade no período de 25/março a 1/abril diminuiu 68,0%, um número bem pior que na semana anterior (-61,0%).  Na CCR Aeroportos, a queda na mesma semana atingiu 58,3%, um pouco melhor que período anterior, cuja queda atingiu 61,3%.


Se preferir, baixe em PDF:

 

 

Análises Gráficas >>> 


DISCLAIMER
Este relatório foi preparado pela Planner Corretora e está sendo fornecido exclusivamente com o objetivo de informar. As informações, opiniões, estimativas e projeções referem-se à data presente e estão sujeitas à mudanças como resultado de alterações nas condições de mercado, sem aviso prévio. As informações utilizadas neste relatório foram obtidas das companhias analisadas e de fontes públicas, que acreditamos confiáveis e de boa fé. Contudo, não foram independentemente conferidas e nenhuma garantia, expressa ou implícita, é dada sobre sua exatidão. Nenhuma parte deste relatório pode ser copiada ou redistribuída sem prévio consentimento da Planner Corretora de Valores. O presente relatório se destina ao uso exclusivo do destinatário, não podendo ser, no todo ou em parte, copiado, reproduzido ou distribuído a qualquer pessoa sem a expressa autorização da Planner Corretora. As opiniões, estimativas, projeções e premissas relevantes contidas neste relatório são baseadas em julgamento do(s) analista(s) de investimento envolvido(s) na sua elaboração (“analistas de investimento”) e são, portanto, sujeitas a modificações sem aviso prévio em decorrência de alterações nas condições de mercado. Declarações dos analistas de investimento envolvidos na elaboração deste relatório nos termos do art. 21 da Instrução CVM 598/18: O(s) analista(s) de investimento declara(m) que as opiniões contidas neste relatório refletem exclusivamente suas opiniões pessoais sobre a companhia e seus valores mobiliários e foram elaboradas de forma independente e autônoma, inclusive em relação à Planner Corretora e demais empresas do Grupo.