Ibovespa fecha praticamente estável, com queda de 0,02% na segunda-feira e pode sofrer no pós feriado

MERCADO


Bolsa
Na abertura da semana e véspera do feriado, a bolsa subiu bem até o meio da tarde e acabou devolvendo o ganho, fechando em queda de 0,02% aos 78.973 pontos com giro financeiro de R$ 35,1 bilhões. O dia foi marcado pela abrupta queda no preço do petróleo WTI para maio, que fechou em queda de 305,97%, a US$ -37,63 o barril, na Nymex, enquanto o contrato para junho recuou 18,40%, a US$ 20,43 o barril. Por conta disto, as bolsas de NY (Dow Jones, S&P 500 e Nasdaq). Com o feriado no Brasil, o destaque da terça-feira foi a nova queda nos preços do petróleo e a forte queda nas bolsas internacionais, que mostram recuperação nesta quarta-feira. A volatilidade tomou conta destes mercados, com grande incerteza em relação às commodities, principalmente o petróleo. A agenda econômica traz poucos indicadores para o hoje e a B3 pode sofrer um ajuste em relação ao mercado internacional por conta do feriado de ontem. Títulos brasileiros caíram forte lá fora.

Câmbio
A moeda americana encerrou a segunda-feira cotada a R$ 5,3162 contra R$ 5,2344 na sexta-feira, alta de 1,48%.

Juros
Os juros futuros tiveram um dia de queda na segunda-feira com a sinalização do BC de que a Selic pode voltar a cair. A taxa do contrato de Depósito Interfinanceiro (DI) para jan/21 fechou pela primeira vez abaixo de 3%, a 2,830%, de 3,037% no ajuste de sexta-feira e para jan/27 a taxa passou de 6,902% para 6,82%.


ANÁLISE DE SETORES E EMPRESAS

Eneva S.A. (ENEV3)  
Conselho decide encerrar as tratativas em torno da Proposta de combinação de negócios com a AES Tietê

A Eneva informa que enviou ontem (21) carta à AES Tietê Energia S.A. (TIET11), na qual refuta todos os motivos apontados no parecer do Conselho de Administração da AES Tietê para rejeitar a combinação de negócios proposta pela companhia em 1º de março de 2020.

Adicionalmente, e mesmo disposto a viabilizar possíveis alternativas para melhorar ainda mais os termos econômicos da Proposta para os acionistas da AES Tietê em uma negociação que finalmente se anunciava, informa que em reunião realizada na mesma data, o Conselho de Administração da Eneva decidiu encerrar as tratativas em torno da Proposta– mesmo a tendo mantido em vigor desde 1º de março de forma inalterada, inclusive diante dos impactos no mercado financeiro e de capitais decorrentes do Covid-19.

Em comunicado a Eneva reitera que “seguirá trabalhando na geração de valor para seus acionistas, focada no desenvolvimento do seu plano de negócios, sempre atenta a futuras novas oportunidades de combinação de negócios”.


Energisa (ENGI11)
Revisão do Investimento anual e reajuste tarifário da Energisa Sergipe

O Conselho de Administração da Energisa, em reunião realizada em 15 de abril de 2020, aprovou algumas medidas de proteção ao caixa da companhia e gestão de liquidez, dentre elas: (i) a revisão do Plano de Investimento Anual, com a postergação de investimentos da ordem de R$ 500 milhões previstos para 2020; e (ii) a gestão ainda mais rígida das despesas controláveis, visando a preservação dos empregos e relações contratuais com os nossos fornecedores.

Aneel homologou reajuste tarifário da Energisa Sergipe (ESE). Em reunião pública ordinária da diretoria ocorrida em 20 de abril de 2020, a Aneel aprovou o reajuste tarifário da ESE no valor de 1,20% (sendo 1,05% em baixa tensão e 1,51% em alta e média tensão), válidos a partir de 22 de abril de 2020.

No entanto, considerando o momento atual de crise devido à Covid-19, a empresa propôs o diferimento da aplicação dos reajustes para o dia 1ºde julho de 2020, tendo, em contrapartida, o diferimento do recolhimento das quotas mensais da Conta de Desenvolvimento Energético – CDE dos próximos três meses em iguais montantes financeiros.


ISA Cteep (TRPL4) 
Taxa Regulatória de Remuneração do Capital – WACC

A Cteep – Companhia de Transmissão de Energia Elétrica Paulista (ISA Cteep) informa que a Aneel ajustou a Taxa Regulatória de Remuneração do Capital (WACC) para o setor de transmissão de energia para 7,71% em 2018, 7,40% em 2019 e 6,96% em 2020.

De acordo com o comunicado “a WACC de 2018, de 7,71%, será utilizada na Revisão Tarifária Periódica (“RTP”) do contrato 059 da ISA Cteep, que deve ser aplicada de Julho/2018 a Junho/2023”.

A expectativa é de que a RTP seja aplicada em Julho/2020, com efeito retroativo a Julho/2018. O aumento da WACC tem impacto positivo na RAP (“Receita Anual Permitida”) do ciclo 2018/2019 da companhia na ordem de R$ 80 milhões, decorrente da maior remuneração da sua base de ativos (RBNI e RBSE) conforme laudo apresentado no processo da RTP (protocolado em jul/19).


Boletim Focus 
Para 2020 a mediana das expectativas aponta para redução da inflação, do PIB e da Meta Selic, com alta do câmbio.

Dentre as alterações contidas no Boletim Focus divulgado na segunda-feira (20) referente a 17 de abril, destaque em 2020 para a redução do IPCA (6ª consecutiva), do PIB (10ª consecutiva), redução da Selic e alta do câmbio. Tomando por base 2021 ressalte-se a redução da expectativa para a inflação, alta do PIB, manutenção da Selic e alta do câmbio (5ª consecutiva).

Destaques do Boletim Focus para 2020:

IPCA: 2,23%;

IPCA (atualização dos últimos 5 dias): 2,19%;

PIB: -2,96%;

Taxa de câmbio: R$ 4,80

Meta Selic: 3,00%


Siderurgia/Mineração
Produção de aço na China teve pequena queda em março

Segundo os dados do Escritório Nacional de Estatísticas da China (NBS na sigla em inglês), o volume de aço produzido naquele país em março/2020 foi de 79,0 milhões de toneladas, 1,7% abaixo de igual mês do ano passado.

  • No 1T20, a produção de aço na China somou 234,4 milhões de toneladas, volume que ficou 1,2% acima de igual período de 2019;
  • Vemos estes números como muito positivos, considerando a crise vivida pela economia mundial e os problemas provocados também na China pela pandemia da Covid-19;
  • É importante lembrar que a evolução da siderurgia chinesa é fundamental para as exportações brasileiras de minério de ferro.

Via varejo (VVAR3)
Michael Klein deixará presidência do Conselho da Via Varejo

A companhia comunicou que o atual Presidente do Conselho, Sr. Michel Klein, irá deixar o cargo. Como substituto para o cargo, os Conselheiros indicaram o Sr. Raphael Klein, filho do Sr. Michel Klein e neto do fundador da Companhia, e que trabalhará em conjunto com sua Diretoria na continuidade do turn-around e digitalização que vem sendo implementados.

Raphael Klein, é formado em Administração de Empresas pela Ford University, com especialização na Florida University, e hoje administra o fundo de venture capital Kviv Ventures.

A VVAR3 Fechou cotada a R$6,59 com queda de 41% em 2020.


Se preferir, baixe em PDF:

 

 

Análises Gráficas >>> 


DISCLAIMER
Este relatório foi preparado pela Planner Corretora e está sendo fornecido exclusivamente com o objetivo de informar. As informações, opiniões, estimativas e projeções referem-se à data presente e estão sujeitas à mudanças como resultado de alterações nas condições de mercado, sem aviso prévio. As informações utilizadas neste relatório foram obtidas das companhias analisadas e de fontes públicas, que acreditamos confiáveis e de boa fé. Contudo, não foram independentemente conferidas e nenhuma garantia, expressa ou implícita, é dada sobre sua exatidão. Nenhuma parte deste relatório pode ser copiada ou redistribuída sem prévio consentimento da Planner Corretora de Valores. O presente relatório se destina ao uso exclusivo do destinatário, não podendo ser, no todo ou em parte, copiado, reproduzido ou distribuído a qualquer pessoa sem a expressa autorização da Planner Corretora. As opiniões, estimativas, projeções e premissas relevantes contidas neste relatório são baseadas em julgamento do(s) analista(s) de investimento envolvido(s) na sua elaboração (“analistas de investimento”) e são, portanto, sujeitas a modificações sem aviso prévio em decorrência de alterações nas condições de mercado. Declarações dos analistas de investimento envolvidos na elaboração deste relatório nos termos do art. 21 da Instrução CVM 598/18: O(s) analista(s) de investimento declara(m) que as opiniões contidas neste relatório refletem exclusivamente suas opiniões pessoais sobre a companhia e seus valores mobiliários e foram elaboradas de forma independente e autônoma, inclusive em relação à Planner Corretora e demais empresas do Grupo.