Tendência do dia depende de agenda pesada nos EUA e dados de inflação no Brasil

MERCADO


Bolsa
Ontem o Ibovespa fechou em alta de 2,97% aos 78.625 pontos e giro financeiro de R$ 22,1 bilhões. As bolsas no exterior também fecharam no positivo após a Ata do Fed da última reunião de emergência, confirmar a necessidade de resposta “vigorosa” à crise causada pelo Covid-19. A alta do petróleo, diante da expectativa de cortes de produção na reunião de hoje da Opep, também contribuiu. Na agenda hoje o IPC Fipe semanal até 7/abril em 0,03% ante 0,10% da leitura anterior e a divulgação do IPCA de março, com estimativa de 0,12% M/M e 3,36% A/A. Nos EUA os dados do PPI Demanda final de março, os Novos pedidos seguro-desemprego até 4/abril, os Estoques no atacado de fevereiro e o Sentimento Univ de Michigan de abril. Bolsas na Ásia fecharam em alta e na Europa operam majoritariamente em campo positivo. Tendência do dia depende de uma agenda pesada nos EUA e dados de inflação no Brasil.

Câmbio
O dólar operou em baixa e ampliou a queda depois de já ter revertido a alta com um leilão de swap pelo BC. Como pano de fundo também a notícia de desistência de Bernie Sanders da corrida eleitoral nos EUA. Ao final o dólar à vista fechou com queda de 1,95% a R$ 5,1221.

Juros
Nos juros futuros, além do ambiente menos estressante do exterior, a curva de juros já começa a arrefecer a inclinação com as falas do presidente Roberto Campos Neto e a expectativa de compra de títulos longos pelo BC após a aprovação da PEC do Orçamento de guerra. O DI Jan 21 era negociado com queda de 1 ponto a 3,20% e o DI Jan 23 com queda de 15 pontos, cotado a 5,21%


ANÁLISE DE SETORES E EMPRESAS

TOTVS (TOTS3)
A empresa celebrou a Compra de 100% da WEALTH SYSTEMS INFORMÁTICA por R$27,0 milhões

A TOTVS celebrou, ontem, Contrato de Compra e Venda de quotas que representam 100% do capital social da WEALTH SYSTEMS INFORMÁTICA LTDA. (“WEALTH SYSTEMS”) pelo montante de R$27,0 milhões, sujeito a ajustes, dos quais R$16,7 milhões pagos à vista e R$10,3 milhões a serem pagos em fevereiro de 2021. Adicionalmente, também está previsto o pagamento de preço de compra complementar variável conforme o atingimento de metas estabelecidas para a WEALTH SYSTEMS no exercício de 2023.


RD Raia Drogasil (RADL3)
Aprovação de dividendos adicionais de R$ 20,2 milhões (R$ 0,0611 por ação)

A companhia aprovou ontem em AGO, a a distribuição de dividendos adicionais relativos ao ano de 2019, no valor de R$ 0,0611 por ação, ou R$ 20,171 milhões. O montante é complementar e retorno muito pequeno.

O pagamento será feito com base na posição acionária do dia 13 de abril, e a partir do dia 14, as ações passam a ser negociadas ex-dividendos.
O crédito aos acionistas será feito no dia 31 de maio.

Ontem a ação RADL3 encerrou cotada a R$ 101,39 com queda de 9,1% no ano.


Braskem (BRKM5)
Teleconferência de resultado do 4T19

Na tarde de ontem, a empresa realizou uma teleconferência para discutir os resultados do 4T19. A principal mensagem da empresa foi de tranquilidade com relação à sua situação financeira e da operação de suas fábricas, neste momento de crise.

Foram feitas várias perguntas focadas na alavancagem elevada da empresa (4,7x no 4T19 – considerando o EBITDA recorrente). Como o EBITDA em 2020 tende a ser menor que no ano passado, esta alavancagem deve crescer. A diretoria da empresa refutou a questão, dizendo que as agências de rating estão confortáveis com a alavancagem, sendo importante neste momento a tranquilidade com a cobertura que o caixa proporciona de 71 meses dos vencimentos de dívida;;
A empresa sacou a linha de crédito rotativo no valor de US$ 1 bilhão neste mês;
Situação da operação no Brasil: Resinas para atender aos clientes do setor automobilístico e construção civil tiveram forte queda nas vendas. Os clientes que produzem artigos de higiene e material médico estão com demanda alta.


Petrobras (PETR4)
Alterações no pagamento do dividendo

A empresa anunciou na noite de ontem, que cancelou a data de corte dos dividendos com base no resultado anual de 2019. Teriam direito a este provento os acionistas da Petrobras no dia 27/abril. O pagamento será mantido no dia 15 de dezembro de 2020.

No final do mês passado, entre outras medidas para preservar o caixa, a Petrobras havia postergado o pagamento deste dividendo de 20/maio para 15/12;
O montante deste dividendo é de R$ 1,7 bilhão, sendo R$ 0,233649 por ação ordinária e R$ 0,000449 para as preferenciais;
Como temos insistido, a tomada de medidas duras pelas empresas para preservar seus caixas é sempre positiva, mas elas também nos dão uma ideia do enorme tamanho da crise que as companhias esperam.


Vale (VALE3)
Extensão da paralisação na unidade de Voisey’s Bay

Após o pregão de ontem, a empresa comunicou que vai estender a paralisação da mina de Voisey’s Bay no Canadá por até três meses. Em meados de março, a Vale já havia determinado uma paralisação por quatro semanas nesta unidade.

Mesmo com a paralisação desta mina, a planta de processamento (Long Harbour -LHPP) vai continuar em operação, usando o minério concentrado já armazenado, mantendo a produção de níquel e cobalto nos níveis planejados. Porém, a produção de cobre será reduzida devido a parada da mina, com um impacto de até 6 mil toneladas no primeiro semestre/2020;
No 1S19, as vendas de cobre da Vale somaram 185 mil toneladas, portanto a perda com a paralisação desta unidade, equivale a 3,2% do volume vendido num semestre, o que nos parece ter pouco impacto no resultado deste segmento.


Banco Bradesco S.A. (BBDC4)
 Revisão de Preço Justo

Revisitamos as premissas para o modelo do banco. Reconhecemos que o cenário macroeconômico se mostra incerto, com pouca visibilidade, mas esperamos uma retomada gradual a partir do 3º trimestre. Pelo que se apresenta até o momento, teremos um PIB negativo para o presente exercício, reflexo da forte redução da atividade econômica e consequências diretas na atividade, no resultado das companhias, no emprego e na vida das pessoas.

Vemos o banco preparado para o enfrentamento da crise. O Bradesco se encontra capitalizado e líquido, com destaque para sua governança e adequada gestão dos riscos, quer sejam de crédito, mercado, risco operacional e de capital. Os investimentos realizados na transformação digital, melhora dos processos operacionais e no desenvolvimento dos colaboradores prepararam o banco para esse momento. A própria mudança de comportamento dos clientes, utilizando cada vez mais os canais digitais, torna a travessia possível e menos traumática.

Esperamos queda do resultado do banco, notadamente no 2T20, por conta da redução do crédito, das receitas relativas às operações e de serviços, maiores despesas com PDD e aumento da inadimplência. A retomada gradual fica para o 2º semestre. Nesse cenário, baseado em novas premissas macroeconômicas e perspectivas para o banco, aumentamos o custo do crédito em 200 pontos base para 12,5%, o crescimento na perpetuidade de 3,0% para 3,5% e reduzimos o payout para 25% neste ano. Revisamos o preço justo de R$ 45,00/ação para R$ 34,00/ação e seguimos com recomendação de COMPRA.


Banco Inter S.A. (BIDI11)
Prévia dos resultados operacionais do 1T20

O Banco Inter divulgou ontem (8/abril) , prévia dos resultados operacionais referentes ao 1T20. Estas informações são preliminares, não auditadas e sujeitas a revisão. Cotada a R$ 28,00 (valor de mercado de R$ 6,6 bilhões) as Units do banco (BIDI11) registram queda de 39,8% este ano, sendo negociadas a 3,0x o seu valor patrimonial.

O banco chegou a 4,9 milhões de correntistas ao final do 1T20 , com crescimento de 155% em relação ao 1T19, sendo que em 7 de abril de 2020, atingiu 5 milhões de correntistas. Foram abertas 890 mil contas no trimestre, e uma média de 14 mil contas por dia útil em março.

O banco firmou uma nova parceria com a Mastercard que prevê o incremento de incentivos pela exclusividade da bandeira nos cartões Inter. Atingiu 2,7 milhões clientes ativos no 1T20, com crescimento de 147% frente ao 1T19. Destaque para o aumento do Cross Selling Index (CSI) que atingiu 2,73 produtos no 1T20, frente a 2,59 no 1T19.

O banco alcançou 601 mil clientes ativos na Plataforma Aberta Inter (PAI) no 1T20, chegando a 12% da base de clientes e crescimento anual de 205%. Foram R$ 2,8 bilhões de volume transacionado no 1T20 em cartões, 21,7 vezes maior do que no 1T19.; e 130 milhões de acessos no App no trimestre.

Ao final do 1T20 o banco atingiu mais de 2,5 milhões de clientes com saldo em conta (com saldo médio de R$ 1.049,00). O Inter é o principal banco de mais de 40% dos clientes ativos.

A originação do crédito atingiu R$ 1,3 bilhão no 1T20, com crescimento de 66% em relação ao 1T19. O Crédito Empresas cresceu 73% na mesma base de comparação, com produção de R$ 649 milhões no 1T20. O Crédito Imobiliário atingiu produção de R$ 328 milhões no 1T20 com crescimento de 13% comparado ao 1T19, e o Crédito Consignado alcançou R$ 376 milhões no 1T20, crescimento de 147% em 12 meses.


Itaúsa S.A. (ITSA4)
Aprovação para continuar a reestruturação do Grupo

A JSL informa aos seus acionistas e ao mercado em geral que recebeu aprovação do seu Conselho de Administração para realizar um conjunto de medidas visando a continuação do seu projeto de organização das suas operações em empresas independentes e com isso, ao final de duas etapas, a sua segregação resultará em uma das maiores empresas de Logística do Brasil e a que possui o maior portfólio de serviços.

A Companhia acredita que tal estratégia facilita o entendimento e avaliação pelo mercado de cada atividade, de forma segregada, permitindo levar a mercado companhias com diferentes portfólios de serviços, perfis de alavancagem, necessidade de capital, riscos e retornos.

Ontem a ação JSLG3 encerrou cotada a R$ 15,39com queda de 12,1% no ano. A Movida (movi3) fechou a R$ 9,71 com queda de 40,9% no ano.


 

Se preferir, baixe em PDF:

 

 

Análises Gráficas >>> 


DISCLAIMER
Este relatório foi preparado pela Planner Corretora e está sendo fornecido exclusivamente com o objetivo de informar. As informações, opiniões, estimativas e projeções referem-se à data presente e estão sujeitas à mudanças como resultado de alterações nas condições de mercado, sem aviso prévio. As informações utilizadas neste relatório foram obtidas das companhias analisadas e de fontes públicas, que acreditamos confiáveis e de boa fé. Contudo, não foram independentemente conferidas e nenhuma garantia, expressa ou implícita, é dada sobre sua exatidão. Nenhuma parte deste relatório pode ser copiada ou redistribuída sem prévio consentimento da Planner Corretora de Valores. O presente relatório se destina ao uso exclusivo do destinatário, não podendo ser, no todo ou em parte, copiado, reproduzido ou distribuído a qualquer pessoa sem a expressa autorização da Planner Corretora. As opiniões, estimativas, projeções e premissas relevantes contidas neste relatório são baseadas em julgamento do(s) analista(s) de investimento envolvido(s) na sua elaboração (“analistas de investimento”) e são, portanto, sujeitas a modificações sem aviso prévio em decorrência de alterações nas condições de mercado. Declarações dos analistas de investimento envolvidos na elaboração deste relatório nos termos do art. 21 da Instrução CVM 598/18: O(s) analista(s) de investimento declara(m) que as opiniões contidas neste relatório refletem exclusivamente suas opiniões pessoais sobre a companhia e seus valores mobiliários e foram elaboradas de forma independente e autônoma, inclusive em relação à Planner Corretora e demais empresas do Grupo.