Pesa sobre os mercados o atraso na decisão para o Brexit

MERCADO


Bolsa

O Ibovespa iniciou a semana com ganho de 0,24% as 103.181 pontos e giro financeiro de R$ 18,9 bilhões. O mercado refletiu a divulgação de indicadores nos EUA e a realização de lucro em papéis de peso no índice. Mesmo assim o fechamento foi positivo. Hoje as bolsas internacionais mostram fechamento misto na Ásia e na zona do euro. Os futuros de NY também indicam queda na abertura. Pesa sobre os mercados o atraso na decisão para o Brexit, trazendo instabilidade para a região. A agenda econômica de hoje traz, do lado doméstico, a 1ª prévia de inflação de setembro medida pelo IGP-M com queda de 0,60% ante uma expectativa de -0,18% e poucos indicadores do lado externo, ficando a expectativa em relação a outros eventos nos próximos dias. O noticiário mais fraco pode levar o Ibovespa a seguir o rumo das bolsas internacionais nesta terça-feira.

Câmbio

A moeda americana voltou a subir ontem, de R$ 4,0621 para R$ 4,0975 (0,87%). Sem acontecimentos importantes no dia, o comportamento do dólar foi atribuído à formação de posições em razão do preço mais baixo.

Juros

As taxas de juros futuros encerraram a segunda-feira com queda nos contratos de curto prazo (jan/20) com a taxa passando de 5,328% para 5,305% enquanto na ponta mais longa, a taxa caiu de 7,001% para 6,98%. Com agenda fraca no dia, liquidez deste mercado também ficou abaixo de sessões anteriores.


ANÁLISE DE SETORES E EMPRESAS

Banrisul (BRSR8)
Oferta Pública de distribuição secundária de ações ordinárias

O Banco informou ontem (9/setembro) a realização de uma oferta pública de distribuição secundária de 96.323.426 ações ordinárias de emissão do Banrisul e de titularidade do acionista controlador, o Estado do Rio Grande do Sul.

O início das apresentações a potenciais investidores começa hoje, 10 de setembro e a fixação do preço se dará em 17 de setembro de 2019.

Esta Oferta corresponde a 47,0% do capital ordinário do banco e a 23,6% do capital total. Antes da Oferta o Estado do Rio Grande do Sul detinha 98,1% do capital ordinário. Após a oferta passará a deter 51,2% das ações ON. O free float eleva-se de 50,6% para 74,1%.

O preço por ação será fixado após procedimento de coleta de intenções (bookbuilding) junto a investidores institucionais locais e estrangeiros, e investidores profissionais. A cotação de fechamento das ações ordinárias de emissão do Banrisul na B3, em 9 de setembro de 2019, foi de R$ 23,18/ação.

Este valor é meramente indicativo, podendo variar para mais ou para menos, conforme a conclusão do Procedimento de Bookbuilding. Com base neste preço indicativo, o montante total da Oferta, seria de R$ 2,23 bilhões.


Banco PAN S.A. (BPAN4)
Aprovada Oferta Pública Primária e Secundária de Ações

O Banco PAN, informou ontem (9/setembro) a realização de oferta pública de distribuição primária e secundária, com esforços restritos de colocação de, inicialmente, 115,0 milhões de ações preferenciais.

Ao preço de R$ 9,80 por ação (valor de mercado de R$ 11,2 bilhões), suas ações (BPAN4) registram alta de 409,8% este ano, sendo negociadas a 2,7x o seu valor patrimonial. O preço justo de mercado aponta para R$ 11,00/ação e embute um potencial de alta de 12,2%.

A Oferta compreende (i) a distribuição pública primária de, inicialmente, 57,5 milhões de novas ações preferenciais de emissão do Banco (“Oferta Primária”); e (ii) a distribuição pública secundária de, inicialmente, 57,5 milhões de ações preferenciais de emissão do Banco e de titularidade da Caixa Participações S.A. – CAIXAPAR (“Acionista Vendedor”).

A quantidade de Ações inicialmente ofertada (Primária e Secundária, em conjunto) poderá ser acrescida de até 20% em virtude da possibilidade de colocação do Lote Adicional, ou seja, em até 23,0 milhões de ações preferenciais, das quais até 11,5 milhões de ações preferenciais emitidas pelo Banco e até 11,5 milhões de ações preferenciais alienadas pelo Acionista Vendedor (CAIXAPAR), destinadas a atender a um eventual excesso de demanda.

O preço da Oferta será definido através de Bookbuilding, tendo como parâmetro: (i) a cotação de fechamento das ações preferenciais de emissão do Banco na B3 na data de fixação do Preço por Ação; e (ii) as indicações de interesse, em função da qualidade e quantidade da demanda (por volume e preço) pelas Ações, coletadas junto a Investidores Profissionais. A fixação do preço (bookbuilding) será realizada em 19.09.2019.

Com base no fechamento da ação do Banco ontem (9/setembro) de R$ 9,80/ação, a Oferta englobaria o montante de R$ 1,127 bilhão e, considerando o lote adicional, este montante se elevaria a R$ 1,352 bilhão.


Petrobras (PETR4)
Recompra de títulos de até US$ 3 bilhões

Poucos minutos antes da abertura do pregão de ontem, a empresa anunciou o início de uma oferta para troca de sete séries de títulos antigos por novos, no valor de até US$ 3 bilhões. Os novos títulos terão vencimento em 4/1/2030, com juros de do título do Tesouro norte-americano para o prazo de dez anos acrescido de 3,22% ao ano.
• Os títulos a serem trocados têm vencimento entre maio de 2023 e fevereiro de 2029 e taxas variando de 4,375% a 8,750%;
• A Petrobras também fará uma oferta de recompra de até US$ 500 milhões para os detentores das mesmas séries de títulos;
• Estas são operações normais da Petrobras de gerenciamento da dívida, buscando alongamento de prazo e redução do custo, o que é positivo para os resultados futuros e o perfil do endividamento.


Vale (VALE3)
Agência remove observação negativa na nota de crédito

A agência de avaliação de riscos de crédito, Fitch Ratings, anunciou ontem que atribuiu “Perspectiva Estável” e removeu a Vale de sua lista de observação negativa. Isso refletiu as menores incertezas e maior visibilidade em relação aos custos de mitigação do acidente de Brumadinho.
• Porém, a Fitch em seu comunicado destaca, que riscos de ESG (ambientais, sociais e de governança na sigla em inglês) impedem uma melhor avaliação de risco da Vale;
• Naturalmente, uma avaliação como esta é positiva para a gestão do passivo da empresa, com reflexo na ação.


Se preferir, baixe em PDF:

 

 

Clique para acessar nossos Mapas Diários:

>>Mapa de Oscilações

>>Mapa de Posições Alugadas

>>Análises Gráficas e Mapas


DISCLAIMER
Este relatório foi preparado pela Planner Corretora e está sendo fornecido exclusivamente com o objetivo de informar. As informações, opiniões, estimativas e projeções referem-se à data presente e estão sujeitas à mudanças como resultado de alterações nas condições de mercado, sem aviso prévio. As informações utilizadas neste relatório foram obtidas das companhias analisadas e de fontes públicas, que acreditamos confiáveis e de boa fé. Contudo, não foram independentemente conferidas e nenhuma garantia, expressa ou implícita, é dada sobre sua exatidão. Nenhuma parte deste relatório pode ser copiada ou redistribuída sem prévio consentimento da Planner Corretora de Valores. O presente relatório se destina ao uso exclusivo do destinatário, não podendo ser, no todo ou em parte, copiado, reproduzido ou distribuído a qualquer pessoa sem a expressa autorização da Planner Corretora. As opiniões, estimativas, projeções e premissas relevantes contidas neste relatório são baseadas em julgamento do(s) analista(s) de investimento envolvido(s) na sua elaboração (“analistas de investimento”) e são, portanto, sujeitas a modificações sem aviso prévio em decorrência de alterações nas condições de mercado. Declarações dos analistas de investimento envolvidos na elaboração deste relatório nos termos do art. 21 da Instrução CVM 598/18: O(s) analista(s) de investimento declara(m) que as opiniões contidas neste relatório refletem exclusivamente suas opiniões pessoais sobre a companhia e seus valores mobiliários e foram elaboradas de forma independente e autônoma, inclusive em relação à Planner Corretora e demais empresas do Grupo.