Expectativa da volta das negociações entre China e Estados Unidos

MERCADO


Bolsa

A puxada nas ações de Petrobras e Vale, ajudaram para a valorização de 1,52% do Ibovespa que encerrou a quarta-feira aos 101.201 pontos e giro financeiro de R$ 14,6 bilhões. A B3 refletiu a alta dos preços do petróleo e a aprovação da sessão onerosa somada à recuperação das ações da Vale, que marcaram queda em julho e agosto e acumulam baixa de 8,8% no ano, até ontem. O bom humor do mercado pode ter continuidade hoje, com a expectativa da volta das negociações, marcadas para outubro, entre China e Estados Unidos para a questão comercial, o que já reflete nas bolsas internacionais nesta manhã, com alta generalizada na zona do euro e no fechamento da Ásia. Os futuros de NY também indicam alta para as bolsas.  Uma pesquisa de intenção de votos divulgada na Argentina mostra que se as eleições de outubro fossem hoje o candidato Alberto Fernandez venceria no primeiro turno com 46,1% ante 36,8% de Mauricio Macri, este é outro assunto que deve ser levado em conta para o Brasil. A agenda econômica também pode ter um peso hoje com muitos indicadores divulgados nesta manhã nos EUA, com destaque para índices de preços e desempenho da indústria em julho. No Brasil, saem ainda nesta manhã as vendas de veículos em agosto (Anfavea). Destaque para a aprovação

Câmbio

O alívio vindo do noticiário internacional aumentou o apetite ao risco contribuindo para a queda do dólar ontem de R$ 4,1612 na terça-feira para R$ 4,0936 (-1,62%).

Juros

O dia foi de queda também para os juros futuros também influenciados pela mudança no humor do lado externo. A taxa do contrato de DI para jan/21 fechou em 5,42%, de 5,499% e para jan/25 o DI passou de 7,091% para 6,99%.


ANÁLISE DE SETORES E EMPRESAS

Banco ABC Brasil S.A. (ABCB4)
Proposta vinculante de aquisição do BCG Brasil

O Banco ABC Brasil recebeu convite da Caixa Geral de Depósitos S.A. (CGD) para avaliar a apresentação de proposta vinculativa de aquisição do Banco Caixa Geral – Brasil S.A. (“BCG Brasil”), sob as mesmas condições de concorrência com as demais instituições convidadas.

Foram selecionadas e admitidas para participar desta fase do processo de alienação as seguintes instituições: (a) Artesia Gestão de Recursos S. A.; (b) Banco ABC Brasil S. A. e o (c) Banco Luso Brasileiro S. A., conforme publicado no Diário da República, Portugal, 04 de setembro de 2019.

Vamos acompanhar e procurar entender o racional de uma possível aquisição. Ao final de junho de 2019 o Banco Caixa Geral – Brasil possuía Ativos Totais de R$ 1,4 bilhão; Carteira de Crédito de R$ 286 milhões; Patrimônio Líquido de 322 milhões e Lucro Líquido de R$ 2,6 milhões.

Temos recomendação de COMPRA para ABCB4 com preço justo de R$ 24,00/ação, equivalente a um potencial de valorização de 30,2% em relação a cotação de R$ 18,43/ação (valor de mercado de R$ 4,0 bilhões). Nesse preço o banco está sendo negociado a 1,0x o seu valor patrimonial e com P/L de 8,2x para 2019.


Light S.A. (LIGT3)
Moody’s eleva rating da companhia

A Light informou ontem (4/setembro) que a agência de classificação de risco de crédito Moody’s elevou o rating na escala nacional para A2.br de A3.br e afirmou na escala internacional o rating de Ba3, mantendo ambos com a perspectiva estável.

Vemos como positivo e sinaliza relativa melhora. Ao preço de R$ 19,95/ação (valor de mercado de R$ 6,1 bilhões) as LIGT3 registram alta de 22,0% este ano. Nesse preço os múltiplos para 2019 são: P/L de 12,3x e VE/EBITDA de 7,3x. O preço justo de R$ 22,00/ação traz um potencial de alta de 10,3%.


Cemig (CMIG4)
Esclarecimento sobre notícia de captação

Em notícia veiculada pelo jornal Estado de São Paulo, em 04/09/2019, Coluna do Broadcast, constou, entre outras informações, que a Cemig Geração e Transmissão (GT) prepara-se para captar até R$ 3 bilhões no mercado de dívida local para melhorar o custo de seu passivo, o que pode envolver a recompra de parte ou do total de US$ 1 bilhão em bônus emitidos em 2017, com vencimento em 2024.

Em resposta ao ofício da B3 a Cemig informou que “está permanentemente avaliando alternativas, nos mercados nacional e internacional, para melhorar sua estrutura de capital, alongar seu perfil de endividamento e reduzir o custo da sua dívida”; e que “até o presente momento, não há qualquer deliberação no âmbito da governança corporativa da companhia de captar recursos no mercado de crédito ou de capitais com o propósito de efetuar a recompra, parcial ou total, de Eurobonds emitidos em 2017, com vencimento em 2024”.

Suas ações (CMIG4) apresentam alta de 9,4% este ano para uma cotação de R$ 14,69/ação, equivalente a um valor de mercado de R$ 21,4 bilhões. O preço justo de R$ 16,00/ação traz um potencial de alta de 8,9%.


Localiza (RENT3)
Pagamento de provento

Em reunião realizada ontem, o Conselho de administração da empresa aprovou o pagamento de juros sobre o capital próprio (JCP) no valor de R$ 74,6 milhões (R$ 0,103680691 – antes do Imposto de Renda).
• O pagamento vai ocorrer no dia 8 de novembro, com base nas posições acionárias de 9/setembro (próxima segunda-feira). A partir do dia 10/setembro, RENT3 já será negociada “ex-juros”;
• Este provento permite um retorno de 0,2% para os acionistas, considerando a cotação da ação no fechamento do pregão de ontem.


Se preferir, baixe em PDF:

 

 

Clique para acessar nossos Mapas Diários:

>>Mapa de Oscilações

>>Mapa de Posições Alugadas

>>Análises Gráficas e Mapas


DISCLAIMER
Este relatório foi preparado pela Planner Corretora e está sendo fornecido exclusivamente com o objetivo de informar. As informações, opiniões, estimativas e projeções referem-se à data presente e estão sujeitas à mudanças como resultado de alterações nas condições de mercado, sem aviso prévio. As informações utilizadas neste relatório foram obtidas das companhias analisadas e de fontes públicas, que acreditamos confiáveis e de boa fé. Contudo, não foram independentemente conferidas e nenhuma garantia, expressa ou implícita, é dada sobre sua exatidão. Nenhuma parte deste relatório pode ser copiada ou redistribuída sem prévio consentimento da Planner Corretora de Valores. O presente relatório se destina ao uso exclusivo do destinatário, não podendo ser, no todo ou em parte, copiado, reproduzido ou distribuído a qualquer pessoa sem a expressa autorização da Planner Corretora. As opiniões, estimativas, projeções e premissas relevantes contidas neste relatório são baseadas em julgamento do(s) analista(s) de investimento envolvido(s) na sua elaboração (“analistas de investimento”) e são, portanto, sujeitas a modificações sem aviso prévio em decorrência de alterações nas condições de mercado. Declarações dos analistas de investimento envolvidos na elaboração deste relatório nos termos do art. 21 da Instrução CVM 598/18: O(s) analista(s) de investimento declara(m) que as opiniões contidas neste relatório refletem exclusivamente suas opiniões pessoais sobre a companhia e seus valores mobiliários e foram elaboradas de forma independente e autônoma, inclusive em relação à Planner Corretora e demais empresas do Grupo.