Dificuldades do governo forçam a venda ​de papéis e o Ibovespa cai 1,11%

MERCADO


Bolsa
O mercado segue refém das dificuldades do governo em articular a votação do relatório da Previdência na CCJ da Câmara. Com a semana encurtada pelo feriado da sexta-feira e as incertezas dominantes, os investidores forçaram a venda de papéis e o Ibovespa caiu 1,11% aos 93.285 pontos. O giro financeiro foi de R$ 34,6 bilhões. Os investidores estrangeiros também continuam saindo do mercado, com saldo negativo de R$ 3,4 bilhões até o dia 15 Abril. Hoje começa a safra de resultados do 1T19, com a Usiminas divulgando seus resultados. A agenda econômica traz dados do exterior com destaque para as vendas no varejo nos EUA e dados de emprego. Do lado doméstico, após o recuo da semana passada a Petrobras anunciou aumento de 4,84% para o diesel. As bolsas internacionais operam com predomínio de baixa, antes do feriado prolongado, movimento que pode se estender para a B3.

Câmbio
Mais um dia de alta para o dólar, que segue influenciado pelos temores de enfraquecimento do processo de tramitação da reforma da Previdência na CCJ. A cotação da moeda americana subiu de R$ 3,9042 na véspera para R$ 3,9402 ontem (+0,92%).

 

Juros
O adiamento da votação da admissibilidade da proposta na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara para a semana que vem mexeu com os principais mercados e os juros na ponta mais longa encerraram o dia em alta, com a taxa do DI (jan/25) passando de 8,762% para 8,84%. O contrato do DI para jan/20 passou de 6,536% para 6,540%.

 

 

ANÁLISE DE SETORES E EMPRESAS

Usiminas (USIM5) 
Resultado fraco no 1T19

A Usiminas divulgou seus resultados do 1T19 nesta manhã, mostrando aumento de preços no aço e no volume vendido de minério, mas insuficientes para compensar as altas dos custos.  Com isso, a empresa apresentou uma forte redução nas margens operacionais.

  • No 1T19, a Usiminas obteve um lucro líquido de R$ 47 milhões (R$ 0,04 por ação), que foi 66,6% menor que no mesmo trimestre do ano passado e 86,8% inferior ao 4T18;
  • Uma boa notícia nos últimos balanços da Usiminas tem sido a redução do endividamento. A dívida líquida ao final do 1T19 era de R$ 3,7 bilhões, que caiu 10,5% no trimestre.

Petrobras (PETR4)  
Reajuste no preço do diesel

A empresa informou na noite de ontem que decidiu reajustar os preços do diesel na refinaria em R$ 0,10 por litro, a partir de hoje (18/abril).

  • Este reajuste é equivalente a 4,5% do preço máximo vendido no Brasil e 5,1% em relação ao mínimo. Considerando o preço médio, citado no site da Petrobras, o aumento é de 4,8%;
  •  Esta é uma boa notícia, muito mais que pelo simples aumento, mas por encerrar uma polêmica iniciada na última quinta-feira (11/4), quando a empresa cancelou à noite um aumento de 5,7% decidido durante a tarde.

Banco ABC Brasil S.A. (ABCB4) 
BC homologa aumento de capital de R$ 95,6 milhões

O Banco Central do Brasil homologou dia 12 de abril de 2019, o aumento de capital do banco no valor de R$ R$ 95,6 milhões para R$ R$ 2.565,9 milhões, nos termos das deliberações do Conselho de Administração de 21 de dezembro de 2018 e de 13 de março de 2019. Desta forma, o capital social do Banco ABC Brasil será representado por 218.359.057 ações sendo 109.496.432 ações ordinárias (ON) e 108.862.625 ações preferenciais (PN).

  • Lembrando que o presente aumento de capital foi de 3,4225% ao preço de R$ 13,2268/ação. A Basileia do banco, de 17,2% em dez/18, deve elevar-se a 17,5% (valor estimado que não inclui o lucro nem a variação dos ativos ponderados pelo risco, do 1T19).
  • Ontem (17/abril) as ações do banco estavam cotadas a R$ 18,80/ação, correspondente a um valor de mercado de R$ 4,1 bilhões, considerando o número total de ações após homologação. Nesse preço as ações ABCB4 registram alta de 15,8% este ano, sendo negociadas a 1,1x o valor patrimonial e com P/L de 8,4x para 2019. Temos recomendação de compra e preço justo de R$ 24,00/ação.

Sanepar (SAPR11)
Conselho aprova Programa de Aposentadoria Incentivada – PAI

O Conselho de Administração da Companhia de Saneamento do Paraná – Sanepar, em reunião realizada no dia 16 de abril de 2019, aprovou a proposta de implantação do Programa de Aposentadoria Incentivada – PAI. Não temos ainda nenhum dado do alcance do programa, que ainda será objeto de trâmites administrativos para efetiva implementação, mas vemos como uma ação que deve impactar positivamente o resultado, por tratar-se de um programa já implantado com sucesso nos dois exercícios anteriores, e com retorno em menos de 1 ano.

  • Lembrando que a Sanepar instituiu em jan/17, set/17 e fev/18, os Programas de Aposentadoria Incentiva – PAI e Programas de Demissão Voluntária com Transmissão de Conhecimento – PDVTC, resultando na redução de 4,5% do quadro funcional efetivo, passando de 7.417 empregados no 3T17 para 7.038 empregados no 3T18.
  • Em adição, em junho de 2018, extinguiu 44 cargos de consultor estratégico, com demissão de 41 cargos ocupados que representavam um custo mensal de R$ 1,0 milhão.
  • Temos recomendação de compra para SAPR11 com preço justo de R$ 97,00/Unit, que quando comparado à cotação de fechamento de ontem de R$ 81,27/Unit, oferece um potencial de alta de 19,4%.

 


Copel Energia S.A. (CPLE6) 
Conselho aprova estudos sobre potencial alienação – Copel Telecom

Ontem (17/abril) o Conselho de Administração da Copel S.A. deliberou, por unanimidade, aprovar a continuidade dos estudos sobre potencial alienação do controle da Copel Telecomunicações S.A.

  • Esta venda faz parte da estratégia da Copel em se concentrar em seus principais ativos. Este ano as CPLE6 registram alta de 20,1% para uma cotação de R$ 36,70/ação, correspondente a um valor de mercado de R$ 10,0 bilhões. Os múltiplos para 2019 são: P/L de 7,0x e VE/EBITDA de 5,0x. O preço justo de R$ 40,00/ação traz um potencial de alta de 9,0% para suas ações.
  • Principais indicadores financeiros da Copel Telecomunicações. Em 2018 a Copel Telecom registrou Receita Operacional Líquida de R$ 421,4 milhões, EBITDA de R$ 110,4 milhões e um Lucro Líquido de R$ 24,4 milhões. Ao final de dez/18 sua divida líquida era de R$ 410,3 milhões, equivalente a 3,7x o EBITDA. Nesta mesma base de comparação o Patrimônio Líquido da Telecom somava R$ 638,9 milhões.

ENGIE Brasil Energia (EGIE3)
Conselho aprova 8ª emissão de debêntures

O conselho de administração da Engie Brasil Energia aprovou a 8ª emissão de debêntures simples, não conversíveis em ações, em série única, da espécie quirografária, no valor de R$ 2,5 bilhões, a ser distribuída publicamente com esforços restritos.

  • Os recursos serão destinados à formação de capital de giro para financiar a implementação do plano de negócios da companhia. O vencimento final das debêntures ocorrerá em 18 meses. As debêntures terão remuneração de 102,50% do CDI.

Ser Educacional (SEER3)
Aquisição da UniNorte por R$ 194,8 milhões

A Ser Educacional informou ontem (17) que por meio de sua subsidiária Centro Nacional de Ensino Superior Ltda. (CENESUP) acordou adquirir 100% do capital social da SODECAM – Sociedade de Desenvolvimento Cultural do Amazonas Ltda., mantenedora do Centro Universitário do Norte (UniNorte), com sede em Manaus-AM. A Ser Educacional pagará, na data de fechamento da transação, o valor de R$ 194,814 milhões, do qual será deduzido o endividamento líquido de R$ 9,814 milhões.

  • A aquisição seguiu em linha com a estratégia da Ser de buscar relevância nas regiões Norte e Nordeste.
  • Ontem a ação SEER3 encerrou cotada a R$ 20,30 acumulando valorização de 30,5% em 2019. O valor de mercado atual da companhia é R$ 2,6 bilhões e possuímos recomendação de COMPRA para a ação com preço justo de R$ 24,80, cujo potencial de valorização é de 22,1%.

Telefônica Brasil (VIVT4)
Aprovação de JCP no valor bruto de R$ 0,34821189476 por ação preferencial e R$ 0,31655626796 por ordinária. Acionistas com direito até 30/04

  • Terão direito ao provento os acionistas com posição até 30 de abril
  • O pagamento será realizado até o final do exercício social de 2020.

Ontem a ação VIVT3 encerrou cotada a R$ 40,67 e a VIVT4 a R$ 48,50.  Com base nestas cotações os retornos são de 0,78% para a ON e 0,72% para a PN.


Se preferir, baixe em PDF:

 

 

Clique para acessar nossos Mapas Diários:

Mapa de Oscilações

Mapa de Posições Alugadas

Clique para acessar nossas Análises Gráficas:

Análises Gráficas


DISCLAIMER
Este relatório foi preparado pela Planner Corretora e está sendo fornecido exclusivamente com o objetivo de informar. As informações, opiniões, estimativas e projeções referem-se à data presente e estão sujeitas à mudanças como resultado de alterações nas condições de mercado, sem aviso prévio. As informações utilizadas neste relatório foram obtidas das companhias analisadas e de fontes públicas, que acreditamos confiáveis e de boa fé. Contudo, não foram independentemente conferidas e nenhuma garantia, expressa ou implícita, é dada sobre sua exatidão. Nenhuma parte deste relatório pode ser copiada ou redistribuída sem prévio consentimento da Planner Corretora de Valores. O presente relatório se destina ao uso exclusivo do destinatário, não podendo ser, no todo ou em parte, copiado, reproduzido ou distribuído a qualquer pessoa sem a expressa autorização da Planner Corretora. As opiniões, estimativas, projeções e premissas relevantes contidas neste relatório são baseadas em julgamento do(s) analista(s) de investimento envolvido(s) na sua elaboração (“analistas de investimento”) e são, portanto, sujeitas a modificações sem aviso prévio em decorrência de alterações nas condições de mercado. Declarações dos analistas de investimento envolvidos na elaboração deste relatório nos termos do art. 21 da Instrução CVM 598/18: O(s) analista(s) de investimento declara(m) que as opiniões contidas neste relatório refletem exclusivamente suas opiniões pessoais sobre a companhia e seus valores mobiliários e foram elaboradas de forma independente e autônoma, inclusive em relação à Planner Corretora e demais empresas do Grupo.