Ibovespa marca alta de 1,34% aos 94,333 pontos

MERCADO


Bolsa
Mesmo com o ambiente doméstico ainda afetado pela questão sobre o reajuste de preços do diesel e expectativa em relação aos próximos passos da reforma da Previdência, o Ibovespa marcou alta de 1,34% aos 94,333 pontos. O giro financeiro foi de R$ 14,1 bilhões. Hoje a agenda econômica traz a 2ª prévia do IGP-M com alta de 0,78% e o IPC-Fipe semanal com alta de 0,42% . No exterior, destaque para o aumento da balança comercial de abril na zona do euro e dados a serem divulgados ainda nesta manhã nos EUA. Na China, o anúncio de possíveis medidas de estímulo ao consumo ajudou as bolsas locais e puxam também os mercados da zona do euro.  O plano da China prevê subsídios para o setor automotivo com o uso de novas tecnologias em energia, smartphones, eletrônicos, etc.

 

Câmbio
O dólar voltou a subir ontem, fechando a R$ 3,9042 com alta de 0,84% sobre R$ 3,8717 na segunda-feira. Os investidores seguem cautelosos em relação aos assuntos domésticos.

 

Juros
As taxas de juros futuros seguem com pouca variação no curto prazo, descoladas dos assuntos políticos. No fim da sessão regular, a taxa do contrato de Depósito Interfinanceiro (DI) para jan/20 estava estável em 6,53%. Na ponta mais longa a taxa do DI para jan/25 subiu de 8,732% para 8,76%.

 

ANÁLISE DE SETORES E EMPRESAS

Cyrela (CYRE3) 
Lançamentos somam R$ 547 milhões no 1T19, alta de 26,9% sobre o 1T18

A Cyrela divulgou sua prévia operacional do 1T19 com lançamentos totais de R$ 547 milhões, aumento de 25,9% sobre os R$ 434 milhões realizados no 1T18. As vendas líquidas totais contatadas no 1T19 somaram R$ 1,04 bilhão, valor 70,3% superior ao registrado no 1T18 (R$ 613 milhões). Houve também melhora na velocidade de vendas.

Ontem a ação CYRE3 encerrou cotada a R$ 15,65 com valorização de 1,2% no ano. O valor de mercado da empresa é de R$ 6,0 bilhões.


Vale (VALE3)  
Retomada na produção da mina de Brucutu

Ontem, após pregão, a empresa informou que o Tribunal de Justiça de Minas Gerais proferiu decisão liminar, que possibilita a retomada integral das operações da mina de Brucutu em até 72 horas.

  • No entanto, a Vale informou que as fortes chuvas ocorridas em março e abril, impactaram negativamente os embarques de minério de ferro realizados em seu terminal de Ponta da Madeira (São Luís – MA), além do transporte ferroviário na Estrada de Ferro Carajás –EFC;
  • Estes dois eventos, um positivo e outro negativo, mantiveram o guidance de vendas de minério e pelotas dado para este ano, entre 307 milhões de t. e 332 milhões de t.  A Vale espera ainda que as vendas fiquem no centro da meta.  Considerando o exato número médio da meta (319,5 milhões de t.), as vendas ficariam 12,6% abaixo das verificadas no ano passado.

Randon (RAPT4) 
Joint venture em implementos rodoviários

A empresa informou ontem, após o pregão, que vai constituir uma joint venture com Triel-HT Industrial e Participações, para a produção de implementos rodoviários.

  • O investimento individual das sócias será de R$ 16,4 milhões, com a unidade sendo instalada em Erechim – RS;
  • Esta é uma boa notícia para a Randon, que avança em implementos rodoviários onde ela é a maior produtora nacional, com 35,9% do mercado no 4T18.

Petrobras Distribuidora (BRDT3)
Venda de suas ações

Nos últimos dias, a imprensa tem noticiado que a Petrobras venderá uma parte de sua participação na Petrobras (BR) Distribuidora.
• Hoje, a imprensa noticiou que o grupo de bancos que vai realizar a oferta já está constituído. Não existe a informação de qual o volume de ações que será vendido, mas já circularam informações sobre a negociação de 30% das ações detidas pela Petrobras;
• Para o acionista de BRDT3, vemos como positiva no longo prazo a realização desta venda, por aumentar significativamente a liquidez. No curto prazo, uma grande venda como esta pode limitar a valorização da ação.

 


Multiplan (MULT3) 
Lançamento de seu 20% shopping center no Rio de Janeiro com investimento estimado de R$ 550 milhões

A companhia anuncia o lançamento de seu 20% shopping, o ParkJacarepaguá, na zona oeste do Rio de Janeiro.

  • Previsão de inauguração: maio de 2020
  • Investimento bruto estimado: R$ 550 milhões

Ontem a ação MULT3 encerrou cotada a R$ 22,24 acumulando queda de 8,1% no ano. O valor de mercado da empresa é de R$ 13,2 bilhões.


Klabin (KLBN113)
Expansão de capacidade: Projeto Puma II

A Klabin comunicou ontem (16), que por meio de seu Conselho de Administração, aprovou a projeto que expande sua capacidade no segmento de papéis para embalagem, denominado Projeto Puma II, cujo investimento bruto orçado é de R$ 9,1 bilhões, a ser desembolsado entre os anos de 2019 e 2023.
O financiamento do projeto dar-se-á pelo caixa da própria companhia (~R$ 7,1 bilhões) e pela geração de caixa proveniente dos negócios correntes, podendo ser complementado com financiamentos.
A companhia espera sinergias operacionais nas áreas florestais e logísticas, além da otimização da produção em suas demais unidades.
A companhia fará hoje (17) às 11:00 am (Horário de Brasília) uma teleconferência sobre o anúncio do Projeto Puma II, referente à expansão de capacidade no segmento de papéis para embalagem.

  • Projeto Puma II
  • Projeto: Construção de duas máquinas de papel, com produção de celulose integrada;
  • Localização: Unidade industrial da Klabin no município de Ortigueira/PR;
  • Capacidade total das máquinas: 920 mil toneladas anuais de papéis Kraftliner (Puma já opera a produção de celulose branqueada (fibra curta, fibra longa e fluff), e continuará abastecendo os mercados interno e externo com capacidade anual de 1,6 milhão de toneladas);
    • Cronograma (duração): 24 meses para cada etapa, sendo que o início da construção da segunda etapa será logo após o término da primeira;
    • Startup: Previstos para o segundo trimestre de 2021 para a primeira máquina e o segundo trimestre de 2023 para a segunda máquina.

Ontem a unit da Klabin (KLBN11: 1ON + 4 PN’s) encerrou cotada a R$ 15,99 acumulando modesta valorização de 0,8% em 2019, enquanto o Ibovespa acumula alta de 7,3%. O valor de mercado atual da companhia é de 18,1 bilhões e suas units estão sendo negociadas a 2,68x o valor patrimonial.


Carrefour Brasil (CRFB3)
Aprovação de reserva de investimentos de R$ 1,1 bilhão e distribuição de JCP de R$ 90 milhões equivalente a R$ 0,045374799 por ação.

  • Terão direito os acionistas com posição em 21 de maio, com as ações ficando ex-juros a partir de 22 de maio.
  • O pagamento ocorrerá no dia 14 de junho de 2019.

Ontem a ação CRFB3 encerrou cotada a R$ 20,00 acumulando alta de 10,6% no ano. Com base nesta cotação, o retorno para os acionistas é de 0,23%.


Se preferir, baixe em PDF:

 

 

Clique para acessar nossos Mapas Diários:

Mapa de Oscilações

Mapa de Posições Alugadas

Clique para acessar nossas Análises Gráficas:

Análises Gráficas


DISCLAIMER
Este relatório foi preparado pela Planner Corretora e está sendo fornecido exclusivamente com o objetivo de informar. As informações, opiniões, estimativas e projeções referem-se à data presente e estão sujeitas à mudanças como resultado de alterações nas condições de mercado, sem aviso prévio. As informações utilizadas neste relatório foram obtidas das companhias analisadas e de fontes públicas, que acreditamos confiáveis e de boa fé. Contudo, não foram independentemente conferidas e nenhuma garantia, expressa ou implícita, é dada sobre sua exatidão. Nenhuma parte deste relatório pode ser copiada ou redistribuída sem prévio consentimento da Planner Corretora de Valores. O presente relatório se destina ao uso exclusivo do destinatário, não podendo ser, no todo ou em parte, copiado, reproduzido ou distribuído a qualquer pessoa sem a expressa autorização da Planner Corretora. As opiniões, estimativas, projeções e premissas relevantes contidas neste relatório são baseadas em julgamento do(s) analista(s) de investimento envolvido(s) na sua elaboração (“analistas de investimento”) e são, portanto, sujeitas a modificações sem aviso prévio em decorrência de alterações nas condições de mercado. Declarações dos analistas de investimento envolvidos na elaboração deste relatório nos termos do art. 21 da Instrução CVM 598/18: O(s) analista(s) de investimento declara(m) que as opiniões contidas neste relatório refletem exclusivamente suas opiniões pessoais sobre a companhia e seus valores mobiliários e foram elaboradas de forma independente e autônoma, inclusive em relação à Planner Corretora e demais empresas do Grupo.