CCR – Relatório de Análise

Nova estrutura de governança e boas possibilidades de investimentos

Atualizamos nossas projeções da CCR, mas mantivemos a recomendação de Compra para a ação.  Elevamos o Preço Justo de CCRO3 para R$ 14,50, vindo de R$ 13,00.  Em reunião nesta semana com analistas, a empresa mostrou um grande leque de possibilidades de investimento, o que é muito importante tendo em vista o vencimento de grandes concessões nos próximos anos.  Vale destacar que desde sua abertura de capital (2003), a CCR tem adquirido regularmente novas concessões.  Além disso, a empresa apresentou sua nova estrutura de gestão, com ênfase no fortalecimento da governança, um aspecto que prejudicou muito as ações.  É importante lembrar que desde o final de 2016, CCRO3 caiu 12,7%, enquanto o Ibovespa teve alta de 57,3%.

  • Novos investimentos:  A aquisição de novas concessões é fundamental para uma empresa do setor evitar o “envelhecimento” do seu portfólio de investimentos.  Nos próximos meses devem ocorrer muitas oportunidades, principalmente em São Paulo, maior mercado da CCR;
  • Governança: A CCR foi envolvida em denúncias no âmbito da Operação Lava Jato no início de 2017.  Isso impactou significativamente a empresa, sendo que as perdas derivadas destas denúncias foram provisionadas no balanço de 2018, somando R$ 903 milhões.  Além das perdas nos resultados, as ações da empresa sofreram bastante.  Em 2017 e 2018, CCRO3 caiu 23,3%, enquanto o Ibovespa teve uma valorização de 46,1%.  Esta queda pode ser explicada em grande parte pelos riscos advindos das denúncias citadas;
  • Eixo suspenso: A negociação com a Agência de Transporte do Estado de São Paulo (Artesp) para o reequilíbrio dos contratos, está caminhando para uma compensação por aumento de prazo nas concessões e não com a elevação da tarifa.  A suspensão na cobrança do eixo suspenso nas concessões estaduais foi determinada durante a Greve dos Caminhoneiros no ano passado;
  • Endividamento cresceu em 2018: As concessionárias normalmente têm dívidas grandes, fazendo com que a evolução das taxas de juros seja fundamental para a formação dos seus resultados.  Dessa forma, os números da CCR foram beneficiados pela queda nas taxas de juros brasileiras nos últimos dois anos.   A dívida bruta da CCR cresceu abaixo da taxa de juros (0,7%) em 2018, mas a forte queda no montante do caixa (37,5%) determinou a uma elevação expressiva da dívida líquida.  A redução no caixa ocorreu pela queda no EBITDA e menor volume de captações.

Clique para acessar:

DISCLAIMER
Este relatório foi preparado pela Planner Corretora e está sendo fornecido exclusivamente com o objetivo de informar. As informações, opiniões, estimativas e projeções referem-se à data presente e estão sujeitas à mudanças como resultado de alterações nas condições de mercado, sem aviso prévio. As informações utilizadas neste relatório foram obtidas das companhias analisadas e de fontes públicas, que acreditamos confiáveis e de boa fé. Contudo, não foram independentemente conferidas e nenhuma garantia, expressa ou implícita, é dada sobre sua exatidão. Nenhuma parte deste relatório pode ser copiada ou redistribuída sem prévio consentimento da Planner Corretora de Valores. O presente relatório se destina ao uso exclusivo do destinatário, não podendo ser, no todo ou em parte, copiado, reproduzido ou distribuído a qualquer pessoa sem a expressa autorização da Planner Corretora.

As opiniões, estimativas, projeções e premissas relevantes contidas neste relatório são baseadas em julgamento do(s) analista(s) de investimento envolvido(s) na sua elaboração (“analistas de investimento”) e são, portanto, sujeitas a modificações sem aviso prévio em decorrência de alterações nas condições de mercado.
Declarações dos analistas de investimento envolvidos na elaboração deste relatório nos termos do art. 21 da Instrução CVM 598/18:
O(s) analista(s) de investimento declara(m) que as opiniões contidas neste relatório refletem exclusivamente suas opiniões pessoais sobre a companhia e seus valores mobiliários e foram elaboradas de forma independente e autônoma, inclusive em relação à Planner Corretora e demais empresas do Grupo.

[/fusion_text][/fusion_builder_column][/fusion_builder_row][/fusion_builder_container]