Dúvidas quanto ao ritmo da economia americana pressionam mercados

As principais notícias do mercado estão aqui, para você começar o dia bem informado.

MERCADO


Bolsa
Nesta segunda-feira (17/dez) o volume financeiro na B3 somou R$ 17,9 bilhões, incluindo os R$ 6,1 bilhões movimentados no exercício de opções sobre ações. O Ibovespa ensaiou uma alta, mas o desempenho negativo nas bolsas da Europa e Estados Unidos pesou do lado doméstico. As dúvidas quanto ao ritmo da economia americana às vésperas da reunião de política monetária do Federal Reserve, trouxeram pressão nos mercados com o Ibovespa cedendo 1,20% aos 86.400 pontos. A agenda econômica de hoje trouxe o IPC-Fipe semanal até 15/dez em 0,05% ante 0,15% da leitura anterior. A 2ª prévia do IGP-M de dezembro marcou deflação de 1,15% e se compara a -0,35% da leitura anterior. O BC divulga a Ata do Copom que manteve a Selic em 6,50% ao ano. Nos EUA o índice de Construção de casas novas de novembro. Há pouco os futuros apontavam leve alta em NY. Bolsas na Ásia fecharam em queda e operavam em baixa na Europa.

Câmbio
A semana abriu com volatilidade, refletindo a cautela com o avanço da agenda de reformas no Brasil e os desdobramentos da economia mundial. Ao final a moeda americana no mercado â vista era negociada em baixa de 0,19% a R$ 3,8993. No Boletim Focus, divulgado ontem pela manhã, os economistas elevaram a estimativa para o dólar no fim do ano, de R$ 3,78 para R$ 3,83. O principal evento da semana é a decisão de política monetária do Federal Reserve.

Juros

Os juros futuros fecharam em leve queda com alívio do dólar. O DI janeiro/2021, por exemplo, passou de 7,50%, no ajuste anterior, para 7,46%. Ao fim da sessão regular, o DI janeiro/2020 terminou com taxa de 6,59% (de 6,59% no ajuste anterior), o DI janeiro/2021 a 7,46% (de 7,50% no ajuste anterior) e o DI janeiro/2025 fechou a 9,44% (de 9,45% no ajuste anterior).

ANÁLISE DE SETORES E EMPRESAS


MRV Engenharia (MRVE3)
Acionistas receberão ações da Log Coml. Properties em 20/12

·         No dia 20 de dezembro a MRV vai entregar as ações da Log Commercial Properties e Participações para seus acionistas. O código de bolsa da ação será LOGG3.

 

·         Os detentores de cada ação da MRV receberão ações da Log na razão de 0,0721 para cada ação MRVE3 detida na próxima quinta-feira (20).

 

·         No dia 21, as ações da MRV passam a ser negociadas ex-cisão, na proporção de 83,71% do preço de fechamento do dia 20. Portanto a ação estará ajustada para o evento.


Carrefour (CRFB3)
Aprovação de emissão de R$ 900 milhões em debêntures  

O conselho de administração do Carrefour Brasil aprovou em reunião realizada no início de dezembro, os termos e condições da segunda emissão de debêntures simples no montante total de R$ 900 milhões.

·         Remuneração: As debêntures da primeira série terão juros remuneratórios correspondentes à 100,75% da variação acumulada da taxa média diária de juros dos DI, e as da segunda série, de 102,30%;

·         Destinação dos Recursos: Os recursos líquidos captados por meio da emissão serão utilizados para alongamento do perfil de dívida, reforço de capital de giro da companhia e gestão de seus negócios.


Arezzo (ARZZ3)
 Aprovação de pagamento de JCP de R$ 0,2309 por ação. Ex  JCP em 26/12

A Arezzo aprovou o pagamento de Juros sobre Capital Próprio (JCP) no valor bruto de R$ 0,2309 por ação ON, equivalente a R$ 20,847 milhões.

·         Acionistas com direito até o dia 21/12, sexta-feira. Ações “ex” no dia 26/12;

·         O crédito será feito aos acionistas no dia 15 de janeiro;

·         A ação ARZZ3 encerrou ontem cotada a R$ 51,48 acumulando desvalorização de 3,7% no ano. Com base nesta cotação o retorno para os acionistas será de 0,45%.


Guararapes (GUAR4)
Aprovação de JCP de R$ 0,0474/ação, “ex” em 20/1Aprovação de pagamento de JCP de R$ 2,90 por ação PN e de R$ 2,64 por ação ON

·         Valor bruto do JCP: R$ 173,050 milhões;

·         JCP por ação: Valores brutos de R$ 2,6412 por ação ON e de R$ 2,9053 por ação PN.

·         O pagamento será realizado com base na posição acionária do dia 20 de dezembro. A partir do dia 21, as ações passam a ser negociadas ex-juros;

·         A data do pagamento será definida na Assembleia Geral Ordinária (AGO) de 2019.

Ontem a ação GUAR3 e GUAR4 encerrou cotadas a R$ 165,00 (ON) e a R$ 160,44 acumulando alta de 11,8% e de 16,9% no ano, respectivamente. Com base nesta cotação o retorno para os acionistas será de 1,60% para as ONs e de 1,81% para as PNs.


Ânima Educação (ANIM3)
Conclusão da transação com a Faculdade de Divinópolis

A Ânima informou a conclusão da transação que envolve a aquisição da Faculdade de Divinópolis (Faced), cuja sede se dá na cidade de Divinópolis, no Estado de Minas Gerais.

  • Valor total da aquisição: R$ 5,50 milhões;
  • Forma de pagamento: Em cinco anos, com uma entrada de R$ 2,80 milhões, a ser paga na data do fechamento da operação, uma primeira parcela no valor de R$ 300,00 mil, 12 meses após o fechamento a mais 4 prestações anuais no valor de R$ 600,00 mil, a serem todas corrigidas pelo IPCA.
  • A conclusão da operação tem a data de fechamento prevista para 01 de janeiro de 2019.

Segundo a Ânima, a transação intensifica o processo de crescimento orgânico da Una Divinópolis, fortalecendo nossa posição competitiva na cidade com relevante incremento na oferta de vagas. Além disso, a integração da Faced com a Una possibilita a captura de sinergias, com adicionais do curso de Direito e a complementariedade de portfólios, especialmente pelo curso de Psicologia, permitindo ganhos de escala e possibilitando a aceleração do processo de expansão da marca na região.

A ação ANIM3 encerrou cotada a R$ 16,51 acumulando desvalorização de 41,0%. Ao valor de mercado de R$ 1,3 bilhão suas ações estão sendo negociadas a 1,87x o valor patrimonial.


Taesa (TAEE11)
Aquisição de linhas de transmissão junto a J&F por R$ 942,5 milhões

Ontem (17/dez) a Taesa celebrou um Contrato de Compra e Venda de Participações e Outras Avenças com a Âmbar Energia Ltda. e o Fundo de Investimento em Participações Multiestratégia Milão, para a aquisição, pela companhia, de: (i) 100% das ações representativas do capital total e votante da São João Transmissora de Energia S.A. (SJT) e da São Pedro Transmissora de Energia S.A. (SPT); e (ii) 51% das ações representativas do capital total e votante da Triangulo Mineiro Transmissora de Energia S.A. (TMT) e da Vale do São Bartolomeu Transmissora de Energia S.A. (VSB).

  • Pela aquisição, a companhia pagará o valor de R$ 942,5 milhões (data base: 31/dez/18), sujeito a correção pela variação do CDI desde a data base até a data de fechamento da operação.
  • Suas units fecharam cotadas a R$ 23,60 (valor de mercado de R$ 8,1 bilhões) com alta de 24,0% este ano. O preço justo de R$ 25,00/unit traz um potencial de alta de 5,9%.

CSN (CSNA)
Emissão de debêntures

O Conselho de Administração da CSN aprovou ontem a emissão de debêntures não conversíveis no valor total de R$ 2 bilhões.  Esta emissão está sendo feita no âmbito da renegociação de dívidas da empresa com a Caixa Econômica Federal.

  • Os juros serão de 126,8% das taxas médias diárias dos DI;
  • As debêntures serão amortizadas em dezesseis parcelas trimestrais (março, junho, setembro e dezembro), com a primeira vencendo em 26 de março de 2020;
  • A divulgação dos acertos com a Caixa Econômica Federal é uma boa notícia para CSN, já que este era o último dos grandes bancos com o qual a empresa necessitava renegociar sua dívida.

Movida (MOVI3)
Pagamento de JCP

A Movida vai pagar juros sobre o capital próprio no valor total bruto de R$ 37,9 milhões (R$ 0,14439987 por ação), totalizando R$ 75 milhões (R$ 0,35/ação) relativo ao exercício de 2018.
• O pagamento será realizado no dia 5 de abril de 2019 com base nas posições acionárias de 20 de dezembro (próxima quinta-feira);
• Este provento permite um retorno bruto de 1,9% para os acionistas, considerando a última cotação de MOVI3.


Se preferir, baixe o Boletim Diário em pdf:

Baixar PDF

Clique para acessar nossos Mapas Diários:

Mapa de Oscilações

Mapa de Posições Alugadas

Clique para acessar nossas Análises Gráficas:

Análises Gráficas


DISCLAIMER
Este relatório foi preparado pela Planner Corretora e está sendo fornecido exclusivamente com o objetivo de informar. As informações, opiniões, estimativas e projeções referem-se à data presente e estão sujeitas à mudanças como resultado de alterações nas condições de mercado, sem aviso prévio. As informações utilizadas neste relatório foram obtidas das companhias analisadas e de fontes públicas, que acreditamos confiáveis e de boa fé. Contudo, não foram independentemente conferidas e nenhuma garantia, expressa ou implícita, é dada sobre sua exatidão. Nenhuma parte deste relatório pode ser copiada ou redistribuída sem prévio consentimento da Planner Corretora de Valores. O presente relatório se destina ao uso exclusivo do destinatário, não podendo ser, no todo ou em parte, copiado, reproduzido ou distribuído a qualquer pessoa sem a expressa autorização da Planner Corretora. As opiniões, estimativas, projeções e premissas relevantes contidas neste relatório são baseadas em julgamento do(s) analista(s) de investimento envolvido(s) na sua elaboração (“analistas de investimento”) e são, portanto, sujeitas a modificações sem aviso prévio em decorrência de alterações nas condições de mercado. Declarações dos analistas de investimento envolvidos na elaboração deste relatório nos termos do art. 21 da Instrução CVM 598/18: O(s) analista(s) de investimento declara(m) que as opiniões contidas neste relatório refletem exclusivamente suas opiniões pessoais sobre a companhia e seus valores mobiliários e foram elaboradas de forma independente e autônoma, inclusive em relação à Planner Corretora e demais empresas do Grupo.