Boletim Diário – 24 de Outubro 2018

MERCADO

Bolsa
O Ibovespa chegou a pesar durante a parte da manhã, influenciado pelo mercado internacional, mas no fechamento a queda foi amenizada, ficando em 0,35% de baixa, aos 85.300 pontos. O giro financeiro foi de R$ 11,0 bilhões, abaixo de pregões anteriores. É importante ressaltar que a bolsa tem se segurado mesmo com a saída de capital estrangeiro em pregões recentes. Com início da safra de resultados do 3T18, nesta quarta-feira o Ibovespa deverá sofrer a influência da qualidade destes números. A agenda econômica desta quarta-feira tem como destaque a divulgação do Livro Bege, pelo Federal Reserve, com avaliações sobre a situação econômica dos EUA e dados do setor imobiliário.  Na zona do euro, o resultado do índice de gerentes de compras (PMI em inglês) (outubro) que mede a atividade nos setores industrial e de serviços mostrou queda, marcando o menor nível em 25 meses. No Brasil, a divulgação de mais uma pesquisa com pouca variação e ainda com boa vantagem de Jair Bolsonaro (PSL) à frente de Fernando Haddad (PT), não deve mexer muito com o mercado.  As bolsas internacionais mostram alta na Europa e queda nos futuros de NY.

Câmbio
Com o ambiente ruim do lado externo, a moeda americana voltou a subir em relação ao real, (+0,36% no fechamento) cotada a R$ 3,7013. Com o noticiário externo mostrando problemas diversos nos EUA, Europa e China, abre-se espaço para mais movimentos de volatilidade no câmbio.

Juros
Os juros futuros de curto prazo seguem a trajetória de queda dos últimos dias, com a taxa do contrato de Depósito Interfinanceiro (DI) para jan/20 fechando a 7,39%, de 7,443% na véspera. Na ponta mais longa o DI para jan/25 passou de em 9,97%, para 9,942%.



ANÁLISE DE SETORES E EMPRESAS

Weg (WEGE3)
Um bom resultado no 3T18

Os resultados da Weg no 3T18, divulgados hoje, mostraram um forte aumento de receitas e do resultado final, mas o incremento dos custos e despesas operacionais, além de um baixo ganho financeiro, limitaram uma expansão ainda maior do lucro.

  • O lucro líquido no trimestre foi de R$ 381 milhões (R$ 0,18 por ação), valor 13,3% maior que no 2T18 e 21,9% superior ao verificado no 3T17;
  • As ações da Weg estão sendo negociadas com um indicador Preço/Lucro de 30,0x para 2018 e 25,3x em 2019, considerando as expectativas do mercado (Bloomberg).  O Preço Justo médio é de R$ 18,19/ação, indicando um potencial de baixa em 5%;
  • Neste ano, WEGE3 subiu 5,1% e o Ibovespa teve uma valorização de 11,6%.

Fibria (FIBR3)
Bons resultados no 3T18 dada a eficiência operacional

A ação FIBR3 encerrou ontem cotada a R$ 72,23 acumulando desvalorização de 52,0% em 2018. O valor de mercado atual da companhia é de R$ 40,0 bilhões e a ação está sendo negociada a 2,66x o valor patrimonial. Possuímos recomendação de Compra para FIBR3 com preço justo de R$ 72,00/ação.

A Fibria reportou bons resultados no 3T18, com aumento de receita, EBITDA ajustado recorde e ganhos de margem, que levou a companhia a reportar lucro líquido de R$ 1,1 bilhão no período e redução do índice de alavancagem financeira a níveis históricos.

Resumo 3T18:

  • Receita líquida: R$ 5,8 bilhões;
  • EBITDA ajustado: R$ 3,3 bilhões, margem de 63%;
  • Lucro Líquido: R$ 1,1 bilhão;
  • Dívida Líquida: R$ 12,7 bilhões;
  • Dívida Líquida/EBIDA UDM (R$): 1,33x.

Cyrela (CYRE3)
Aprovação de dividendo de R$ 1,00 por ação, ficando “ex” no dia 26/10

A Cyrela vai pagar dividendos intermediários no valor total de R$ 120 milhões, ou R$ 1,002811114 por ação.

  • Acionistas com direito até 25/outubro. Ex em 26/10
  • Ontem a ação CYRE3 encerrou cotada a R$ 13,60 acumulando valorização de  7,0% no ano. Com base nesta cotação o retorno para os acionistas será de 7,35%.

Eletrobras (ELET3, ELET6)
Alteração de data do leilão da Amazonas Energia para 27/nov

  • Lançamento da fase inicial de seu projeto de Omnichannel, que integra os canais de vendas online e offline.
  • O modelo piloto do projeto está sendo implementado em dez lojas da rede com previsão de cobrir a maioria das lojas da Marisa até 2019.
  • No 1S18, a empresa apresentou prejuízo de R$ 78,1 milhões.
  • A ação AMAR3 encerrou ontem cotada a R$ 4,78 acumulando queda de 34,1%. O valor de mercado da companhia é de R$ 975,5 milhões.

Clique para acessar o Boletim Diário Completo:

Boletim Diário – PDF

Clique para acessar nossos Mapas Diários:

Mapa de Oscilações


Mapa de Posições Alugadas


Clique para acessar nossas Análises Gráficas:

Análises Gráficas




DISCLAIMER
Este relatório foi preparado pela Planner Corretora e está sendo fornecido exclusivamente com o objetivo de informar. As informações, opiniões, estimativas e projeções referem-se à data presente e estão sujeitas à mudanças como resultado de alterações nas condições de mercado, sem aviso prévio. As informações utilizadas neste relatório foram obtidas das companhias analisadas e de fontes públicas, que acreditamos confiáveis e de boa fé. Contudo, não foram independentemente conferidas e nenhuma garantia, expressa ou implícita, é dada sobre sua exatidão. Nenhuma parte deste relatório pode ser copiada ou redistribuída sem prévio consentimento da Planner Corretora de Valores. O presente relatório se destina ao uso exclusivo do destinatário, não podendo ser, no todo ou em parte, copiado, reproduzido ou distribuído a qualquer pessoa sem a expressa autorização da Planner Corretora. 
As opiniões, estimativas, projeções e premissas relevantes contidas neste relatório são baseadas em julgamento do(s) analista(s) de investimento envolvido(s) na sua elaboração (“analistas de investimento”) e são, portanto, sujeitas a modificações sem aviso prévio em decorrência de alterações nas condições de mercado. Declarações dos analistas de investimento envolvidos na elaboração deste relatório nos termos do art. 21 da Instrução CVM 598/18: O(s) analista(s) de investimento declara(m) que as opiniões contidas neste relatório refletem exclusivamente suas opiniões pessoais sobre a companhia e seus valores mobiliários e foram elaboradas de forma independente e autônoma, inclusive em relação à Planner Corretora e demais empresas do Grupo.