Vale – Relatório de Análise

Forte valorização recente reduz muito o potencial de alta

Atualizamos nossas projeções da Vale e elevamos o preço alvo para sua ação de R$ 52,00 para R$ 60,00, mas mantivemos nossa recomendação de venda. A Vale está se beneficiando dos bons preços do minério de ferro, que permanecem ao redor dos US$ 70 por tonelada, apesar das expectativas de baixa. Além disso, a empresa tem conseguido elevar suas vendas de minério e pelotas, aumentando também o percentual dos produtos premium no volume total vendido, cujo diferencial sobre aqueles de menor qualidade subiu muito. Em vista destas boas notícias na operação e do anúncio de uma forte recompra, VALE3 já subiu 86,3% nos últimos doze meses. Com isso, vemos a ação já bem precificada, com apenas um pequeno potencial de alta, além de múltiplos em linha com as concorrentes internacionais, o que nos faz não recomendar a compra.

  • A Vale deve apresentar um bom resultado operacional neste trimestre, em função do incremento no volume vendido de ferrosos, aumento nas vendas de produtos com maior valor agregado e taxa de câmbio favorável. Por outro lado, as vendas de metais básicos e carvão indicam resultados fracos nestas divisões. Com isso, esperamos que a Vale apresente no 3T18 uma receita líquida de US$ 9,3 bilhões e EBITDA de US$ 4,3 bilhões, valores 1,7% e 5,3% maiores que no mesmo trimestre de 2017, respectivamente;
  • Este ano, a Vale tem mostrado um expressivo incremento nas vendas de minério de ferro (9,4% nos primeiros nove meses) e pelotas (8,5%). No entanto, uma política comercial restringindo a oferta e o acidente verificado no 3T18, levaram a quedas nas vendas de níquel (-19,6%) e cobre (-16,2%) no acumulado de nove meses;
  • Os preços do minério “básico” (concentração de 62%) estão em queda no ano (2,7% até do dia 19/outubro), assim como no 3T18 (-13,9% no preço médio comparado ao 2T18). Porém, o minério com maior conteúdo metálico (65%) está em alta em 2018 (10,5%), tendo subido também no 3T18 (3,4%). Isso é muito positivo para a Vale, que tem vendido cada vez mais produtos de melhor qualidade (77% das vendas totais no 3T18). A necessidade de reduzir a poluição nas siderúrgicas chinesas e o desejo delas de aumentar a produtividade, tem elevado a demanda por minério de melhor qualidade, o que deve se manter no próximo ano;
  • Em julho/2018, a Vale anunciou um programa de recompra de ações para doze meses, totalizando US$ 1 bilhão. Este é um valor elevado que certamente garantirá uma “demanda” forte pela ação, dando suporte às cotações. Quando foi anunciado, o programa de recompra era equivalente a 1,7% do valor de mercado da Vale.

Clique para acessar o Relatório Completo:

Relatório Completo – PDF




DISCLAIMER
Este relatório foi preparado pela Planner Corretora e está sendo fornecido exclusivamente com o objetivo de informar. As informações, opiniões, estimativas e projeções referem-se à data presente e estão sujeitas à mudanças como resultado de alterações nas condições de mercado, sem aviso prévio. As informações utilizadas neste relatório foram obtidas das companhias analisadas e de fontes públicas, que acreditamos confiáveis e de boa fé. Contudo, não foram independentemente conferidas e nenhuma garantia, expressa ou implícita, é dada sobre sua exatidão. Nenhuma parte deste relatório pode ser copiada ou redistribuída sem prévio consentimento da Planner Corretora de Valores. O presente relatório se destina ao uso exclusivo do destinatário, não podendo ser, no todo ou em parte, copiado, reproduzido ou distribuído a qualquer pessoa sem a expressa autorização da Planner Corretora.

As opiniões, estimativas, projeções e premissas relevantes contidas neste relatório são baseadas em julgamento do(s) analista(s) de investimento envolvido(s) na sua elaboração (“analistas de investimento”) e são, portanto, sujeitas a modificações sem aviso prévio em decorrência de alterações nas condições de mercado.
Declarações dos analistas de investimento envolvidos na elaboração deste relatório nos termos do art. 21 da Instrução CVM 598/18:
O(s) analista(s) de investimento declara(m) que as opiniões contidas neste relatório refletem exclusivamente suas opiniões pessoais sobre a companhia e seus valores mobiliários e foram elaboradas de forma independente e autônoma, inclusive em relação à Planner Corretora e demais empresas do Grupo.