Boletim Diário – 18 de Outubro 2018

MERCADO

Bolsa
O Ibovespa ensaiou uma realização de lucros ontem, mas fechou praticamente estável aos 85.764 pontos, com alta de 0,05%. O volume negociado somou R$ 19,5 bilhões, com o volume do vencimento de opções sobre o índice respondendo por R$ 5,1 bilhões, com 62.780 contratos negociados. Hoje as bolsas internacionais mostram alta na zona do euro nesta quinta-feira e no fechamento da Nikkei e Hang Seng. A agenda econômica de hoje traz dados do mercado de trabalho nos EUA, o PIB do 3º trimestre na China e desempenho da indústria em setembro. Sem nenhum indicador doméstico para hoje, os investidores deverão manter o foco nas bolsas de NY com a ata do Federal Reserve sinalizando mais altas nos juros à frente e também nas propostas dos dois candidatos à presidência da república. Ontem a fala de Jair Bolsonaro teve reflexo positivo no mercado. O viés da bolsa segue positivo.

Câmbio
O dólar encerrou a quarta-feira cotado a em R$ 3,6852 com queda de 1,0%, acumulando desvalorização de 9,03% em outubro. A moeda americana terminou o dia. O comportamento da moeda americana reflete o aumento do fluxo de estrangeiros na bolsa e a menor pressão provocada pelo risco político.

Juros
O mercado de juros futuros teve mais um dia de queda com os investidores repetindo o comportamento da véspera. A taxa do DI para jan/20 fechou a 7,52%, de 7,504% na terça-feira e para jan/25 a taxa terminou e 9,99% ante 10,182% na véspera, voltando a ficar abaixo dos dois dígitos.



ANÁLISE DE SETORES E EMPRESAS

Eletrobras (ELET3, ELET6)
Companhia obtém decisão favorável sobre energia de Belo Monte

Ontem (17/out) a Câmara FGV de Mediação e Arbitragem decidiu favoravelmente à Eletrobras, entendendo que a companhia não está obrigada a firmar contrato de compra e venda de energia, destinada ao ACL – Ambiente de Contratação Livre, pelo prazo da concessão.

  • Vemos a decisão como positiva para a Eletrobras que se soma à conclusão da privatização da CEPISA. Ontem as ELET3 caíram 3,7% para R$ 21,20/ação e registram alta de 9,6% este ano. Já as ELET6 após queda de 5,4% ontem para R$ 24,60/ação estão com valorização de 8,4% em 2018.
  • Ontem também a Eletrobras informou que o processo de privatização da CEPISA foi concluído, após o cumprimento de todas as condicionantes previstas no edital de leilão entre as partes (vendedora e compradora). Com isso a Eletrobras transferiu para a Equatorial, ações ordinárias e preferenciais representativas de aproximadamente 89,94% do capital social total da CEPISA.
    .


    CSN (CSNA3)
    Decisão do CARF

    Segundo o Jornal Valor em sua edição de hoje, o Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (Carf) manteve parte de uma autuação fiscal de R$ 1,2 bilhão recebida pela CSN.

  • Ainda segundo fontes do jornal, não é possível saber o valor exato mantido, mas este seria próximo de três quartos da autuação total;
  • Esta é uma notícia que pode ser lida como positiva (houve uma redução da multa), mas preferimos ver como negativa, de que a empresa não conseguiu reverter a condenação. Porém, acreditamos que a CSN vai esgotar todas as instâncias judiciais e a decisão do Carf não deve significar um desembolso imediato.

    Concessões Rodoviárias
    Números fracos de tráfego em setembro

    O tráfego total nas estradas brasileiras pedagiadas em setembro caiu 3,4%, comparado ao mesmo mês de 2017, segundo os dados divulgados pela Associação Brasileira de Concessionárias de Rodovias (ABCR).

  • O tráfego nas estradas brasileiras estava em acelerado crescimento até a greve dos caminhoneiros no final de maio. Após este evento, não houve a retomada esperada;
  • Os números de setembro foram especialmente ruins, com queda forte na movimentação de veículos leves (4,1%) e também nos pesados (1,4%), em relação ao mesmo mês do ano passado. Isso é um sinal de fraqueza na produção, para os pesados, e o impacto da alta dos combustíveis no fluxo de veículos leves.

  • Clique para acessar o Boletim Diário Completo:

    Boletim Diário – PDF

    Clique para acessar nossos Mapas Diários:

    Mapa de Oscilações


    Mapa de Posições Alugadas


    Clique para acessar nossas Análises Gráficas:

    Análises Gráficas




    DISCLAIMER
    Este relatório foi preparado pela Planner Corretora e está sendo fornecido exclusivamente com o objetivo de informar. As informações, opiniões, estimativas e projeções referem-se à data presente e estão sujeitas à mudanças como resultado de alterações nas condições de mercado, sem aviso prévio. As informações utilizadas neste relatório foram obtidas das companhias analisadas e de fontes públicas, que acreditamos confiáveis e de boa fé. Contudo, não foram independentemente conferidas e nenhuma garantia, expressa ou implícita, é dada sobre sua exatidão. Nenhuma parte deste relatório pode ser copiada ou redistribuída sem prévio consentimento da Planner Corretora de Valores. O presente relatório se destina ao uso exclusivo do destinatário, não podendo ser, no todo ou em parte, copiado, reproduzido ou distribuído a qualquer pessoa sem a expressa autorização da Planner Corretora. 
    As opiniões, estimativas, projeções e premissas relevantes contidas neste relatório são baseadas em julgamento do(s) analista(s) de investimento envolvido(s) na sua elaboração (“analistas de investimento”) e são, portanto, sujeitas a modificações sem aviso prévio em decorrência de alterações nas condições de mercado. Declarações dos analistas de investimento envolvidos na elaboração deste relatório nos termos do art. 21 da Instrução CVM 598/18: O(s) analista(s) de investimento declara(m) que as opiniões contidas neste relatório refletem exclusivamente suas opiniões pessoais sobre a companhia e seus valores mobiliários e foram elaboradas de forma independente e autônoma, inclusive em relação à Planner Corretora e demais empresas do Grupo.