Boletim Diário – 03 de Outubro 2018

2018-10-03T09:49:14+00:00 03/10/2018|Boletim Diário|

MERCADO

Bolsa
Em dia de euforia com o resultado de mais uma pesquisa eleitoral mostrando crescimento do candidato do PSL, Jair Bolsonaro à frente de Fernando Haddad, o Ibovespa marcou alta de 3,78% no fechamento, aos 81.584 pontos com destaque para ações de empresas estatais. O volume financeiro também foi expressivo, somando R$ 16,6 bilhões, bem acima da média das últimas semanas, de R$ 9,6 bilhões, com forte atuação dos estrangeiros nos últimos pregões. Das 65 ações da carteira do Ibovespa, apenas 3 (Suzano Fibria, e Ambev) – nesta ordem – tiveram queda.  Faltando apenas três pregões para a votação do primeiro turno e com a divulgação de novas pesquisas, pode-se esperar mais reações dos investidores à sinalização das prévias eleitorais. A agenda econômica desta quarta-feira não deverá influenciar nosso mercado ficando o foco em cima dos candidatos à presidência, no comportamento das principais commodities e eventuais notícias do lado externo.  As bolsas asiáticas fecharam em queda, mas na zona do euro o movimento é positivo nesta manhã.

Câmbio
O dia foi de queda para a moeda americana (2,47%) com a cotação recuando para R$ 3,9304 no mercado à vista. O sentimento de menor risco político com as pesquisas mais recentes, trouxe o dólar para baixo de R$ 4,00 o que não se via há algum tempo. A justificativa mais provável vem da forte entrada de recursos estrangeiros na bolsa.

Juros
Os juros futuros encerraram o dia em queda com o fortalecimento de Jair Bolsonaro na corrida eleitoral. O volume de contratos negociados aumentou e a taxa do DI para janeiro de 2020 fechou em 8,18%, de 8,246% na véspera enquanto a taxa para jan/25 recuou de 11,653% para 11,43%.



ANÁLISE DE SETORES E EMPRESAS

Banco Bradesco S.A. (BBDC4)
Parceria estratégica com a RCB Investimentos S.A.

O Bradesco firmou parceria estratégica com a RCB Investimentos S.A. (RCB), que atua no mercado de gestão e recuperação de créditos no Brasil, e com sua controladora PRA Group Brazil Investimentos e Participações, empresa do PRA Group Inc., líder global na aquisição e gestão de créditos não-performados.

  • Temos recomendação de compra para BBDC4 e preço justo de R$ 45,00/ação, com potencial de alta de 50,0% em relação à cotação de R$ 30,00/ação.
  • A operação engloba (i) a aquisição, pelo Bradesco, de 65% das ações de emissão da RCB, sendo que as pessoas físicas fundadoras permanecerão como sócias e se manterão a frente da administração da RCB, juntamente com o Bradesco; (ii) a constituição de dois FIDCs para aquisição de carteiras de créditos não-performados, cabendo à RCB a administração da recuperação desses créditos.
  • O Bradesco espera agregar mais eficiência ao seu processo de recuperação de créditos, bem como participar ativamente do mercado de aquisição de créditos para recuperação.

SLC Agrícola S.A. (SLCE3)
Estimativas de produtividade e custos para o ano safra 2018/19

Ontem suas ações fecharam cotadas a R$ 57,50/ação (valor de mercado de R$ 5,5 bilhões), após alta de 126,4% em 2018. Esse valor equivalente a 1,3x o valor líquido dos ativos (NAV), de R$ 4,2 bilhões (R$ 44,10/ação).

  • No ano-safra 2018/19 a área plantada total cresce 12,5% considerando a área arrendada da Fazenda Pantanal. A área plantada de algodão cresce 27,2%, sendo 35,5% em plantio de segunda-safra, em linha com a estratégia de crescimento em culturas de maior valor agregado. A área plantada total de 2ª safra apresenta aumento de 19,7% em relação ao ano safra anterior, como forma de maximizar o uso dos ativos.
  • Os custos por hectare na safra 2018/19 devem registrar um aumento médio de 19,4% refletindo principalmente a desvalorização do Real frente ao dólar no período. Esse aumento será compensando por incremento proporcional nas receitas, em função da política de hedge da companhia.

A produtividade para a safra 2018/19 deve ser superior à produtividade observada na safra anterior, com exceção das culturas de segunda safra, que apresentam leve redução na projeção.


Arezzo (ARZZ3)
Pagamento de dividendos de R$ 0,277 por ação

Em reunião realizada ontem (02/10) o Conselho de Administração da Companhia aprovou o pagamento de R$ 25,0 milhões aos seus acionistas sob a forma de dividendos.

  • Acionistas com direito até o dia 08/10/18, ficando “ex” no dia 09/10;
  •  Valor a ser pago por ação: R$ 0,27700742321;
  • Data para pagamento dos dividendos: 22/10/18;

Com base na cotação de fechamento de ontem R$ 44,00 o retorno para os acionistas será de 0,63%.

Aprovação de programa de recompra de até 10% das ações em circulação no mercado

A Arezzo aprovou hoje um novo programa de recompra de ações. A companhia pode adquirir até 10% dos papéis que atualmente estão em livre circulação no mercado, equivalente a 4.400.780 ações ON.

  • O programa terá prazo de 18 meses.
  • O volume médio diário negociado foi de R$ 10,7 milhões nos últimos 30 dias.
  • Ontem a ação encerrou cotada a R$ 44,00 com valorização de 4,8%.
  • Para adquirir os 10% das ações ao preço atual, o desembolso seria de R$ 194 milhões, ou seja, o equivalente a quase vinte pregões.

Temos recomendação da COMPRA para as ações da Arezzo com preço justo de R$ 49,00 o que implica uma valorização potencial de 11,4%.
No ano a ação ARZZ3 registra queda de 18,3%.



Vendas de veículos em setembro:
Dados continuam positivos

As vendas de veículos no Brasil em setembro atingiram 299,6 mil unidades, quantidade que foi 8,5% maior que no mesmo mês do ano passado, conforme os dados fornecidos pela Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave).

  • No acumulado do ano, as vendas somaram 2,6 milhões de unidades, volume 12,6% superior à verificada em igual período de 2017;
  • A persistência no crescimento da indústria automobilística, depois da grave crise de 2015 e 2016, é um indicador positivo para os resultados dos fornecedores das montadoras nacionais, como os fabricantes de veículos e autopeças (Marcopolo, Randon e Tupy).  Elas também são significativas para as siderúrgicas (Usiminas, CSN e Gerdau), que tem no mercado interno suas melhores margens de rentabilidade.

Clique para acessar o Boletim Diário Completo:

Boletim Diário – PDF

Clique para acessar nossos Mapas Diários:

Mapa de Oscilações


Mapa de Posições Alugadas


Clique para acessar nossas Análises Gráficas:

Análises Gráficas




DISCLAIMER
Este relatório foi preparado pela Planner Corretora e está sendo fornecido exclusivamente com o objetivo de informar. As informações, opiniões, estimativas e projeções referem-se à data presente e estão sujeitas à mudanças como resultado de alterações nas condições de mercado, sem aviso prévio. As informações utilizadas neste relatório foram obtidas das companhias analisadas e de fontes públicas, que acreditamos confiáveis e de boa fé. Contudo, não foram independentemente conferidas e nenhuma garantia, expressa ou implícita, é dada sobre sua exatidão. Nenhuma parte deste relatório pode ser copiada ou redistribuída sem prévio consentimento da Planner Corretora de Valores. O presente relatório se destina ao uso exclusivo do destinatário, não podendo ser, no todo ou em parte, copiado, reproduzido ou distribuído a qualquer pessoa sem a expressa autorização da Planner Corretora. 
As opiniões, estimativas, projeções e premissas relevantes contidas neste relatório são baseadas em julgamento do(s) analista(s) de investimento envolvido(s) na sua elaboração (“analistas de investimento”) e são, portanto, sujeitas a modificações sem aviso prévio em decorrência de alterações nas condições de mercado. Declarações dos analistas de investimento envolvidos na elaboração deste relatório nos termos do art. 21 da Instrução CVM 598/18: O(s) analista(s) de investimento declara(m) que as opiniões contidas neste relatório refletem exclusivamente suas opiniões pessoais sobre a companhia e seus valores mobiliários e foram elaboradas de forma independente e autônoma, inclusive em relação à Planner Corretora e demais empresas do Grupo.