Boletim Diário – 21 de Setembro 2018

MERCADO

Bolsa
O Ibovespa encerrou ontem praticamente estável (baixa de 0,07%) aos 78.116 pontos, com giro financeiro de R$ 8,06 bilhões. O mercado novamente abriu em alta, mas não resistiu ao movimento de vendas, com os investidores cautelosos à medida que avança o processo eleitoral, faltando apenas duas semanas para a votação para o 1º turno, com um quadro que começa a ser definido, conforme as últimas pesquisas. A agenda econômica de hoje traz o índice inflação medido pelo IPCA-15 com 0,09% no M/M e 4,28% no M/M. Do lado externo, dados pouco relevantes para nosso mercado. Nos Estados Unidos, o presidente Donald Trump anuncia mais um pacote de tarifas sobre produtos chineses, sinalizando que esta batalha vai continuar. O mercado não deu muito peso às tarifações recentes de ambos os lados, mas a sua continuação poderá trazer efeitos negativos nos mercados.  As bolsas internacionais seguem firmes no fechamento da Ásia e na Europa, nesta manhã.

Câmbio
A moeda americana teve mais um dia de queda, encerrando a quinta-feira com desvalorização de 1,38% a R$ 4,0739. Nas últimas semanas o argumento principal para o comportamento do câmbio tem sido o avanço do processo eleitoral.

Juros
Os juros futuros também tiveram dia de baixa, com o recuo do dólar e noticiário mais ameno tanto do interno quanto externo. A taxa do contrato de Depósito Interfinanceiro (DI) para jan/20 fechou em 8,49%, de 8,537% na véspera e para jan/25 a taxa caiu de 12,144% para 12,03%.



ANÁLISE DE SETORES E EMPRESAS

Petrobras (PETR)
ANP aprova o segundo pagamento de subvenção      

A Agencia Nacional do Petróleo (ANP) divulgou na noite de ontem, que aprovou o pagamento da subvenção econômica à comercialização de óleo diesel (Medida Provisória 838/2018) de R$ 706,6 milhões para a Petrobras.

  • Este valor se refere ao segundo período de apuração das diferenças de preços determinadas pela Medida, que foi entre os dias 8 e 31 de julho;
  • No início da semana a ANP já havia aprovado o pagamento de R$ 871,4 milhões, que se referia ao primeiro período de apuração (entre 8 de junho e 7/julho).  Somados os dois períodos, a Petrobras irá receber R$ 1.578 milhões;
  • Naturalmente esta é uma notícia positiva para a Petrobras, que será reembolsada por vender diesel no Brasil mais barato que no mercado internacional, dentro de uma medida usada pelo governo para encerrar a greve dos caminhoneiros.

Sabesp (SBSP3)
Protocolo de Intenções com o município de Guarulhos

Está programada para hoje (21/set) a assinatura de Protocolo de Intenções entre o Município de Guarulhos, o Governo do Estado de São Paulo e o Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Guarulhos (“SAAE”), com interveniência-anuência da Sabesp.

  • Cotadas a R$ 23,78/ação (valor de mercado de R$ 16,3 bilhões) suas ações registram queda de 28,7% este ano. O preço justo de R$ 37,00/ação traz um potencial de alta de 55,6% para SBSP3.
  • Esperamos que os acordos necessários, a implantação, e o cumprimento das condições negociadas aconteçam, dado que o encaminhamento proposto neste Protocolo substitui as condições anteriormente negociadas com o Município em agosto de 2017.
  • Cumpridas essas etapas espera-se que o Convênio de Cooperação Técnica e o Contrato de Prestação dos Serviços com a Sabesp sejam assinados em até 90 (noventa) dias, contados a partir da assinatura do Protocolo de Intenções.
  • Estão previstos ainda: (i) investimentos pela Sabesp, de aproximadamente, R$ 1,7 bilhão durante a vigência do contrato, além de repasses para investimentos complementares a serem realizados pela Prefeitura Municipal de Guarulhos; e (ii) acordo judicial para suspensão do pagamento da dívida de cerca de R$ 3,2 bilhões do Município com a Sabesp e abatimento proporcional de seu valor até o final do prazo do contrato de prestação dos serviços.

Taesa (TAEE11)
3º Aditamento ao Acordo de Acionistas

Ontem (20/set) os acionistas controladores: Cemig e ISA-Cteep, assinaram o 3º Aditamento ao Acordo de Acionistas da Taesa, que trata das alterações no Estatuto Social e no Regimento Interno do Conselho de Administração apresentadas na Proposta da Administração da companhia que será objeto de análise pelos seus acionistas na AGE a se realizar hoje (21/set).

  • A Cemig (com 37,0% das ON e 21,7% do capital total) e a ISA-Cteep (com 26,0% das ON e 14,9% do capital total) controlam a Taesa. O free float é representado por 63,4% do capita total.
  • Suas units, cotadas a R$ 19,60 (valor de mercado de R$ 6,75 bilhões), registram queda de 0,2% este ano, e se compara a baixa de 1,2% do IEE e alta de 2,2% do Ibovespa. O preço justo de R$ 25,00/unit traz um potencial de valorização de 27,6%.

Biosev S.A. (BSEV3)
Alienação da totalidade do capital social da Usina Estivas Ltda

A Biosev assinou ontem (20/set) o Contrato de Compra e Venda de Quotas e Outras Avenças com o compromisso de venda da totalidade do capital social da Usina Estivas Ltda., sua controlada, para a Pipa Agroindustrial Ltda., sociedade limitada, controlada por um fundo de investimento administrado pela Socopa Sociedade Corretora Paulista S.A.

  • O valor a ser pago pelo Comprador é de R$ 203,6 milhões, sujeito a determinados ajustes possíveis. As BSEV3 fecharam ontem cotadas a R$ 2,33/ação, equivalente a um valor de mercado de R$ 2,4 bilhões, após queda de 48,3% este ano.
  • A conclusão da Operação está sujeita ao cumprimento de determinadas condições precedentes, e foi aprovada pelo Conselho de Administração da companhia.

Clique para acessar o Boletim Diário Completo:

Boletim Diário – PDF

Clique para acessar nossos Mapas Diários:

Mapa de Oscilações


Mapa de Posições Alugadas




DISCLAIMER
Este relatório foi preparado pela Planner Corretora e está sendo fornecido exclusivamente com o objetivo de informar. As informações, opiniões, estimativas e projeções referem-se à data presente e estão sujeitas à mudanças como resultado de alterações nas condições de mercado, sem aviso prévio. As informações utilizadas neste relatório foram obtidas das companhias analisadas e de fontes públicas, que acreditamos confiáveis e de boa fé. Contudo, não foram independentemente conferidas e nenhuma garantia, expressa ou implícita, é dada sobre sua exatidão. Nenhuma parte deste relatório pode ser copiada ou redistribuída sem prévio consentimento da Planner Corretora de Valores. O presente relatório se destina ao uso exclusivo do destinatário, não podendo ser, no todo ou em parte, copiado, reproduzido ou distribuído a qualquer pessoa sem a expressa autorização da Planner Corretora. 
As opiniões, estimativas, projeções e premissas relevantes contidas neste relatório são baseadas em julgamento do(s) analista(s) de investimento envolvido(s) na sua elaboração (“analistas de investimento”) e são, portanto, sujeitas a modificações sem aviso prévio em decorrência de alterações nas condições de mercado. Declarações dos analistas de investimento envolvidos na elaboração deste relatório nos termos do art. 21 da Instrução CVM 598/18: O(s) analista(s) de investimento declara(m) que as opiniões contidas neste relatório refletem exclusivamente suas opiniões pessoais sobre a companhia e seus valores mobiliários e foram elaboradas de forma independente e autônoma, inclusive em relação à Planner Corretora e demais empresas do Grupo.