Bradesco – Relatório de Análise

2018-09-04T11:02:01+00:00 29/08/2018|Empresas e Setores|

Reunião anual destaca os resultados do 1S18, a estratégia do banco e perspectivas.

• O Bradesco realizou sua reunião anual, com foco nos resultados obtidos, estratégias e perspectivas. O resultado já era conhecido, um lucro líquido recorrente de R$ 10,3 bilhões no 1S18 (ROAE de 18,5%), em linha com o esperado, com crescimento de 10% em relação ao 1S17 (ROAE de 18,2%). Seguimos com recomendação de COMPRA e preço justo de R$ 45,00/ação para BBDC4.

• Quanto às perspectivas o Bradesco segue confiante na consecução de suas estimativas para 2018 e na continuidade do crescimento em 2019. O crédito começa a dar sinais de melhora notadamente nas carteiras massificadas, nas linhas de consignado, veículos e imobiliário. No segmento corporate e de grandes empresas a retomada segue ainda em ritmo lento. A inadimplência permanece controlada (3,9% em junho/18), sendo esperada gradual redução deste indicador para as empresas no segundo semestre.

• As Despesas Administrativas e de Pessoal cresceram apenas 0,1% no semestre, evidenciando os ganhos de sinergia advindos da aquisição do HSBC e a estratégia de otimização dos pontos de atendimento. Como estratégia, destaque para a melhora do relacionamento com os clientes, na venda e distribuição de novos produtos, aliado à transformação digital com a ampliação do autosserviço e integração dos portais e canais de atendimento do banco.

• O Bradesco possui hoje 43 milhões de clientes não correntistas que já possuem algum relacionamento com o banco, e que proporcionam boa oportunidade de crescimento em produtos tradicionais como o consignado, imobiliário e veículos. O seu momento operacional é bom, focado na experiência do cliente, com espaço para alavancagem e aumento do retorno


Clique para acessar o Relatório Completo:

Relatório Completo – PDF




DISCLAIMER
Este relatório foi preparado pela Planner Corretora e está sendo fornecido exclusivamente com o objetivo de informar. As informações, opiniões, estimativas e projeções referem-se à data presente e estão sujeitas à mudanças como resultado de alterações nas condições de mercado, sem aviso prévio. As informações utilizadas neste relatório foram obtidas das companhias analisadas e de fontes públicas, que acreditamos confiáveis e de boa fé. Contudo, não foram independentemente conferidas e nenhuma garantia, expressa ou implícita, é dada sobre sua exatidão. Nenhuma parte deste relatório pode ser copiada ou redistribuída sem prévio consentimento da Planner Corretora de Valores. O presente relatório se destina ao uso exclusivo do destinatário, não podendo ser, no todo ou em parte, copiado, reproduzido ou distribuído a qualquer pessoa sem a expressa autorização da Planner Corretora.

As opiniões, estimativas, projeções e premissas relevantes contidas neste relatório são baseadas em julgamento do(s) analista(s) de investimento envolvido(s) na sua elaboração (“analistas de investimento”) e são, portanto, sujeitas a modificações sem aviso prévio em decorrência de alterações nas condições de mercado.
Declarações dos analistas de investimento envolvidos na elaboração deste relatório nos termos do art. 21 da Instrução CVM 598/18:
O(s) analista(s) de investimento declara(m) que as opiniões contidas neste relatório refletem exclusivamente suas opiniões pessoais sobre a companhia e seus valores mobiliários e foram elaboradas de forma independente e autônoma, inclusive em relação à Planner Corretora e demais empresas do Grupo.